10 de agosto de 2012

Maus hábitos alimentares e stress, uma combinação perigosa!



Problemas no ambiente de trabalho, responsabilidades familiares etc são exemplos do cotidiano que nos deixam irritados. Ônibus atrasado, cliente chato e barulho excessivo contribuem para nos levar a situações-limite. O famoso estresse se dá por uma reação do organismo na tentativa de manter o equilíbrio.
O estresse pode tomar diferentes formas e gerar doenças. Os sintomas mais comuns são dor de cabeça, tristeza, depressão, ansiedade e irritabilidade. Falta de energia, dificuldade de concentração e insônia também costumam aparecer em pessoas estressadas.
Ele também pode piorar problemas de saúde já existentes, pois o corpo fica mais vulnerável à doenças provocadas pelo estresse excessivo, como gripes, gastrite, doenças dermatológicas e hipertensão. 
Maus hábitos alimentares podem agravar ou predispor o organismo ao estresse. Por outro lado, uma alimentação equilibrada pode amenizar e prevenir problemas como:
• Constipação;
• Diarréia;
• Comer demais ou não comer;
• Ganho ou perda de peso;
• Problemas no coração
• Pressão alta.
Além de comer os alimentos certos, é preciso saber o que evitar. A ingestão de açúcar e cafeína em excesso dispara reações desordenadas no organismo. Recomenda-se diminuir a ingestão de alimentos ricos em gordura saturada, pois são de difícil digestão e interferem na atividade neural. Chocolate, chá preto, café, refrigerantes de cola, bebidas alcoólicas, frituras e doces são bombas que podem desencadear ainda mais estresse. Praticar exercícios físicos ajuda a relaxar, além de fazer bem à saúde.
Para aliviar os sintomas do estresse, é indicado o consumo de alimentos, como vegetais folhosos, laranja, castanha-do-pará, peixes e frutos do mar.
Alface: possui lactucina, que atua como calmante; 
Espinafre e brócolis: contêm potássio e ácido fólico, que garantem o bom funcionamento do sistema nervoso;
Peixes e frutos do mar: diminuem o cansaço e a ansiedade, pois contêm zinco e selênio que agem diretamente no cérebro;
Laranja: relaxante muscular natural, ajuda a combater o estresse e prevenir a fadiga. Possui substâncias hidratantes e é rica em vitamina C, cálcio e vitaminas do Complexo B;
Castanha-do-pará: melhora sintomas de depressão, por conter selênio, um agente antioxidante.