Pular para o conteúdo principal

Você sabe o que significa "grão integral"?


Os supermercados e lojas especializadas estão cheios de produtos que prometem "grãos integrais".

Mas você sabe o que exatamente significa "grão integral"?

Se não sabe, não se assuste: até agora ninguém sabia.

Ou, pelo menos, cada um diz o que acredita ser válido, o que torna virtualmente impossível comparar os produtos em termos de teores nutricionais e calóricos.

A situação ficou tão constrangedora que a União Europeia criou um grupo de pesquisas, intitulado Healthgrain (grãos saudáveis), cujo objetivo principal era criar uma definição científica e comercialmente válida de grão integral.

A proposta de definição finalmente saiu, e foi publicada na edição deste mês da revista científica Food and Nutrition Research.

"Os supermercados são abastecidos com alimentos que se originam de muitos países diferentes. Quando você lê '25% de farinha de grãos integrais' em uma etiqueta de um produto, a mesma afirmação em um produto diferente pode significar algo muito diferente nutricionalmente. Se o uso desta definição for amplamente adotado, esta inconsistência poderá ser eliminada," disse Jan-Willem van der Kamp, que chefiou a equipe de várias universidades e institutos europeus.

Definição de grão integral
Grãos integrais consistem do núcleo intacto, moído, quebrado ou esfarelado após a remoção das partes não comestíveis, como a vagem e a casca. Os principais componentes anatômicos - endosperma amiláceo, gérmen e farelo - estão presentes nas mesmas proporções relativas que ocorrem no núcleo intacto. Pequenas perdas de componentes - isto é, menos do que 2% do grão/10% do farelo - que ocorrem por meio de métodos de processamento coerentes com segurança e qualidade são permitidos.

Endosperma, gérmen e farelo

O termo grão integral, ou grão inteiro, normalmente indica a inclusão de todos os três componentes do grão de cereal - endosperma (a maior parte do grão, que fornece principalmente amido), gérmen (compreende apenas uma pequena parte do grão, que é onde a brotação começa) e farelo (a camada externa protetora do grão, que é rica em fibras alimentares).

O problema é que ainda não havia uma especificação que ditasse o percentual ou a combinação precisa desses três componentes, uma vez que as técnicas de processamento afetam o valor nutricional da farinha resultante.

A nova definição lida com estas questões, detalhando grãos de cereais e pseudo-cereais (tais como a quinoa e o amaranto) e estabelecendo diretrizes de processamento que levem em conta as práticas de moagem atuais.

Fonte: Diário da Saúde

Postagens mais visitadas deste blog

Protocolo de Limpeza Intestinal...

O Protocolo de Limpeza Intestinal, é um manejo nutricional para a Modulação Intestinal e seu objetivo é promover injúria bacteriana. Ou seja, morte das bactérias por falta de nutrientes. A falta de proteína durante os 3 dias iniciais gera injúria nas proteobactérias, que não conseguem se multiplicar, tratando a SIBO e disbiose.  É uma estratégia para equilibrar a microbiota intestinal criada pelo professor Murilo Pereira que colocou um propósito em cada alimento e suplemento incluído, lindo demais! Aprendemos na formação em Modulação Intestinal. Ela promove uma limpeza de intestino delgado e grosso, ao contrário do uso de laxantes por exemplo que limpa apenas o intestino grosso. O manejo nutricional dura 15 dias, sendo os 3 primeiros os mais importantes e com maior restrição. Nestes dias, além da alimentação, a suplementação para Modulação da microbiota vai variar de acordo com cada paciente, se ele tem Resistência á Insulina ou Síndrome do Ovário Policístico, Síndrome

Bom dia!

É gente, o tempo não está correndo, está voando...O FINAL DO ANO ESTÁ CHEGANDO!! Faltam 10 segundas-feiras para darmos bom dia para 2020 e mais que isso, nós vamos virar a década!! Está na hora de começar a fazer planos, revisões, reflexões, mudanças programadas pro próximo ano e por aí vai. Por que você não começa HOJE a se planejar e se preparar? E a fazer mudanças que podem acontecer ainda em 2019? Instalar pequenos hábitos saudáveis na sua rotina ou até mesmo fazer alguma mudança mais importante que estava programada desde o ano passado e ainda não saiu do papel? Então, vamos lá! Aproveite o início da semana para fazer recomeços ou novos começos!

Dia mundial do Diabetes...

O Diabetes é a mais comum das doenças não transmissíveis com elevada prevalência e incidência crescente. Atinge já cerca de 415 milhões de pessoas em todo o mundo. No Brasil, estima-se que em 2040 haja um aumento para 642 milhões de pessoas atingidas pela doença. O número de brasileiros diagnosticados com Diabetes cresceu 61.8% nos últimos 10 anos e atinge atualmente quase 13 milhões de brasileiros. Para conscientizar e lembrar sobre a importância da prevenção da doença, a Organização Mundial da Saúde criou o Dia Mundial da Diabetes, desde 1991. A data, 14 de novembro, foi escolhida por ser o aniversário de Frederick Banting, o médico que juntamente com o seu colega, Charles Best, conduziu as experiências que levaram à descoberta da Insulina em 1921. Hábitos saudáveis de vida e alimentação equilibrada são essenciais no tratamento e prevenção do Diabetes.  A Nutrição promove um controle não apenas glicêmico, mas restabelece o equilíbrio fisiológico, promovendo uma mel