Pular para o conteúdo principal

NUTRIÇÃO FUNCIONAL NA GESTAÇÃO






A gestação é um processo fisiológico normal associado a alterações que afetam os órgãos e os caminhos metabólicos do organismo da mulher. Neste período há uma maior necessidade de todos os nutrientes básicos para a manutenção da nutrição e saúde materna e garantia do adequado crescimento e desenvolvimento do feto, uma vez que sua única fonte de nutrientes é constituída pelas reservas nutricionais e pela ingestão alimentar da mãe, justificando a importância do estado nutricional adequado da mãe durante a gestação.


Diversos estudos mostram que o bebê recebe todas as influências alimentares da mãe durante a gestação através da placenta, portanto podemos ter uma noção se o bebê terá risco ou não de deficiências nutricionais e alergias alimentares na infância pela avaliação do comportamento alimentar da mãe. Qualquer intervenção nutricional nunca é tardia para um melhor estado nutricional da mãe e do bebê.


Tanto as gestantes com excesso de peso, quanto as de peso normal podem apresentar carências nutricionais, porém a gestante obesa apresenta maior risco de complicações clínicas como nascimento prematuro do bebê, partos cesarianas, riscos de hipertensão, diabetes gestacional, infecções urinária, eclampsia, toxemia, desordens tromboembólicas e problemas cardiorespiratórios e circulatórios. Já a gestante desnutrida apresenta maior risco de ter bebês com obesidade, hipertensão, hiperinsulinemia, hiperfagia, hiperliptenemia.


As adequações e orientações nutricionais baseadas na avaliação global da gestante tem como finalidade o controle de ganho de peso e a garantia de proporcionar o aporte necessário de nutrientes.


ORIENTAÇÃOES NUTRICIONAIS PARA A GESTANTE:


- A dieta da gestante deve ser variada, colorida, equilibrada e moderada.


- Uma desintoxificação suave no inicio da gestação pode ser necessária , dependendo do histórico , e é importante para diminuir os níveis de substâncias que podem ser nocivas à mãe e ao feto (medicamentos e metais tóxicos). Entretanto, o acompanhamento de uma nutricionista é essencial a fim de que seja feito de forma adequada.


- Manter a cloridria na gestante é importante para garantir a absorção de vitaminas e minerais, principalmente a de cálcio. Cloridria é quando as taxas de ácido clorídrico estão normais no estômago e isso facilita a absorção de nutrientes. Quando a gestante apresenta hipercloridria ou hipocloridria a digestão e absorção fica prejudicada e pode causar até o sintoma de náuseas e vômitos.


- Restringir os alimentos que são alergênicos para a gestante, faz com que a absorção de nutrientes melhorem e evita que a alergia da mãe passe para o filho.


- Um intestino saudável é importante para evitar constipação, alergias e auxiliar na absorção de vitaminas e minerais. O uso de probióticos é imprescindível.


- Durante a gestação recomenda-se a abstinência de bebidas alcoólicas, pois pode provocar retardo no crescimento e malformações na face e no coração.


- Evitar dietas hipocalóricas na gestação, pois as dietas com poucas calorias prejudicam o desenvolvimento e a produção de leite futura.


- Em relação à cafeína, se o consumo for moderado e se a gestante tiver já o hábito do consumo, não há riscos a predisposição de abortos ou partos prematuros.A recomendação máxima de cafeína é 225 mg/dia, o que equivale aproximadamente 3 xícaras de café ao dia. Os alimentos que apresentam cafeína na sua composição são café, chá verde, chá mate, chá preto, refrigerantes, achocolatados , e chocolates. É contra – indicado para gestantes hipertensas, cardíacas ou que apresentam sensibilidade à cafeína .


- As melhores opções de adoçantes para gestantes são sucralose e stévia, porém usar de forma moderada e com orientação nutricional.A seguir, um quadro mostra quais os alimentos funcionais que devem ser consumidos com regularidades, de acordo com as quantidades necessárias individualmente para garantir uma gestação saudável.

Postagens mais visitadas deste blog

Ainda dá tempo!

Bom dia, segunda! ☀️

Mais uma oportunidade de fazermos uma semana diferente!
Mais uma chance de recomeçar!
Quem não recomeça depois do tropeço, nunca chega lá!

Não desista! O ano ainda não acabou!
Dá sim pra gerar mudanças!
Dá sim pra terminar o ano bem melhor!
Confie em você! Comece agora!

Bora?! 🌿💚🍃

Alimentos x Herpes

Um questionamento que faz parte da minha consulta é: “você tem herpes?” Muitas vezes isso gera estranheza! 🤔O que isso tem a ver com a alimentação? Muita coisa!! . . Por exemplo, a arginina, é um aminoácido que estimula a replicação do vírus e aumenta a frequência das crises. Alguns alimentos fonte de arginina: castanhas 🌰 aveia, granola, gérmen de trigo 🌾 amendoim 🥜 chocolate 🍫 coco 🥥milho 🌽 uva 🍇 trigo 🌾  MAS, a noz pecã e o pistache são nuts com uma menor quantidade de arginina. Então se você, assim como eu, possui o vírus e quer deixar ele quieto, mas adora a praticidade das castanhas, elas são as melhores opções! . Logicamente, se o consumo for pontual e sem excessos, você pode se dar bem com as castanhas e elas não serem gatilhos para crises! . . A lisina, que também é um aminoácido, ajuda a conter a replicação do vírus antes da lesão se manifestar na pele. A lisina é importante porque inibe a ação da arginina, evitando a replicação do vírus da herpes.  A lisina está p…

Benefícios da Chlorella...

A Chlorella é uma alga que fornece proteínas, carboidratos, gorduras boas, vitaminas, minerais e fitonutrientes como os pigmentos carotenoides (astaxantina, cantaxantina, loraxantina, flavoxantina e neoxantina) e a clorofila.

A alga apresenta ainda um bom teor das vitaminas C, E e K, e dos minerais cálcio, ferro, fósforo e potássio.
Além disso, possui ação antiinflamatória, atua nas funções cerebrais, fígado e sistema imunológico, auxilia na digestão, no controle da glicemia, melhora dores da artrite, reduz o LDL colesterol.
É uma ótima fonte de glutationa, um potente antioxidante. Nosso fígado também produz a glutationa, que é utilizada para processos de intoxicação por álcool, drogas, nicotina, poluição, determinados alimentos, etc. Como nossa produção de glutationa diminui com a idade, tomar chlorella regularmente pode ser uma maneira bastante eficaz para melhorar as funções do fígado, facilitando a eliminação de toxinas e o combate aos radicais livres.
Regularmente somos expostos …