Pular para o conteúdo principal

Você sabe o que são blends proteicos?


Os blends proteicos são uma mistura de tipos e frações de diversas proteínas para que sejam absorvidas de forma gradual visto que cada tipo de proteína tem uma estrutura molecular diferente, maior ou menor, o que influencia no processo digestivo. Novos estudos observaram que ao utilizar uma bebida contendo uma mistura de diferentes tipos de proteínas, os aminoácidos são liberados para a circulação sanguínea de maneira gradativa e a resposta da síntese proteica se prolonga, além da capacidade anticatabólica manter-se por mais tempo, comprovando a eficiência do uso de blends proteicos em refeições como café da manhã, intermediários e também na ceia, última refeição antes de dormir, garantindo que os músculos sejam “alimentados” durante o período do sono.
Os blends mais eficientes presentes no mercado atual são compostos a base de whey protein e suas diferentes filtrações e processamentos, caseína e outros tipos de proteína como a de soja e a albumina proveniente do ovo. O whey protein é rapidamente absorvido entre 30 e 60 minutos. A soja e a albumina  são proteínas de absorção intermediária, entre 60 e 120 minutos. E a caseína é uma proteína de absorção lenta, requerendo entre três e cinco horas. Existem produtos que tem na sua composição os 3 tipos de whey protein (Whey Concentrado, Isolado e Hidrolisado), outros produtos que além dos 3 tipos de whey, tem também a albumina ( proteína do ovo), a caseína (outro tipo de proteína do leite) e alguns tem, além das proteínas de origem animal citadas acima, proteínas de origem vegetal, que é o caso da soja.

Postagens mais visitadas deste blog

Ainda dá tempo!

Bom dia, segunda! ☀️

Mais uma oportunidade de fazermos uma semana diferente!
Mais uma chance de recomeçar!
Quem não recomeça depois do tropeço, nunca chega lá!

Não desista! O ano ainda não acabou!
Dá sim pra gerar mudanças!
Dá sim pra terminar o ano bem melhor!
Confie em você! Comece agora!

Bora?! 🌿💚🍃

Última chamada!!!! Projeto verão 2019....

Vai chegando esta época do ano, começam as preocupações com as festas de final de ano, as férias, praia, verão! Pois é, para àqueles que não estão no seu projeto Verão 2019 desde o começo do ano, ainda é possível modificar muita coisa, seja nos hábitos alimentares, seja no seu corpo.

Conte com nossos Programas Exclusivos para chegar no verão com hábitos alimentares mais saudáveis e com mudanças expressivas em seu organismo.

Como todos os anos, iniciamos estas chamadas semanalmente para lembrar que no final do ano entramos em recesso dia 15/12 e retomamos nossas atividades na segunda semana de janeiro. Então não perca tempo e não faça da melhoria de hábitos alimentares, mais uma promessa de ano novo! Aproveite para agendar sua consulta e garanta seu Plano Alimentar para finalizar bem o ano e iniciar o ano novo com o pé direito!

Alimentos x Herpes

Um questionamento que faz parte da minha consulta é: “você tem herpes?” Muitas vezes isso gera estranheza! 🤔O que isso tem a ver com a alimentação? Muita coisa!! . . Por exemplo, a arginina, é um aminoácido que estimula a replicação do vírus e aumenta a frequência das crises. Alguns alimentos fonte de arginina: castanhas 🌰 aveia, granola, gérmen de trigo 🌾 amendoim 🥜 chocolate 🍫 coco 🥥milho 🌽 uva 🍇 trigo 🌾  MAS, a noz pecã e o pistache são nuts com uma menor quantidade de arginina. Então se você, assim como eu, possui o vírus e quer deixar ele quieto, mas adora a praticidade das castanhas, elas são as melhores opções! . Logicamente, se o consumo for pontual e sem excessos, você pode se dar bem com as castanhas e elas não serem gatilhos para crises! . . A lisina, que também é um aminoácido, ajuda a conter a replicação do vírus antes da lesão se manifestar na pele. A lisina é importante porque inibe a ação da arginina, evitando a replicação do vírus da herpes.  A lisina está p…