6 de julho de 2015

Resveratrol converte gordura ruim em gordura boa....



Novos experimentos confirmam que um composto presente em uvas e em grande número de frutas converte o excesso de gordura branca em gordura bege, que queima as calorias, em vez de acumulá-las.

O composto pesquisado é o resveratrol, um polifenol, ou antioxidante, encontrado na maioria das frutas e no vinho tinto.

Muitos estudos têm sido realizados sobre os efeitos do resveratrol no controle da obesidade e em melhores dietas alimentares.

Contudo, muitos deles usam concentrações de resveratrol muito grandes, muito mais do que um ser humano poderia consumir em uma dieta normal.

Min Du e Songbo Wang, da Universidade do Estado de Washington (EUA), alimentaram suas cobaias com uma dieta rica em gordura e lhes deram adicionais razoáveis do antioxidante.

Aqueles que receberam um adicional de resveratrol em quantidades equivalentes ao ingerido por humanos em 330 gramas de fruta por dia ganharam cerca de 40% menos peso do que os animais que não receberam o resveratrol.

Gordura bege

Segundo a dupla, uma dieta contendo 0,1% de resveratrol é suficiente para começar a converter o excesso de gordura branca em gordura bege, que queima energia.

"Os polifenóis das frutas, incluindo o resveratrol, aumentam a expressão de genes que aumentam a oxidação de gorduras alimentares para que o corpo não fique sobrecarregado," escreveram os pesquisadores.

"Eles convertem a gordura branca em gordura bege, que queima lipídios, transformando-os em calor, ajudando a manter o corpo em equilíbrio e prevenindo a obesidade e a disfunção metabólica," concluíram.

O estudo também demonstrou que uma enzima chamada AMPK, que regula o metabolismo energético do corpo, estimula essa transformação de gordura branca em gordura bege.

Fonte: Diário da Saúde