9 de agosto de 2008

ALIMENTOS QUE EVITAM "FERRUGEM" NO CÉREBRO....


Um neurocientista de Los Angeles (EUA), afirma que analisou estudos de várias partes do mundo e concluiu que, de fato, existem alimentos capazes de melhorar o desempenho do cérebro e de prevenir sua degeneração.
Nozes, castanhas e óleos vegetais, como o azeite de oliva, contêm nutrientes que são excelentes antioxidantes. Gómez-Pinilla explica que o cérebro consome muita energia para funcionar e isso deixa como resíduos muitos químicos oxidantes. Além disso, a massa cinzenta é feita em grande parte de material oxidável. Portanto, para o cérebro não enferrujar, é preciso antioxidantes.
Lentilha, couve-flor, aspargos, espinafre, abacate, contêm vitaminas B, D e E, que também são antioxidantes. O espinafre também é bom por conter ácido fólico, assim como o suco de laranja.Vários dos estudos analisados afirmam que o ácido fólico pode ajudar a memória, a fluência da fala e a velocidade de processamento das informações.
Peixes gordos, como o salmão, contêm a vedete dos "remédios naturais" para o cérebro: o ácido graxo ômega-3. Presente também nas castanhas. O ômega-3 dá ao cérebro maior fluidez e plasticidade, o que aumenta sua capacidade de transportar sinais, mensagens. Existem vários nutrientes que agem no cérebro, por isso, para melhorar seu funcionamento, é fundamental ter uma boa alimentação variada.
Mas não é só: além de uma boa alimentação, é aconselhável buscar coisas interessantes para fazer. Atividades estimulantes também ajudam a manter o cérebro saudável. Não existe uma fórmula. Tanto para o cérebro quanto para a saúde em geral, o segredo está na variedade. Pouca gordura, muita atividade física e dê preferência aos alimentos frescos. É simples.