14 de maio de 2013

Café reduz pela metade recorrência do câncer de mama...



Tomar café pode cortar pela metade o risco da recorrência do câncer de mama.
A conclusão é de um estudo realizado por cientistas da Universidade de Lund (Suécia) e publicado na revista Cancer Causes Control.
A equipe acompanhou mais de 600 pacientes com câncer de mama por cerca de cinco anos. Aproximadamente metade delas tomava o medicamento Tamoxifeno.
As pacientes que tomavam este medicamento e que consumiam duas ou mais xícaras de café por dia apresentaram uma taxa de recorrência do câncer de mama mais de 50% inferior em comparação com as pacientes que tomavam Tamoxifeno mas que não tomavam café.
A droga, uma terapia hormonal comum depois da cirurgia do câncer da mama, diminui o risco de novos tumores bloqueando os receptores de estrogênio.
Café contra o câncer
Como o café interage com o tratamento, no entanto, ainda é algo desconhecido.
"Uma teoria na qual estamos trabalhando é que o café 'ativa' o Tamoxifeno, tornando-o mais eficaz," disse Maria Simonsson, principal autora do estudo.
Os pesquisadores da mesma Universidade já haviam descoberto uma associação entre o consumo de café e um risco menor de desenvolver certos tipos de câncer de mama, enquanto cientistas norte-americanos descobriram que o café reduz o risco do câncer de próstata e o câncer oral.
Outros estudos têm demonstrado que a cafeína impede o crescimento de células cancerosas.
Este estudo observacional mais recente, envolvendo o papel do café na prevenção e tratamento do câncer, ressalta a necessidade de mais pesquisas na área, sobretudo em busca dos mecanismos fisiológicos de atuação da cafeína.
"Nós pretendemos avançar nossos estudos para saber mais sobre como o estilo de vida pode interagir com o tratamento do câncer de mama," diz Helena Jernstrom, professora de oncologia da Universidade de Lund.
Fonte: Diário da Saúde