4 de abril de 2008

EXCESSO DE SÓDIO E GORDURAS EM PIZZAS CONGELADAS = MAIS ATENÇÃO NA HORA DA COMPRA !!!






Em recente pesquisa realizada pelo Instituto de Defesa do Consumidor (IDEC), resultados alarmantes mostraram que um único pedaço de pizza pode conter até 150% do sódio que um adulto deve consumir por dia, além de grande quantidade de gorduras trans.
Foram avaliados, no estudo, 20 rótulos de diferentes marcas de pizzas congeladas e resfriadas. A campeã em sódio foi a pizza Frescarini, com 769 mg de sódio, ou mais de 150% da quantidade recomendada, segundo Viviane Chaer Borges, nutricionista do Ganep Nutrição Humana.
“A necessidade diária de sódio para um adulto vai de 500 a 2400 mg. Caso a pessoa pratique atividade física, este número pode aumentar, pois o sódio é eliminado no suor”, avalia.
As marcas do Carrefour, CompreBem e Extra trazem, em média, 750 mg em cada fatia. A menor quantidade foi encontrada no produto do supermercado Dia%, que declara 340 mg por pedaço de mussarela e 337 mg no de calabresa.
O sódio, segundo a nutricionista, é um mineral presente em diversos alimentos por ser o constituinte principal do sal de cozinha. Ele participa de funções básicas no corpo, como equilíbrio ácido-base, equilíbrio de água no organismo, contração muscular, impulsos nervosos, ritmo cardíaco, entre outros, sendo então fundamental para a saúde física.
“Além de manter a pressão arterial, possui uma função muito importante na célula: a de manter o seu potencial elétrico. Para que o equilíbrio seja mantido, as células precisam manter em seu interior uma baixa concentração de íons de sódio e de elevada concentração de íons de potássio. Fora delas, existe uma alta concentração de sódio e uma baixa concentração de potássio. Para manter as concentrações ideais dos dois íons, a bomba de sódio bombeia o mineral para fora da célula e potássio para dentro dela”.
Encontrado, nos alimentos protéicos, como carnes, frango, leite, ovos e peixe, o sódio deve ser consumido com moderação. “O consumo excessivo de sódio pode levar ao aumento da pressão arterial e da função renal, além de causar retenção de líquidos”, alerta Viviane.
Excesso de gorduras
Não são apenas as grandes quantidades de sódio o problemas das pizzas congeladas. A pesquisa do Idec também encontrou quantidades excessivas de gorduras saturadas e trans em mais da metade das marcas avaliadas.
As pizzas de mussarela da Sadia e da Perdigão têm, respectivamente, 20 g e 11,4 g de gordura saturada, quando o recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) são, no máximo 22 g por dia.
Para as gorduras trans, cujo limite segundo a OMS deveria ser de 2 g ao dia, encontrou-se 1,5 g em dois pedaços da pizza Dia%.
Segundo Viviane, o consumo de gorduras trans faz subir o LDL colesterol e, conseqüentemente, levar à deposição de placas de gordura nas artérias.
“Não é o local onde a pizza é fabricada que a torna mais ou menos saudável, o que importa são os ingredientes com os quais ela é preparada. Uma pizza de calabresa feita em casa pode ser bem menos saudável do que uma de rúcula com mussarela de búfala na pizzaria. A vantagem da pizza feita em casa é a possibilidade de manipulação dos ingredientes da forma que for conveniente. Se a preocupação é o sal, por exemplo, é possível reduzir sua concentração na preparação”.


Fonte: http://www.nutritotal.com.br/