Pular para o conteúdo principal

A dieta emperrou? Aprenda a empurrá-la para a frente e voltar a emagrecer...


Sim, é mais do que natural o ponteiro da balança ficar imóvel depois de um período de emagrecimento. E sim, isso pode acontecer mesmo quando seguimos firme com a boca fechada. Esse estágio é o que os especialistas chamam de platô. O que fazer? Em primeiro lugar, tenha calma. Se no desespero você cair na bobagem de adotar uma dessas dietas radicais tão alardeadas por aí, pode até perder peso, mas acredite: os quilos que se foram logo vão ser recuperados. Sem a menor sombra de dúvida. A menos que você adote algumas táticas, como estas:


Bote mais comida no prato
Mas sem exageros! Após alguns meses de dieta, o organismo tende a se acostumar com o aporte menor de calorias e passa a encarar o cardápio magrinho como alimentação normal. Resultado: o organismo economiza no metabolismo para se adaptar a esse novo patamar calórico e... você pára de emagrecer. A solução, portanto, é comer mais -- um pouco mais, não custa repetir. Vale elevar o seu menu em 200 ou 300 calorias, no máximo. E por 15 dias apenas. Depois, volte à dieta anterior.
Mude a composição da dieta
O cardápio que contempla vegetais, carboidratos (de preferência integrais), proteínas e gorduras (do bem!) continua importantíssimo. O que você tem a fazer é mudar a porcentagem dos ingredientes para dar uma arrancada na queima de calorias. Se você já vem apostando bastante em verduras e legumes, experimente agora abusar um pouco mais das proteínas magras (como carnes brancas, leite e derivados desnatados). Elas demandam maior queima de calorias para serem metabolizadas.
Beba chá, muito chá
O verde e o branco são ricos em catequinas, substâncias antioxidantes que aceleram o gasto energético. Além de acelerar o metabolismo, os chás também facilitam a digestão. E mais: protegem o coração, pois diminuem o colesterol ruim (LDL) e fortalecem as artérias. Até a pele sai ganhando, uma vez que as células de defesa ficam de prontidão contra os raios ultravioleta B.
Cheque o que anda comendo
Poucos gostam, têm tempo ou paciência de fazer um diário alimentar. Mas, se o emagrecimento deu uma estacionada, vale a pena colocar na ponta do lápis o que você vem comendo nos últimos dias, tintim por tintim. E isso vale para os marmanjos também. Muitas vezes, a gente só se dá conta de que anda beliscando mais do que deveria depois que checa os deslizes alimentares anotados em detalhes.
Malhe diferente
Bom, se você nunca malhou, comece já, por favor. Não é novidade que a atividade física aumenta o gasto calórico e facilita o emagrecimento. Só que há um momento na vida em que mesmo o malhador de carteirinha nota que o ponteiro da balança se nega a sair do lugar. Esse é o sinal de que está na hora de fazer pequenas alterações na rotina de exercícios. Assim como acontece com a dieta, o corpo também se acostuma com a ginástica e passa a gastar menos calorias para executá-la. E aí, trocar de modalidade chacoalha e acelera o metabolismo. Ou, se preferir, peça ao professor da academia que altere a intensidade, a quantidade e o ritmo da malhação.
Renda-se à musculação
Exercícios de força criam músculos. E músculos são tecido vivo, que queimam calorias diferentemente da gordura. Logo, isso faz o metabolismo trabalhar mais rápido, o que leva ao aumento do gasto calórico diário. Quem pratica musculação regularmente substitui gordura por massa magra. Para aqueles que já estão acostumados a puxar ferro, aumentar a carga favorece um gasto energético maior. E lembre-se: o metabolismo masculino é mais acelerado do que o feminino, justamente porque os homens têm proporcionalmente mais massa muscular e menos gordura. Nesse caso, as mulheres precisam, mais do que ninguém, caprichar em atividades que facilitem o ganho de músculos.

Postagens mais visitadas deste blog

Ainda dá tempo!

Bom dia, segunda! ☀️

Mais uma oportunidade de fazermos uma semana diferente!
Mais uma chance de recomeçar!
Quem não recomeça depois do tropeço, nunca chega lá!

Não desista! O ano ainda não acabou!
Dá sim pra gerar mudanças!
Dá sim pra terminar o ano bem melhor!
Confie em você! Comece agora!

Bora?! 🌿💚🍃

Última chamada!!!! Projeto verão 2019....

Vai chegando esta época do ano, começam as preocupações com as festas de final de ano, as férias, praia, verão! Pois é, para àqueles que não estão no seu projeto Verão 2019 desde o começo do ano, ainda é possível modificar muita coisa, seja nos hábitos alimentares, seja no seu corpo.

Conte com nossos Programas Exclusivos para chegar no verão com hábitos alimentares mais saudáveis e com mudanças expressivas em seu organismo.

Como todos os anos, iniciamos estas chamadas semanalmente para lembrar que no final do ano entramos em recesso dia 15/12 e retomamos nossas atividades na segunda semana de janeiro. Então não perca tempo e não faça da melhoria de hábitos alimentares, mais uma promessa de ano novo! Aproveite para agendar sua consulta e garanta seu Plano Alimentar para finalizar bem o ano e iniciar o ano novo com o pé direito!

Mindfulness....

Nossa mente é cheia de distrações. Estamos trabalhando e do nada começamos a pensar na lista do supermercado, que amanhã vence o condomínio e não esquecemos de dar aquela conferida no celular para não perder nenhuma notificação.
Focar a atenção em apenas uma tarefa é um desafio e a meditação mindfulness pode ser a resposta para se manter presente. 
A meditação mindfulness (atenção plena) tem como objetivo aumentar a calma e o relaxamento, melhorar o equilíbrio psicológico, a saúde e o bem-estar geral.
A prática, através da atenção plena na respiração, no corpo e no momento imediato aumenta a percepção das experiências que ocorrem no presente. 
A prática da meditação, seja qual for a técnica, desenvolve a habilidade de nos adaptarmos ao estresse, chamada de resiliência. Ser resiliente não significa não experimentar dificuldades, mas desenvolver a sua própria capacidade para voltar ao estado de homeostase apesar das dificuldades.
Dê uma chance para a meditação! Crie consciência no prese…