Pular para o conteúdo principal

Dormir mais tarde provoca ganho de peso?


A restrição crônica de sono entre adultos está associada com o ganho de peso sistemático.
O fenômeno foi aferido em pessoas que tendem a ir dormir muito tarde, retardando a hora do sono, mas acordando no horário de costume.
Contudo, o efeito não parece ter nada a ver com o sono propriamente dito, mas com o consumo de calorias extras durante as horas finais da noite, antes de ir dormir.
Os pesquisadores notaram que as pessoas que vão dormir muito tarde não apenas comem um adicional nessas horas de vigília, mas também ingerem comidas mais gordurosas nessas horas que antecedem o ir para a cama.
"Embora estudos epidemiológicos anteriores já tivessem sugerido uma associação entre um sono mais curto e o ganho de peso e obesidade, ficamos surpresos ao observar o significativo ganho de peso durante um estudo em laboratório," disse Andrea Spaeth, da Universidade da Pensilvânia (EUA).
Os voluntários, entre 22 e 50 anos de idade, passaram 18 dias consecutivos em um ambiente controlado.
O estudo também mostrou que, durante a restrição do sono, os homens ganham mais peso do que as mulheres, e os negros ganham mais peso do que os brancos.
Os cientistas afirmam que a privação de sono pode gerar um efeito cumulativo, já que o ganho de peso é um fator de risco para a apneia do sono, que tem forte impacto sobre a qualidade do sono e para a saúde em geral.
Críticas
Mas o estudo tem suas deficiências.
A principal delas é que o ambiente de laboratório onde os voluntários ficaram internados não possuía condições de realização de atividades físicas, ainda que voluntárias.
Ou seja, as conclusões valem para uma condição que não é apenas de privação de sono, mas para uma situação em que se dorme menos e não se exercita nada, como passar as férias fechado no apartamento.
Fonte: Diário da Saúde

Postagens mais visitadas deste blog

Protocolo de Limpeza Intestinal...

O Protocolo de Limpeza Intestinal, é um manejo nutricional para a Modulação Intestinal e seu objetivo é promover injúria bacteriana. Ou seja, morte das bactérias por falta de nutrientes. A falta de proteína durante os 3 dias iniciais gera injúria nas proteobactérias, que não conseguem se multiplicar, tratando a SIBO e disbiose. 
É uma estratégia para equilibrar a microbiota intestinal criada pelo professor Murilo Pereira que colocou um propósito em cada alimento e suplemento incluído, lindo demais! Aprendemos na formação em Modulação Intestinal. Ela promove uma limpeza de intestino delgado e grosso, ao contrário do uso de laxantes por exemplo que limpa apenas o intestino grosso.
O manejo nutricional dura 15 dias, sendo os 3 primeiros os mais importantes e com maior restrição. Nestes dias, além da alimentação, a suplementação para Modulação da microbiota vai variar de acordo com cada paciente, se ele tem Resistência á Insulina ou Síndrome do Ovário Policístico, Síndrome do Intestino I…

Sorbet de frutas congeladas....

Esse calor de matar pede um sorvete !
Que tal fazer em casa uma versão saudável pra matar a vontade? Claro que um sorvete cheio de açúcar tem seu lugar e hora! Kkk Mas é preciso também ter estratégias para ter este prazer com mais frequência, por que não? .
Tenha sempre frutas congeladas! Este aí fiz de banana  e morango  e nada mais! Congele a banana bem madura, assim vai estar mais adocicada! Bata no liquidificador ou processador até ficar homogêneo. Aproveite!

Segundo estudo, consumo de refrigerante aumenta o risco de mortalidade...

Um estudo de coorte conduzido com 450.000 pessoas de 10 países da Europa entre janeiro de 1992 e dezembro de 2000 acabou de ser publicado no JAMA e concluiu que o consumo de 2 copos de refrigerante 🥤 diariamente com açúcar ou adoçante artificial aumenta o risco de mortalidade por várias causas!
O estudo verificou que as principais causas de morte encontradas foram por problemas circulatórios e doenças do trato digestivo.