Pular para o conteúdo principal

O que motiva as pessoas na hora de escolher os alimentos?...


Não ria ainda: cientistas descobriram que as pessoas escolhem as comidas pelo sabor.
Tal "descoberta", que parece equilibrar-se em uma tênue linha entre o óbvio e o ridículo, pode ajudar a elaborar melhores estratégias para o combate à obesidade e à indução de hábitos alimentares mais saudáveis.
As Dras. Sinéad e Mary McCarthy, das universidades de Dublin e Ulster, queriam saber se as campanhas que apregoam uma alimentação saudávelestão focando os alvos corretos.
Para isso elas estudaram não apenas os hábitos alimentares de 1.500 adultos, mas sobretudo as atitudes que levam essas pessoas a escolherem seus alimentos.
O que vale é o sabor
Estariam as pessoas se baseando nas recomendações médicas sobre comer bem?
Parece que não.
A pesquisa mostrou que o sabor é o item individual mais importante na escolha dos alimentos.
A saúde e a nutrição representam o segundo fator mais importante influenciando a escolha dos alimentos.
Somente uma pequena parcela dos consumidores relatou a preocupação com o peso e o humor como elementos que influenciam a escolha daquilo que vão comer.
Iniciantes e experientes
A pesquisa segmentou os participantes em três grupos, de acordo com os motivos que os levam a escolher sua alimentação: "iniciantes descompromissados", "adaptáveis a qualquer situação" e "experientes saudáveis".
A escolha dos alimentos pelos "iniciantes descompromissados" se dá pelo sabor e pela conveniência.
Aqueles que se adaptam às situações mostram a maior variação de fatores, mas o sabor é o mais comum dentre eles.
A maioria dos "experientes saudáveis" (46%) apontou "saúde e nutrição" como o elemento mais importante, muito acima do sabor.
Foco no sabor
As cientistas concluem que os fabricantes de alimentos saudáveis não podem basear a divulgação de seus produtos apenas no quanto eles farão bem à saúde das pessoas.
Para atingir a parcela da população que ainda não se preocupa tanto com a qualidade nutricional dos alimentos, o importante é ressaltar que esses alimentos são saborosos.
Fonte: Diário da Saúde

Postagens mais visitadas deste blog

Ainda dá tempo!

Bom dia, segunda! ☀️

Mais uma oportunidade de fazermos uma semana diferente!
Mais uma chance de recomeçar!
Quem não recomeça depois do tropeço, nunca chega lá!

Não desista! O ano ainda não acabou!
Dá sim pra gerar mudanças!
Dá sim pra terminar o ano bem melhor!
Confie em você! Comece agora!

Bora?! 🌿💚🍃

Alimentos x Herpes

Um questionamento que faz parte da minha consulta é: “você tem herpes?” Muitas vezes isso gera estranheza! 🤔O que isso tem a ver com a alimentação? Muita coisa!! . . Por exemplo, a arginina, é um aminoácido que estimula a replicação do vírus e aumenta a frequência das crises. Alguns alimentos fonte de arginina: castanhas 🌰 aveia, granola, gérmen de trigo 🌾 amendoim 🥜 chocolate 🍫 coco 🥥milho 🌽 uva 🍇 trigo 🌾  MAS, a noz pecã e o pistache são nuts com uma menor quantidade de arginina. Então se você, assim como eu, possui o vírus e quer deixar ele quieto, mas adora a praticidade das castanhas, elas são as melhores opções! . Logicamente, se o consumo for pontual e sem excessos, você pode se dar bem com as castanhas e elas não serem gatilhos para crises! . . A lisina, que também é um aminoácido, ajuda a conter a replicação do vírus antes da lesão se manifestar na pele. A lisina é importante porque inibe a ação da arginina, evitando a replicação do vírus da herpes.  A lisina está p…

Benefícios da Chlorella...

A Chlorella é uma alga que fornece proteínas, carboidratos, gorduras boas, vitaminas, minerais e fitonutrientes como os pigmentos carotenoides (astaxantina, cantaxantina, loraxantina, flavoxantina e neoxantina) e a clorofila.

A alga apresenta ainda um bom teor das vitaminas C, E e K, e dos minerais cálcio, ferro, fósforo e potássio.
Além disso, possui ação antiinflamatória, atua nas funções cerebrais, fígado e sistema imunológico, auxilia na digestão, no controle da glicemia, melhora dores da artrite, reduz o LDL colesterol.
É uma ótima fonte de glutationa, um potente antioxidante. Nosso fígado também produz a glutationa, que é utilizada para processos de intoxicação por álcool, drogas, nicotina, poluição, determinados alimentos, etc. Como nossa produção de glutationa diminui com a idade, tomar chlorella regularmente pode ser uma maneira bastante eficaz para melhorar as funções do fígado, facilitando a eliminação de toxinas e o combate aos radicais livres.
Regularmente somos expostos …