Pular para o conteúdo principal

Comer carne ou vegetais gera mesma sensação de saciedade....



Muitas pessoas que já conhecem os inconvenientes à saúde de comer carne defendem seu hábito com o argumento de que não se sentem saciados apenas com vegetais.

Mas esse argumento está sendo questionado por um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Minnesota (EUA), que compararam o efeito de saciedade produzido por comidas à base de grãos e à base de carne.

Para maior rigor, a equipe preparou o mesmo tipo de alimento, uma espécie de hambúrguer assado, que tinha a mesma aparência e tempero, embora alguns deles tenham sido feitos com a receita tradicional de carne, e outros apenas com grãos.

O bife de carne continha 26 gramas de proteínas e três gramas de fibras, enquanto o bife vegetal tinha 17 gramas de proteínas e 12 gramas de fibras - peso, calorias e gorduras totais eram idênticas nas duas versões.

O resultado é que os participantes não apresentaram nenhuma diferença no apetite ao longo das três horas seguintes à refeição. Além disso, todos consumiram a mesma quantidade média de calorias na próxima refeição em comparação com suas refeições normais.

Em resumo, dizem os pesquisadores, comer carne e ingerir mais proteínas não faz você se sentir mais saciado. E inúmeros nutricionistas concordam que a dieta ocidental inclui um excesso de proteínas.

Nutrientes e saciedade

As proteínas são consideradas o nutriente principal na indução da sensação de saciedade, com as fibras vindo próximas em segundo lugar.

Enquanto a ingestão de proteínas atua suprimindo hormônios ligados ao apetite, os efeitos benéficos das fibras sobre o apetite incluem o retardamento do processo de digestão e a manutenção dos níveis de açúcar no sangue de forma a aumentar a sensação de saciedade por mais tempo.

Os resultados deste comparativo dão sustentação à ideia de que as proteínas de origem vegetal, com alto teor de fibras, podem oferecer uma regulação do apetite similar à das proteínas animais.

O estudo foi publicado no Journal of Food Science.

Fonte: Diário da Saúde

Postagens mais visitadas deste blog

Bolinhas de amêndoas e leite de coco em pó...

1 xícara de pasta de castanhas 🌰 ou pasta de amendoim 🥜
Leite de coco 🥥 em pó (comprei na @biomundogoiania )
Xilitol para adoçar (opcional)

MODO DE PREPARO 👩🏼‍🍳

Coloque a pasta de castanhas num recipiente e vá acrescentando o leite de coco 🥥 em pó até dar consistência para enrolar. Eu usei 2 colheres 🥄de servir, mas esta quantidade vai variar de acordo com a umidade da pasta que você utilizar. Eu não acrescentei o xilitol, mas se quiser mais doce, manda ver!
Faça as bolinhas e passe no coco ralado, nibs de cacau, leite de coco em pó, cacau etc. Sirva gelado! Maravilhoso ☺️😋

Sorbet de frutas congeladas....

Esse calor de matar pede um sorvete !
Que tal fazer em casa uma versão saudável pra matar a vontade? Claro que um sorvete cheio de açúcar tem seu lugar e hora! Kkk Mas é preciso também ter estratégias para ter este prazer com mais frequência, por que não? .
Tenha sempre frutas congeladas! Este aí fiz de banana  e morango  e nada mais! Congele a banana bem madura, assim vai estar mais adocicada! Bata no liquidificador ou processador até ficar homogêneo. Aproveite!

Mindfulness....

Nossa mente é cheia de distrações. Estamos trabalhando e do nada começamos a pensar na lista do supermercado, que amanhã vence o condomínio e não esquecemos de dar aquela conferida no celular para não perder nenhuma notificação.
Focar a atenção em apenas uma tarefa é um desafio e a meditação mindfulness pode ser a resposta para se manter presente. 
A meditação mindfulness (atenção plena) tem como objetivo aumentar a calma e o relaxamento, melhorar o equilíbrio psicológico, a saúde e o bem-estar geral.
A prática, através da atenção plena na respiração, no corpo e no momento imediato aumenta a percepção das experiências que ocorrem no presente. 
A prática da meditação, seja qual for a técnica, desenvolve a habilidade de nos adaptarmos ao estresse, chamada de resiliência. Ser resiliente não significa não experimentar dificuldades, mas desenvolver a sua própria capacidade para voltar ao estado de homeostase apesar das dificuldades.
Dê uma chance para a meditação! Crie consciência no prese…