Pular para o conteúdo principal

Seis tipos de chá que fazem muito bem para sua saúde...


1 - Chá preto

Representa cerca de 75% do consumo de chá em todo o mundo. É feito a partir de folhas da planta Camellia sinensis, que normalmente são laminados e fermentado, em seguida, secas e triturados. O chá preto tem um sabor ligeiramente amargo e contém o maior número de cafeína - cerca de 40 miligramas por copo. Por ter uma alta concentração de compostos antioxidantes conhecidos como theaflavins e tearubiginas, têm sido associado a menores níveis de colesterol. Uma pesquisa publicada em 2013 na revista “Annals of Epidemiology” apontou que quem bebe três ou mais xícaras de chá preto por dia pode reduzir o risco de derrame em 21%.

2 - Chá de camomila

Grande conhecida da maioria da população por sua função calmante e digestiva, a bebida também é recomendada contra inflamações e para o bem da pele. As possíveis propriedades medicinais, inclusive, são conhecidas desde o período Paleolítico, quando neandertais já faziam uso da planta, como revelou a Universidade de York, do Reino Unido.

3 - Chá verde

É chamado de verde porque as folhas da erva sofrem pouca oxidação durante o processamento, o que não acontece com as folhas do chá preto. Por isso, o sabor é mais delicado. Contém cerca de 25 miligramas de cafeína por xícara. A bebida é rica em compostos antioxidantes chamados catequinas; um subgrupo conhecido como EGCG pode afastar de tudo, desde câncer a doenças cardíacas, de acordo com um levantamento feito pelo Instituto Americano para Pesquisa do Câncer. O trabalho descobriu que cada xícara diária de chá verde consumido pode diminuir o risco de doença cardiovascular em 10%.

4 - Chá de Oolong

As folhas de Oolong dão origem a um produto semelhante ao chá preto, mas é fermentado por um tempo mais curto, o que lhe confere um sabor mais rico. Ele contém cerca de 30 miligramas de cafeína por xícara. A bebida pode ajudar na perda de peso, pois ativa uma enzima responsável pela dissolução de triglicérides. Estudos recentes chegaram a confirmar que as mulheres que beberam chá oolong queimavam um pouco mais de calorias durante um período de duas horas do que aqueles que beberam apenas água.

5 - Chá branco

As folhas são colhidas quando são muito jovens, então, o chá branco tem um sabor muito mais suave do que qualquer outro. O nível de cafeína também é bem menor: cerca de 15 miligramas por copo. A bebida também pode conter mais antioxidantes do que o chá em saquinhos, porque as folhas são menos processados. O chá branco oferece grandes benefícios cardiovasculares e de combate ao câncer. Além disso, um estudo publicado na revista Phytomedicine apontou que a bebida pode apresentar boa ação no combate à diabetes. Ela reflete uma tolerância à glicose e uma redução no colesterol LDL.

6 - Chá Vermelho Pu-erh

A bebida chinesa é tradicionalmente compactada e envelhecida por pelo menos alguns anos antes de ser consumida, sofrendo uma pós-fermentação que lhe dá um sabor mineral característico. Os principais benefícios que apresentam estão relacionados a propriedades digestivas. Isso é possível por meio de um duplo mecanismo: estimula as secreções gástricas, ao mesmo tempo em que favorece o funcionamento hepático. O chá também incide positivamente sobre o controlo de colesterol e triglicerídeos no sangue.

Fonte: O Globo

Postagens mais visitadas deste blog

Protocolo de Limpeza Intestinal...

O Protocolo de Limpeza Intestinal, é um manejo nutricional para a Modulação Intestinal e seu objetivo é promover injúria bacteriana. Ou seja, morte das bactérias por falta de nutrientes. A falta de proteína durante os 3 dias iniciais gera injúria nas proteobactérias, que não conseguem se multiplicar, tratando a SIBO e disbiose.  É uma estratégia para equilibrar a microbiota intestinal criada pelo professor Murilo Pereira que colocou um propósito em cada alimento e suplemento incluído, lindo demais! Aprendemos na formação em Modulação Intestinal. Ela promove uma limpeza de intestino delgado e grosso, ao contrário do uso de laxantes por exemplo que limpa apenas o intestino grosso. O manejo nutricional dura 15 dias, sendo os 3 primeiros os mais importantes e com maior restrição. Nestes dias, além da alimentação, a suplementação para Modulação da microbiota vai variar de acordo com cada paciente, se ele tem Resistência á Insulina ou Síndrome do Ovário Policístico, Síndrome

Bom dia!

É gente, o tempo não está correndo, está voando...O FINAL DO ANO ESTÁ CHEGANDO!! Faltam 10 segundas-feiras para darmos bom dia para 2020 e mais que isso, nós vamos virar a década!! Está na hora de começar a fazer planos, revisões, reflexões, mudanças programadas pro próximo ano e por aí vai. Por que você não começa HOJE a se planejar e se preparar? E a fazer mudanças que podem acontecer ainda em 2019? Instalar pequenos hábitos saudáveis na sua rotina ou até mesmo fazer alguma mudança mais importante que estava programada desde o ano passado e ainda não saiu do papel? Então, vamos lá! Aproveite o início da semana para fazer recomeços ou novos começos!

Dia mundial do Diabetes...

O Diabetes é a mais comum das doenças não transmissíveis com elevada prevalência e incidência crescente. Atinge já cerca de 415 milhões de pessoas em todo o mundo. No Brasil, estima-se que em 2040 haja um aumento para 642 milhões de pessoas atingidas pela doença. O número de brasileiros diagnosticados com Diabetes cresceu 61.8% nos últimos 10 anos e atinge atualmente quase 13 milhões de brasileiros. Para conscientizar e lembrar sobre a importância da prevenção da doença, a Organização Mundial da Saúde criou o Dia Mundial da Diabetes, desde 1991. A data, 14 de novembro, foi escolhida por ser o aniversário de Frederick Banting, o médico que juntamente com o seu colega, Charles Best, conduziu as experiências que levaram à descoberta da Insulina em 1921. Hábitos saudáveis de vida e alimentação equilibrada são essenciais no tratamento e prevenção do Diabetes.  A Nutrição promove um controle não apenas glicêmico, mas restabelece o equilíbrio fisiológico, promovendo uma mel