31 de maio de 2011

Fazer Dieta Deixa Você Irritada e Desanimada? Supere Isso...


Não é segredo que iniciar uma reeducação alimentar ou uma dieta mexe tanto com seus nervos como com seu corpo. O stress gerado pela restrição alimentar representa duplo perigo. Primeiro, ele pode trazer de volta antigos hábitos alimentares. Segundo, aumenta a produção do hormônio cortisol, o que dificulta o emagrecimento.

Fazer restrições sem sentido por conta própria além de não funcionar pode trazer prejuízos para sua saúde, além de carências nutricionais. Levanta a mão quem não ficou uma semana inteira sem comer carboidrato para emagrecer, ficou estressada a semana inteira e na outra semana comeu pão como se o mundo fosse acabar? Este tipo de restrição não faz bem ao nosso corpo já que os carboidratos são os macronutrientes responsáveis pelo fornecimento de energia e sem eles você fica sem disposição, seu rendimento no trabalho cai e você não consegue levar a dieta adiante por mais de uma semana.

Além de um Plano Alimentar bem orientado e elaborado sob medida para você outras dicas são de extrema importância para que você alcance sucesso. Dormir bem é um deles, costumo dizer que "se não dormir bem, não emagrece meu bem" isso porque a melatonina ajuda a diminuir o cortisol, então uma boa noite de sono vai ajudar na perda de peso e você vai acordar bem disposta para encarar o dia.

Outro ponto fundamental é a atividade física, isso todo mundo está cansado de ouvir por aí, mas nunca é demais ressaltar sua importância no programa de emagrecimento e na melhora da sua qualidade de vida num geral. Durante o exercício ocorre a liberação de serotonina, o hormônio do bem-estar, por isso nos sentimos tão bem após a prática de uma atividade física e tendemos a comer menos após este período. Se aumentamos nosso gasto calórico com a atividade física e diminuímos nossa ingesta calórica nas refeições esta equação só pode ter um resultado = mais saúde e o extermínio de quilinhos indesejados.

Antes de iniciar qualquer atividade física é importante que você seja avaliado pelo seu médico e passe por um Nutricionista para ajustar seu cardápio.


Dra. Cristiane Spricigo de Lima
Nutricionista, Especialista em Nutrição Esportiva
Autora do Blog NutriCorpo