Pular para o conteúdo principal

Refrigerantes aumentam risco genético de obesidade...




Pesquisadores da Universidade de Harvard (EUA) comprovaram que o grande consumo de refrigerantes, ou bebidas adoçadas em geral, aumenta a suscetibilidade genética à obesidade.
O estudo reforça o conceito cada vez mais aceito de que os fatores ambientais mesclam-se com os fatores genéticos de uma forma impensável há poucos anos.
Assim, em vez de preocupar-se com "genes da obesidade", os cientistas começam a verificar comportamentos que alteram genes, que podem aumentar a chance da obesidade.
A nova visão sobre interação entre ambiente e genética leva a abordagens completamente diferentes.
Em uma visão comum há algum tempo, e ainda hoje divulgada em muitos programas jornalísticos, a presença de um gene representaria uma espécie de "herança imutável", que significaria que a pessoa estaria fatalmente condenada a apresentar uma condição.
"Nosso estudo fornece pela primeira vez evidências reproduzíveis que mostram que fatores genéticos e fatores alimentares - bebidas adoçadas com açúcar - podem se influenciar mutuamente quanto aos seus efeitos sobre o peso corporal e o risco de obesidade," disse Lu Qi, coordenador do estudo.
Nas últimas três décadas, o consumo de bebidas adoçadas aumentou dramaticamente em todo o mundo.
Embora haja evidências generalizadas de uma ligação entre refrigerantes, a obesidade e doenças crônicas como diabetes, há poucas pesquisas sobre se fatores ambientais, tais como beber bebidas adoçadas artificialmente, influenciam a predisposição genética para a obesidade.
A pesquisa foi baseada em dados de 146.700 mulheres e 51.529 homens.
Os resultados mostraram que os efeitos genéticos sobre o índice de massa corporal e o risco de obesidade entre os que bebiam uma ou mais doses de refrigerantes por dia são duas vezes maiores do que aqueles que consumiram menos de uma porção por mês.
Os resultados sugerem que o consumo regular de bebidas açucaradas amplifica o risco genético de obesidade.
Além disso, os indivíduos com maior predisposição genética para a obesidade parecem ser mais susceptíveis aos efeitos nocivos das bebidas açucaradas sobre o índice de massa corporal.
Fonte: Diário da Saúde

Postagens mais visitadas deste blog

Protocolo de Limpeza Intestinal...

O Protocolo de Limpeza Intestinal, é um manejo nutricional para a Modulação Intestinal e seu objetivo é promover injúria bacteriana. Ou seja, morte das bactérias por falta de nutrientes. A falta de proteína durante os 3 dias iniciais gera injúria nas proteobactérias, que não conseguem se multiplicar, tratando a SIBO e disbiose. 
É uma estratégia para equilibrar a microbiota intestinal criada pelo professor Murilo Pereira que colocou um propósito em cada alimento e suplemento incluído, lindo demais! Aprendemos na formação em Modulação Intestinal. Ela promove uma limpeza de intestino delgado e grosso, ao contrário do uso de laxantes por exemplo que limpa apenas o intestino grosso.
O manejo nutricional dura 15 dias, sendo os 3 primeiros os mais importantes e com maior restrição. Nestes dias, além da alimentação, a suplementação para Modulação da microbiota vai variar de acordo com cada paciente, se ele tem Resistência á Insulina ou Síndrome do Ovário Policístico, Síndrome do Intestino I…

Sorbet de frutas congeladas....

Esse calor de matar pede um sorvete !
Que tal fazer em casa uma versão saudável pra matar a vontade? Claro que um sorvete cheio de açúcar tem seu lugar e hora! Kkk Mas é preciso também ter estratégias para ter este prazer com mais frequência, por que não? .
Tenha sempre frutas congeladas! Este aí fiz de banana  e morango  e nada mais! Congele a banana bem madura, assim vai estar mais adocicada! Bata no liquidificador ou processador até ficar homogêneo. Aproveite!

Bom dia!

É gente, o tempo não está correndo, está voando...O FINAL DO ANO ESTÁ CHEGANDO!!
Faltam 10 segundas-feiras para darmos bom dia para 2020 e mais que isso, nós vamos virar a década!!
Está na hora de começar a fazer planos, revisões, reflexões, mudanças programadas pro próximo ano e por aí vai.
Por que você não começa HOJE a se planejar e se preparar? E a fazer mudanças que podem acontecer ainda em 2019? Instalar pequenos hábitos saudáveis na sua rotina ou até mesmo fazer alguma mudança mais importante que estava programada desde o ano passado e ainda não saiu do papel?
Então, vamos lá! Aproveite o início da semana para fazer recomeços ou novos começos!