Pular para o conteúdo principal

10 dicas para manter o peso nas festas de fim de ano...


Você batalhou o ano todo para manter a boa forma. Evitou massas, refrigerantes, fez dietas, foi à academia, se exercitou perto de casa, bebeu muita água, fez tratamentos estéticos e manteve o olho na balança. Até então você fica super-focado em seus objetivos, seguindo tudo à risca... E como resistir se são tantas as comemorações, num curto período de tempo: amigo secreto, confraternização do trabalho, dos amigos da faculdade e as festas de final de ano com a família: a comilança começa dia 24 e se estende até o dia 27 ou 28 (é tanta comida, que sobra para os dias seguintes), e retomando no dia 31 e começando o ano no dia 01 de janeiro. Com a chegada de dezembro, vai colocar tudo a perder?

É aí que mora o perigo... O que seria mais uma promessa de que o ano seguinte seria diferente, você acaba perdendo o foco, e pior, ganhando aqueles quilinhos a mais, e uma alta estima lá no pé. Começa tudo de novo, todo ano a mesma coisa... Que tal fazer diferente?

- Especialistas em comportamento afirmam que para mudanças de hábito, é necessário que você repita tal atitude por pelo menos 15 vezes. E que um simples “escorregar” faz com que você perca todo esforço, pois temos a tendência de fazer o que é mais fácil e rápido. Em primeiro lugar, lembre-se de que este não é o último “dezembro” da sua vida. Será que vale à pena.

- Uma hora antes da ceia, que tal uma salada de frutas com granola, ou ainda 1 copo de suco de frutas? Não coma tudo o que estiver sendo servido de uma vez só. Faça seu prato com a quantidade necessária para sua satisfação. Lembre-se do dia seguinte.

- A sugestão para manter algumas preparações mais leves é sempre trocar os ingredientes: no lugar da maionese utilizar pasta de soja (o salpicão fica uma delícia) ou iogurte desnatado. Use e abuse também das ervas. Além de dar aquele sabor, você de quebra retira todos os realçadores de sabor, gorduras e toxinas do seu cardápio.

- Não abre mão da rabanada nas festas de final de ano? Que tal substituir o leite por leite de coco e assá-lo ao forno? Fica igualmente crocante...Finalize com canela e um pouco de açúcar demerara.

- Regra de ouro 1: evite as preparações fritas e empanadas, faça a opção pelas assadas e grelhadas. Comece também pelas saladas (principalmente os verdes escuros), assim você fica mais saciado, consegue driblar a gula, aquela fome devastadora e de quebra ajuda seu organismo na eliminação de toxinas.

- Regra de ouro 2: não abre mão da bebida alcóolica? Se quiser manter o corpinho em forma, reveze entre a bebida e a água... Evite o famoso “peso na consciência” e faça diferente! Pense no dia seguinte! E não esqueça: nada de dirigir!

- Não pule nenhuma refeição. Mesmo sabendo que vai ter uma festa à noite, tome seu café da manhã, almoce e faça seus lanchinhos da manhã e da tarde. Chegar com fome na festa é perdição na certa!

- Evite carnes gordurosas (tender, leitão, costela, etc.), frituras, salgadinhos, alimentos muito condimentados, embutidos, maionese, queijos gordos (gorgonzola, provolone, cheddar, etc), massas com creme ou molhos cremosos (prefira molhos à base de tomate), creme de leite, catupiry, chantilly, refrigerantes e bebidas alcoólicas em excesso.

- Hidrate-se! A falta de água no seu organismo, faz seu metabolismo ficar lento, o que torna a sua perda de peso mais difícil. Invista em água e outros líquidos como chás, sucos de frutas (naturais, nunca industrializados) e água de coco.

- No início do ano novo, retome as práticas alimentares saudáveis do dia a dia, ou seja, evite o consumo excessivo de gorduras e carboidratos simples (açúcar, doces, pão comum, batata, arroz branco), industrializados e aumente o consumo de alimentos como frutas, hortaliças, cereais integrais. Dê preferências para carnes magras, chás e líquidos O ideal é sempre manter uma rotina de alimentação balanceada e de exercícios físicos. O que engorda não é uma refeição cheia de excessos, mas, sim, a falta de rotina saudável!

Fonte: Liga da Saúde

Postagens mais visitadas deste blog

Ainda dá tempo!

Bom dia, segunda! ☀️

Mais uma oportunidade de fazermos uma semana diferente!
Mais uma chance de recomeçar!
Quem não recomeça depois do tropeço, nunca chega lá!

Não desista! O ano ainda não acabou!
Dá sim pra gerar mudanças!
Dá sim pra terminar o ano bem melhor!
Confie em você! Comece agora!

Bora?! 🌿💚🍃

Última chamada!!!! Projeto verão 2019....

Vai chegando esta época do ano, começam as preocupações com as festas de final de ano, as férias, praia, verão! Pois é, para àqueles que não estão no seu projeto Verão 2019 desde o começo do ano, ainda é possível modificar muita coisa, seja nos hábitos alimentares, seja no seu corpo.

Conte com nossos Programas Exclusivos para chegar no verão com hábitos alimentares mais saudáveis e com mudanças expressivas em seu organismo.

Como todos os anos, iniciamos estas chamadas semanalmente para lembrar que no final do ano entramos em recesso dia 15/12 e retomamos nossas atividades na segunda semana de janeiro. Então não perca tempo e não faça da melhoria de hábitos alimentares, mais uma promessa de ano novo! Aproveite para agendar sua consulta e garanta seu Plano Alimentar para finalizar bem o ano e iniciar o ano novo com o pé direito!

Alimentos x Herpes

Um questionamento que faz parte da minha consulta é: “você tem herpes?” Muitas vezes isso gera estranheza! 🤔O que isso tem a ver com a alimentação? Muita coisa!! . . Por exemplo, a arginina, é um aminoácido que estimula a replicação do vírus e aumenta a frequência das crises. Alguns alimentos fonte de arginina: castanhas 🌰 aveia, granola, gérmen de trigo 🌾 amendoim 🥜 chocolate 🍫 coco 🥥milho 🌽 uva 🍇 trigo 🌾  MAS, a noz pecã e o pistache são nuts com uma menor quantidade de arginina. Então se você, assim como eu, possui o vírus e quer deixar ele quieto, mas adora a praticidade das castanhas, elas são as melhores opções! . Logicamente, se o consumo for pontual e sem excessos, você pode se dar bem com as castanhas e elas não serem gatilhos para crises! . . A lisina, que também é um aminoácido, ajuda a conter a replicação do vírus antes da lesão se manifestar na pele. A lisina é importante porque inibe a ação da arginina, evitando a replicação do vírus da herpes.  A lisina está p…