16 de abril de 2009

FAZER REFEIÇÕES EM FAMÍLIA TRAZ BENEFÍCIOS À SAÚDE FÍSICA E MENTAL....


Uma pesquisa do governo do Reino Unido concluiu que crianças que fazem regularmente as refeições com os pais têm quase o dobro de chance de tirar notas boas na escola, comparadas àquelas que não desfrutam desse hábito. E adolescentes que adotam esse ritual apresentam menores probabilidades de se envolverem em brigas ou de serem suspensos da escola. Também ficariam menos vulneráveis ao uso de drogas, sexo sem proteção e depressão.

Apesar de o hábito das refeições em família ter benefícios para saúde física e mental comprovados em pesquisas, esse ritual está saindo de cena no Brasil. É o que mostra levantamento recente realizado pela Unilever em diversos países, intitulada O Poder das Refeições. Na pesquisa nacional, descobriu-se que 49% das paulistanas entrevistadas jantam em família todos os dias. Em contrapartida, 69% dos brasileiros dizem que se alimentam enquanto assistem à TV. Com a TV ligada, a refeição compartilhada perde seus principais benefícios, como estimular a união e cumplicidade entre pais e filhos e aumentar a qualidade da alimentação.
Estudos internacionais revelam muito mais ganhos. A conversa que acontece ao redor da mesa contribui ainda para o desenvolvimento social e cognitivo das crianças, e para a ampliação de seu vocabulário.