Pular para o conteúdo principal

Alimentos Integrais: O que São?


Escrevi este post para o site Homens que se cuidam espero que gostem!

Os alimentos integrais são boas fontes de fibra alimentar, que todos devemos ingerir pelos seus inúmeros benefícios à nossa saúde, isso não é nenhuma novidade, certo? Mas você sabe realmente o que significa um alimento ser integral?
Eles são alimentos que não passaram pelo processo de refinamento, ou seja, são grãos são completos, ricos em nutrientes: vitaminas, minerais e fibras.
Quanto ingerir: A ingestão recomendada de fibras, segundo o Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos, é de 30 gramas por dia.
As fibras podem ser solúveis e insolúveis. As fibras alimentares solúveis são facilmente quebradas ou fermentadas no intestino, gerando produtos ou gases bioativos. As fibras alimentares insolúveis, são metabolicamente inertes, absorvem água conforme passam pelo sistema digestivo, dando suporte ao funcionamento dos músculos dos intestinos e facilitando a saída dos restos alimentares, fazendo o intestino funcionar melhor.
Os alimentos integrais promovem uma maior saciedade, pois absorvem água e formam um gel, que permanece mais tempo no estômago, o que retarda a fome, auxiliando no emagrecimento.

Mas o fato de postergarem a fome não significa que esses alimentos estão liberados para ser consumidos á vontade, pois possuem grande quantidade de calorias. Eles devem estar inseridos de forma harmônica em sua alimentação.
Estudos afirmam que as fibras ajudam a reduzir a taxa de LDL (o mau colesterol), colaboram na prevenção do câncer de cólon e reto, além disso, promovem uma liberação mais lenta e constante de glicose, ajudando a regular os níveis de açúcar no sangue.
Então a dica é: troque tudo que é refinado por integral! Inclua na sua rotina o pão integral no lugar do francês, troque o cereal matinal pela granola ou aveia, em resumo trocar e não apenas incluir, ok?
Também aumente seu consumo de frutas (não de suco!), verduras e legumes, dê preferência mais aos crus que cozidos, inclua em suas vitaminas grãos como chia e linhaça.
A alimentação saudável é um estilo de vida! Cuide-se!

Postagens mais visitadas deste blog

Protocolo de Limpeza Intestinal...

O Protocolo de Limpeza Intestinal, é um manejo nutricional para a Modulação Intestinal e seu objetivo é promover injúria bacteriana. Ou seja, morte das bactérias por falta de nutrientes. A falta de proteína durante os 3 dias iniciais gera injúria nas proteobactérias, que não conseguem se multiplicar, tratando a SIBO e disbiose. 
É uma estratégia para equilibrar a microbiota intestinal criada pelo professor Murilo Pereira que colocou um propósito em cada alimento e suplemento incluído, lindo demais! Aprendemos na formação em Modulação Intestinal. Ela promove uma limpeza de intestino delgado e grosso, ao contrário do uso de laxantes por exemplo que limpa apenas o intestino grosso.
O manejo nutricional dura 15 dias, sendo os 3 primeiros os mais importantes e com maior restrição. Nestes dias, além da alimentação, a suplementação para Modulação da microbiota vai variar de acordo com cada paciente, se ele tem Resistência á Insulina ou Síndrome do Ovário Policístico, Síndrome do Intestino I…

Sorbet de frutas congeladas....

Esse calor de matar pede um sorvete !
Que tal fazer em casa uma versão saudável pra matar a vontade? Claro que um sorvete cheio de açúcar tem seu lugar e hora! Kkk Mas é preciso também ter estratégias para ter este prazer com mais frequência, por que não? .
Tenha sempre frutas congeladas! Este aí fiz de banana  e morango  e nada mais! Congele a banana bem madura, assim vai estar mais adocicada! Bata no liquidificador ou processador até ficar homogêneo. Aproveite!

Segundo estudo, consumo de refrigerante aumenta o risco de mortalidade...

Um estudo de coorte conduzido com 450.000 pessoas de 10 países da Europa entre janeiro de 1992 e dezembro de 2000 acabou de ser publicado no JAMA e concluiu que o consumo de 2 copos de refrigerante 🥤 diariamente com açúcar ou adoçante artificial aumenta o risco de mortalidade por várias causas!
O estudo verificou que as principais causas de morte encontradas foram por problemas circulatórios e doenças do trato digestivo.