Pular para o conteúdo principal

Refrigerantes podem causar puberdade precoce nas meninas....



Meninas que tomam muitas bebidas açucaradas - tipicamente refrigerantes - começam a menstruar mais cedo do que as meninas que consomem menos dessas bebidas.

Essa é a conclusão de um novo estudo feito por pesquisadores da Escola de Saúde Pública de Harvard (EUA) e publicado na revista Human Reproduction.

A equipe concluiu que o consumo de refrigerantes está de alguma forma ligado ao início da puberdade, embora os mecanismos de atuação ainda não estejam bem definidos - o dedo da suspeita aponta para a sacarose.

A associação entre grande ingestão de refrigerantes e menarca se manteve mesmo depois que os resultados levaram em conta o peso e a altura das meninas.

Puberdade precoce

As meninas geralmente entram na puberdade entre os 8 e 14 anos, embora algumas comecem mais cedo. Um estudo de 2010 mostrou que 10% das crianças brancas de 7 anos apresentaram o desenvolvimento das mamas consistente com o início da puberdade; o dobro do que em 1997.

A puberdade precoce pode ser psicologicamente traumática para as meninas se elas estiverem se desenvolvendo mais rápido do que suas colegas.

Há também alguns indícios preliminares associando a puberdade precoce com o aumento do risco de câncer de mama. No entanto, não há atualmente nenhuma evidência ligando o consumo de bebidas açucaradas na infância ao câncer de mama na vida adulta.

Refrigerantes e puberdade precoce

O que está levando ao início mais precoce da puberdade nas meninas ainda não é claro. Muitas das mudanças que as meninas experimentam na puberdade são impulsionadas pelo hormônio estrogênio. A exposição a xampus contendo estrogênio e outros produtos químicos que imitam os efeitos do hormônio - incluindo aqueles encontrados em alguns plásticos - têm sido responsabilizados.

Outros estudos suspeitam que o aumento das taxas de obesidade infantil seja o culpado, porque a gordura corporal pode produzir estrogênio.

O novo estudo constatou que meninas que bebem mais de 1,5 copo de bebida adocicada industrializada por dia começaram seus períodos 2,7 meses mais cedo, em média, do que as meninas que consumiram essas quantidades duas vezes por semana ou menos.

O resultado não se aplicou ao suco de frutas, que contém um açúcar chamado frutose, mantendo-se válido apenas para bebidas adoçadas com sacarose.

Fonte: Diário da Saúde

Postagens mais visitadas deste blog

Ainda dá tempo!

Bom dia, segunda! ☀️

Mais uma oportunidade de fazermos uma semana diferente!
Mais uma chance de recomeçar!
Quem não recomeça depois do tropeço, nunca chega lá!

Não desista! O ano ainda não acabou!
Dá sim pra gerar mudanças!
Dá sim pra terminar o ano bem melhor!
Confie em você! Comece agora!

Bora?! 🌿💚🍃

Última chamada!!!! Projeto verão 2019....

Vai chegando esta época do ano, começam as preocupações com as festas de final de ano, as férias, praia, verão! Pois é, para àqueles que não estão no seu projeto Verão 2019 desde o começo do ano, ainda é possível modificar muita coisa, seja nos hábitos alimentares, seja no seu corpo.

Conte com nossos Programas Exclusivos para chegar no verão com hábitos alimentares mais saudáveis e com mudanças expressivas em seu organismo.

Como todos os anos, iniciamos estas chamadas semanalmente para lembrar que no final do ano entramos em recesso dia 15/12 e retomamos nossas atividades na segunda semana de janeiro. Então não perca tempo e não faça da melhoria de hábitos alimentares, mais uma promessa de ano novo! Aproveite para agendar sua consulta e garanta seu Plano Alimentar para finalizar bem o ano e iniciar o ano novo com o pé direito!

Alimentos x Herpes

Um questionamento que faz parte da minha consulta é: “você tem herpes?” Muitas vezes isso gera estranheza! 🤔O que isso tem a ver com a alimentação? Muita coisa!! . . Por exemplo, a arginina, é um aminoácido que estimula a replicação do vírus e aumenta a frequência das crises. Alguns alimentos fonte de arginina: castanhas 🌰 aveia, granola, gérmen de trigo 🌾 amendoim 🥜 chocolate 🍫 coco 🥥milho 🌽 uva 🍇 trigo 🌾  MAS, a noz pecã e o pistache são nuts com uma menor quantidade de arginina. Então se você, assim como eu, possui o vírus e quer deixar ele quieto, mas adora a praticidade das castanhas, elas são as melhores opções! . Logicamente, se o consumo for pontual e sem excessos, você pode se dar bem com as castanhas e elas não serem gatilhos para crises! . . A lisina, que também é um aminoácido, ajuda a conter a replicação do vírus antes da lesão se manifestar na pele. A lisina é importante porque inibe a ação da arginina, evitando a replicação do vírus da herpes.  A lisina está p…