Pular para o conteúdo principal

Leite funcional tem o dobro de selênio e vitamina E...



Pesquisadores brasileiros desenvolveram uma nova técnica para produção de leite enriquecido.
O chamado leite funcional é produzido por um processo natural - a composição do leite é alterada por meio da alimentação da vaca para que o alimento favoreça a saúde e o crescimento dos seres humanos.
O produto tem o dobro de selênio e vitamina E, além de uma composição de gordura que leva ao aumento do chamado colesterol bom.
O selênio e a vitamina E são antioxidantes que desaceleram o envelhecimento das células, podendo reduzir as chances de desenvolvimento do câncer.
O estudo, que une avaliação zootécnica com análise da saúde humana em um mesmo experimento, é inédito no País e está sendo feito por pesquisadores da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA) e da USP.
Os pesquisadores inseriram na dieta animal o selênio e a vitamina E, juntamente com óleo de girassol.
O leite produzido foi ofertado a 90 crianças, com idade de sete a 10 anos, da cidade de Casa Branca, em São Paulo, durante três meses. Os testes ainda estão em andamento, mas as crianças que tomaram o leite funcional apresentaram maior concentração das substâncias e do bom colesterol no sangue.
Uma segunda fase dos trabalhos testa agora o produto em 130 idosos da Casa do Vovô e da Amizade, de Ribeirão Preto. O estudo começou em setembro de 2012 e deve ser finalizado no início de dezembro deste ano.
O leite de vaca, um dos principais alimentos na nutrição humana, fornece proteína, lactose, gordura, vitaminas e minerais.
Dentre os minerais, o cálcio é o mais importante, sendo responsável pelo crescimento, desenvolvimento e manutenção dos ossos e dentes.
Contudo, como o leite bovino naturalmente existe para suprir necessidades nutricionais dos bezerros, as pesquisas trabalham para modificá-lo para ficar mais interessante à nutrição humana.
Assim, os pesquisadores introduziram na alimentação das vacas o dobro da quantidade normalmente exigida de selênio e vitamina E.
Os pesquisadores garantem que, além de melhorar a qualidade do leite para o consumo humano, a alimentação enriquecida ajuda também na saúde e nutrição das vacas, com a diminuição da ocorrência da mastite subclínica e o aumento de 30% da produção de leite.
Fonte: Diário da Saúde

Postagens mais visitadas deste blog

Protocolo de Limpeza Intestinal...

O Protocolo de Limpeza Intestinal, é um manejo nutricional para a Modulação Intestinal e seu objetivo é promover injúria bacteriana. Ou seja, morte das bactérias por falta de nutrientes. A falta de proteína durante os 3 dias iniciais gera injúria nas proteobactérias, que não conseguem se multiplicar, tratando a SIBO e disbiose. 
É uma estratégia para equilibrar a microbiota intestinal criada pelo professor Murilo Pereira que colocou um propósito em cada alimento e suplemento incluído, lindo demais! Aprendemos na formação em Modulação Intestinal. Ela promove uma limpeza de intestino delgado e grosso, ao contrário do uso de laxantes por exemplo que limpa apenas o intestino grosso.
O manejo nutricional dura 15 dias, sendo os 3 primeiros os mais importantes e com maior restrição. Nestes dias, além da alimentação, a suplementação para Modulação da microbiota vai variar de acordo com cada paciente, se ele tem Resistência á Insulina ou Síndrome do Ovário Policístico, Síndrome do Intestino I…

Sorbet de frutas congeladas....

Esse calor de matar pede um sorvete !
Que tal fazer em casa uma versão saudável pra matar a vontade? Claro que um sorvete cheio de açúcar tem seu lugar e hora! Kkk Mas é preciso também ter estratégias para ter este prazer com mais frequência, por que não? .
Tenha sempre frutas congeladas! Este aí fiz de banana  e morango  e nada mais! Congele a banana bem madura, assim vai estar mais adocicada! Bata no liquidificador ou processador até ficar homogêneo. Aproveite!

Segundo estudo, consumo de refrigerante aumenta o risco de mortalidade...

Um estudo de coorte conduzido com 450.000 pessoas de 10 países da Europa entre janeiro de 1992 e dezembro de 2000 acabou de ser publicado no JAMA e concluiu que o consumo de 2 copos de refrigerante 🥤 diariamente com açúcar ou adoçante artificial aumenta o risco de mortalidade por várias causas!
O estudo verificou que as principais causas de morte encontradas foram por problemas circulatórios e doenças do trato digestivo.