29 de agosto de 2012

Cuidado menina, o estresse pode estar te engordando!



Embora ainda haja muita resistência em pensar que o estresse pode engordar, esta questão deve sim ser levada a sério. Esta é uma das questões que sempre abordo em minhas consultas e analiso o nível de estresse do paciente.

Em situações de estresse o organismo libera o cortisol, um hormônio danado, que torna as células menos sensíveis à leptina, substância responsável pela sensação de saciedade.

O estresse ainda diminui os níveis de testosterona, o que pode resultar em perda de massa muscular e aumento de gordura.

Em situações de nervosismo prolongado, o sistema imunológico se desequilibra, o que aumenta o apetite e provoca acúmulo de gordura, principalmente na região abdominal.