Pular para o conteúdo principal

Resíduos do café têm poderosos efeitos antioxidantes....



A casca prateada do café - a epiderme do grão de café - é removida durante o processamento, depois de os grãos terem sido secos. Igualmente, a borra de café é normalmente descartada tão logo o café esteja coado.

Tradicionalmente se considera que estes subprodutos teriam poucos usos e aplicações práticas.

Algumas vezes, a borra de café é utilizada como esfoliante de pele caseiro, como produto de limpeza abrasivo ou como agente de compostagem para fertilizar certas plantas.

No entanto, José Ángel Rufian Henares, da Universidade de Granada (Espanha) descobriu agora que esses subprodutos do café poderiam ser reciclados com finalidades bem mais nobres: para fins nutricionais humanos.

Antioxidantes e antimicrobianas

Henares demonstrou que os dois resíduos do café têm fortes propriedades antioxidantes e antimicrobianas, sendo ricos em fibras e fenóis.

Na verdade, os dados indicam que os efeitos antioxidantes da borra de café são 500 vezes maiores do que os apresentados pela vitamina C, o que significa que o material poderia ser utilizado para criar alimentos funcionais com benefícios significativos para a saúde.

"[Os resíduos do café] também contêm níveis elevados de melanoidinas, que são produzidas durante o processo de torrefação do café e lhe dão sua cor castanha. As propriedades biológicas dessas melanoidinas podem ser aproveitadas para uma variedade de aplicações práticas, tais como a prevenção de agentes patogênicos prejudiciais em produtos alimentares," disse Henares.

Melanoidinas

Mas há um desafio a vencer para o aproveitamento prático das propriedades benéficas dos subprodutos do café: é necessário separar as fibras e fenóis das melanoidinas, para que elas não se anulem.

"Se quisermos aproveitar os efeitos probióticos benéficos dos subprodutos do café, primeiro de tudo precisamos remover os melanoidinas, uma vez que elas interferem com essas propriedades probióticas benéficas," explicou o professor Henares.

Fonte: Diário da Saúde

Postagens mais visitadas deste blog

Protocolo de Limpeza Intestinal...

O Protocolo de Limpeza Intestinal, é um manejo nutricional para a Modulação Intestinal e seu objetivo é promover injúria bacteriana. Ou seja, morte das bactérias por falta de nutrientes. A falta de proteína durante os 3 dias iniciais gera injúria nas proteobactérias, que não conseguem se multiplicar, tratando a SIBO e disbiose.  É uma estratégia para equilibrar a microbiota intestinal criada pelo professor Murilo Pereira que colocou um propósito em cada alimento e suplemento incluído, lindo demais! Aprendemos na formação em Modulação Intestinal. Ela promove uma limpeza de intestino delgado e grosso, ao contrário do uso de laxantes por exemplo que limpa apenas o intestino grosso. O manejo nutricional dura 15 dias, sendo os 3 primeiros os mais importantes e com maior restrição. Nestes dias, além da alimentação, a suplementação para Modulação da microbiota vai variar de acordo com cada paciente, se ele tem Resistência á Insulina ou Síndrome do Ovário Policístico, Síndrome

Bom dia!

É gente, o tempo não está correndo, está voando...O FINAL DO ANO ESTÁ CHEGANDO!! Faltam 10 segundas-feiras para darmos bom dia para 2020 e mais que isso, nós vamos virar a década!! Está na hora de começar a fazer planos, revisões, reflexões, mudanças programadas pro próximo ano e por aí vai. Por que você não começa HOJE a se planejar e se preparar? E a fazer mudanças que podem acontecer ainda em 2019? Instalar pequenos hábitos saudáveis na sua rotina ou até mesmo fazer alguma mudança mais importante que estava programada desde o ano passado e ainda não saiu do papel? Então, vamos lá! Aproveite o início da semana para fazer recomeços ou novos começos!

Dia mundial do Diabetes...

O Diabetes é a mais comum das doenças não transmissíveis com elevada prevalência e incidência crescente. Atinge já cerca de 415 milhões de pessoas em todo o mundo. No Brasil, estima-se que em 2040 haja um aumento para 642 milhões de pessoas atingidas pela doença. O número de brasileiros diagnosticados com Diabetes cresceu 61.8% nos últimos 10 anos e atinge atualmente quase 13 milhões de brasileiros. Para conscientizar e lembrar sobre a importância da prevenção da doença, a Organização Mundial da Saúde criou o Dia Mundial da Diabetes, desde 1991. A data, 14 de novembro, foi escolhida por ser o aniversário de Frederick Banting, o médico que juntamente com o seu colega, Charles Best, conduziu as experiências que levaram à descoberta da Insulina em 1921. Hábitos saudáveis de vida e alimentação equilibrada são essenciais no tratamento e prevenção do Diabetes.  A Nutrição promove um controle não apenas glicêmico, mas restabelece o equilíbrio fisiológico, promovendo uma mel