Pular para o conteúdo principal

Conheça 6 alimentos que ajudam a desinchar a barriga....

Matéria publicada no site M de Mulher com a nossa contribuição...


1 – COMER FRUTAS

Uma das frutas mais benéficas ao bom funcionamento do organismo é o mamão, pois possui as enzimas papaína e quimopapaína, responsáveis por quebrar as proteínas e evitar a constipação. Para eliminar o excesso de sódio do corpo, alimentos ricos em potássio como a banana são uma boa pedida. Outras frutas aliadas do sistema digestivo são o abacaxi, a melancia e o melão pela função diurética, que ajuda a combater a prisão de ventre, o inchaço, os gases, entre outros problemas. As frutas também ajudam a hidratar o corpo e eliminar as toxinas. Mas, além de consumi-las, é necessário ingerir bastante água, pelo menos 8 copos por dia. Na primeira semana, já é possível perceber a melhora.

2 – COMER VEGETAIS

Não basta ser colorido, o prato também deve conter os vegetais que auxiliam no bom funcionamento do estômago e do intestino. Abóbora, chuchu, berinjela, abobrinha, cenoura, pepino, tomate, couve flor e brócolis são excelentes opções. Folhas como alface, espinafre, repolho e couve também. 

3 – INCLUIR GRÃOS E SEMENTES NA DIETA

Grãos integrais e sementes, além de nutritivos, são ricos em antioxidantes e fibras que ajudam o intestino a funcionar melhor. Quinoa, aveia, farelo de trigo, linhaça, girassol, chia e gergelim fazem a diferença na dieta de quem sofre com o inchaço abdominal e são famosos, inclusive, por ajudarem no emagrecimento. Só há benefícios se incluídos corretamente na alimentação diária. Eles auxiliam não apenas no sistema digestivo e a afinar a silhueta, como têm função desintoxicante, combatem o colesterol ruim e melhoram a glicemia, além de fortalecerem os ossos, entre tantas outras vantagens.

4 – APOSTAR EM CHÁS E SUCOS

Chás como de hortelã e gengibre têm função anti-inflamatória e facilitam a digestão. Preparar a bebida, associando gengibre, cravo e canela também tem efeitos termogênicos, acelerando o metabolismo e aumentando a queima de calorias. O mesmo é aplicado para o chá de hibisco. Os chás são ótimas opções para tomar tanto no café da manhã, como após o almoço e antes de dormir. O melhor é que são produtos fáceis de encontrar em mercados e farmácias. Sucos detox também são alternativas eficientes. Misturar abacaxi, cenoura, gengibre, folhas verdes, hortelã e gelo, por exemplo, resultam numa bebida saudável e deliciosa.

5 – ATENÇÃO A PROTEÍNAS E CARBOIDRATOS

Vale lembrar que as carnes magras são mais adequadas para evitar o inchaço no abdômen, principalmente os peixes, que têm uma digestibilidade melhor. Também é aconselhável reduzir carboidratos como batata e mandioca, assim como os molhos. Lance mão de opções como azeite e limão para temperar as saladas. Eles são igualmente saborosos e mais saudáveis.

6 – MANTER UMA ROTINA EQUILIBRADA

Com a alimentação correta, as chances de se livrar do inchaço de vez são grandes. No entanto, é importante ressaltar que praticar exercícios e dormir bem são essenciais para ter a qualidade de vida desejada. O bem-estar é resultado de um conjunto harmonioso de fatores. A dieta adequada faz diferença, mas vale ter em mente esse conjunto.

Para acessar a matéria clique aqui

Postagens mais visitadas deste blog

Protocolo de Limpeza Intestinal...

O Protocolo de Limpeza Intestinal, é um manejo nutricional para a Modulação Intestinal e seu objetivo é promover injúria bacteriana. Ou seja, morte das bactérias por falta de nutrientes. A falta de proteína durante os 3 dias iniciais gera injúria nas proteobactérias, que não conseguem se multiplicar, tratando a SIBO e disbiose.  É uma estratégia para equilibrar a microbiota intestinal criada pelo professor Murilo Pereira que colocou um propósito em cada alimento e suplemento incluído, lindo demais! Aprendemos na formação em Modulação Intestinal. Ela promove uma limpeza de intestino delgado e grosso, ao contrário do uso de laxantes por exemplo que limpa apenas o intestino grosso. O manejo nutricional dura 15 dias, sendo os 3 primeiros os mais importantes e com maior restrição. Nestes dias, além da alimentação, a suplementação para Modulação da microbiota vai variar de acordo com cada paciente, se ele tem Resistência á Insulina ou Síndrome do Ovário Policístico, Síndrome

Bom dia!

É gente, o tempo não está correndo, está voando...O FINAL DO ANO ESTÁ CHEGANDO!! Faltam 10 segundas-feiras para darmos bom dia para 2020 e mais que isso, nós vamos virar a década!! Está na hora de começar a fazer planos, revisões, reflexões, mudanças programadas pro próximo ano e por aí vai. Por que você não começa HOJE a se planejar e se preparar? E a fazer mudanças que podem acontecer ainda em 2019? Instalar pequenos hábitos saudáveis na sua rotina ou até mesmo fazer alguma mudança mais importante que estava programada desde o ano passado e ainda não saiu do papel? Então, vamos lá! Aproveite o início da semana para fazer recomeços ou novos começos!

Dia mundial do Diabetes...

O Diabetes é a mais comum das doenças não transmissíveis com elevada prevalência e incidência crescente. Atinge já cerca de 415 milhões de pessoas em todo o mundo. No Brasil, estima-se que em 2040 haja um aumento para 642 milhões de pessoas atingidas pela doença. O número de brasileiros diagnosticados com Diabetes cresceu 61.8% nos últimos 10 anos e atinge atualmente quase 13 milhões de brasileiros. Para conscientizar e lembrar sobre a importância da prevenção da doença, a Organização Mundial da Saúde criou o Dia Mundial da Diabetes, desde 1991. A data, 14 de novembro, foi escolhida por ser o aniversário de Frederick Banting, o médico que juntamente com o seu colega, Charles Best, conduziu as experiências que levaram à descoberta da Insulina em 1921. Hábitos saudáveis de vida e alimentação equilibrada são essenciais no tratamento e prevenção do Diabetes.  A Nutrição promove um controle não apenas glicêmico, mas restabelece o equilíbrio fisiológico, promovendo uma mel