31 de dezembro de 2008

FELIZ 2009 !!!!!!!

PROPRIEDADES ANTI-CANCERÍGENAS DO AZEITE DE OLIVA EXTRA-VIRGEM.....


Azeite extra-virgem de boa qualidade (aquele extraído por prensagem, sem adição de calor e angentes químicos de tratamento) contém fitoquímicos que levam à morte das células cancerígenas e decorrência da supressão do gene HER2. Esta é a conclusão de uma pesquisa publicada no BMC Cancer. Os autores do estudo advertem porém que as dosagens utilizadas no estudo não são usuais na dieta humana, que deve ser complementada com outros bons hábitos como maior consumo de frutas e verduras, baixo consumo de bebidas alcoólicas e prática regular de atividade física.
Para saber mais:
Javier A Menendez, Alejandro Vazquez-Martin, Rocio Garcia-Villalba, Alegria Carrasco-Pancorbo, Cristina Oliveras-Ferraros, Alberto Fernandez-Gutierrez and Antonio Segura-Carretero. Anti-HER2 (erbB-2) oncogene effects of phenolic compounds directly isolated from commercial Extra-Virgin Olive Oil (EVOO). BMC Cancer (in press).

17 de dezembro de 2008

ADROPINA, NOVO PEPTÍDEO DESCOBERTO......

Após o consumo de alimentos gordurosos, substâncias são produzidas para digerir, metabolizar e controlar os mecanismos de fome-saciedade. Em dezembro, foi divulgado um estudo no qual uma nova proteína, produzida no fígado foi descoberta. A pesquisa publicada na edição deste mês do Cell Metabolism, sugere que a adropina regula a homeostasia energética e o metabolismo lipídico.
A proteína parece ter também algum papel na resposta à insulina e previne o acúmulo de gordura no fígado, problema conhecido como esteatose hepática. Parece também que indivíduos obesos não produzem adropina normalmente. Em ratos, o estudo mostrou que o fornecimento de adropina sintética pode reverter algumas das consequências negativas da obesidade. A proteína também é produzida no cérebro, mostrando que existe uma relação entre a proteína, a dieta, e o metabolismo.
Como ainda não se sabem os mecanismos pelos quais a adropina funciona e suas exatas ações hormonais, esta provavelmente será uma das novas linhas de pesquisa sobre medicamentos para o tratamento da obesidade.

NUTRICIONISTA OU NUTRÓLOGO....

Navegando na internet encontramos milhares de informações sobre emagrecimento, dietas milagrosas, suplementos que prometem perda de gordura e campanhas de produtos sem evidências científicas claras. Recebo também muitas mensagens além de visitas ao consultório de pessoas que utilizaram produtos ou se engajaram em alguma dieta "nova"e desenvolveram problemas intestinais, deficiências de ferro ou não atingiram suas metas de forma satisfatória. É também comum receber pessoas que após gastarem muito com shakes, vitaminas, suplementos esportivos aparecem no consultório para aconselhamento.
O interessante é que o rótulo de todos estes produtos indica a consulta com um nutricionista antes da aquisição de tais produtos. Um nutricionista vai sempre buscar uma individualização. Você não é igual a todos e o que é bom para um colega pode não servir para você. E o nutricionista é o único profissional de saúde habilitado a prescrever dietas visto que tem formação em dietética, bromatologia, dietoterapia. Nem o médico (de nenhuma especialidade, nem endocrinologista, nem nutrólogo) ocupam esta função. Entre no site de qualquer faculdade de medicina e observe a grade curricular: não existem disciplinas de nutrição!
Um nutrólogo tem sim um conhecimento de nutrição maior do que outros médicos porém seu curso de 1 ou 2 anos que não se equipara à formação de 4 ou 5 anos do nutricionista. Agora não vá pedir um remedinho para emagrecer ao seu nutricionista: assim como médico não prescreve dieta, nutricionista não prescreve medicamentos!

12 de dezembro de 2008

CONSUMO MODERADO DE VINHO TRAZ BENEFÍCIOS AO CORAÇÃO....


O consumo moderado de álcool está associado a uma maior concentração de ômega-3 no plasma e nas hemácias. Este foi o principal achado do estudo europeu IMMIDIET que será publicado em janeiro no American Journal of Clinical Nutrition. O estudo também sugere que o vinho tem um melhor resultado quando comparado às outras bebidas alcoólicas. O efeito é atribuido aos compostos presentes na uva, os polifenóis (epicatequina, epigalocatequina, luteína, procianidina, lupel, ácido gálico etc).
Durante a pesquisa 1604 indivíduos ingleses, belgas e italianos foram acompanhados. O ômega-3 é derivado principalmente dos peixes sendo considerado um protetor contra doenças cardiovasculares. Parece que o consumo moderado de vinho (1 taça ao dia para mulheres e duas para homens) influencia favoravelmente o metabolismo deste ácido graxo independentemente do consumo de peixes.
Para saber mais visite o site oficial do projeto:

DEFICIÊNCIA DE VITAMINA D PODE CAUSAR PROBLEMAS CARDÍACOS.....



A deficiência de vitamina D, tradicionalmente associada com problemas ósseos e musculares, também pode aumentar o risco de doenças cardiovasculares. Evidências atuais ligam os baixos níveis de 25-hidroxivitamina D com hipertensão, obesidade, diabetes, ataque cardíaco e derrame. Isto porque os baixos níveis da vitamina ativam o sistema renina-angiotensina-aldosterona e os predispõem a hipertensão e estreitamento de artérias e veias. A deficiência também altera níveis hormonais e a função imune.
No artigo publicado no dia 9/12/2008 no Journal of the American College of Cardiology, os autores recomendam suplementos de vitamina D, principalmente aos pacientes em risco para estas doenças. A deficiência de vitamina D é identificada quando os níveis caem abaixo de 20ng/ml.

5 de dezembro de 2008

FAST FOOD PODE AUMENTAR RISCO DE ALZHEIMER....



O alzheimer é a forma mais comum de demência e as causas permanecem não determinadas. As hipóteses mais comuns incluem herança genética, devido a disfunções na produção da apolipoproteína E, uma das envolvidas no transporte do colesterol. O gene variante (apoE4) é encontrado em 15 a 20% da população porém, existe também uma influência ambiental no desenvolvimento da doença. Acaba de ser divulgado um estudo, no qual camundongos alimentados com dieta rica em gordura, açúcar e colesterol por 9 meses desenvolveram irregularidades mórbidas encontradas em pacientes em estágio inicial da doença de Alzheimer.
Os resultados fazem parte da tese de doutorado de Susanne Akterin. Ao examinar o cérebro dos animais observou-se um aumento de grupos fosfato, que formam placas neuríticas que impedem o funcionamento normal do cérebro. A pesquisadora também relatou fortes indicações de que o colesterol alimentar (presente principalmente nas carnes) reduz outra substância do cérebro, a proteína Arc, envolvida no armazenamento das lembranças e importante para a manutenção da memória. Outras pesquisas já haviam mostrado que o estresse oxidativo no cérebro e um baixo consumo de antioxidantes também aumentaria o risco de Alzheimer. A Dra. Susanne Akterin demonstrou em sua tese que o cérebro destes pacientes realmente tem um desequilíbrio de substâncias protetoras.
Tese: From cholesterol to oxidative stress in Alzheimer's disease: A wide perspective on a multifactorial disease, Susanne Akterin, Department of Neurobiology, Care Sciences and Society, KI Alzheimer's Disease Research Center, Karolinska Institutet. Disponível em http://diss.kib.ki.se/2008/978-91-7409-172-4/

MERCOSUL APROVA ESTRATÉGIAS PARA SEGURANÇA ALIMENTAR...


De acordo com o CGPAN, os ministros da saúde do Mercosul aprovaram o acordo de implantação de estratégias para a segurança alimentar e nutricional. A finalidade do acordo é apoiar as seguintes ações:
- Estímulo às ações inter-setoriais com vistas ao acesso universal aos alimentos;
- Garantia da segurança e da qualidade dos alimentos e serviços de alimentação e nutrição;
- Promovendo o trabalho setorial e inter-setorial com as instâncias pertinentes;
- Monitoramento da situação alimentar e nutricional;
- Promoção de práticas alimentares saudáveis;
- Prevenção e controle dos distúrbios nutricionais e doenças associadas à alimentação e nutrição;
- Desenvolvimento de linhas de estudo e pesquisa em alimentação e nutrição;
- Capacitação de recursos humanos para qualificar os sistemas nacionais de saúde.

1 de dezembro de 2008

NOVA SEÇÃO - GÔNDOLA SAUDÁVEL....


Olá pessoal, eu sou contra indicar marcas de alimentos, leites, iogurtes, para não influenciar meus pacientes a consumir determinadas marcas em detrimento de outras. Até porque nem todos estão dispostos ou tem condições de desenbolsar determinados valores com produtos light, funcionais, etc....

Mas o que verifico na prática é a necessidade que todos tem dessa informação, pois muitas vezes com o corre-corre da rotina, as pessoas entram no supermercado e já vão automaticamente nas prateleiras onde se encontram o que eles precisam, e nunca sobra tempo pra ficar ali admirando a prateleira dos iogurtes e saber quais são as novidades, ou ficar perdido entre rótulos pesquisando qual alimento tem maior teor de fibras em sua composição. É claro, que esta seria a atitude correta, porém a falta de tempo não nos permite desempenhar este papel.

Tendo em vista esta necessidade, estou dando início a esta seção a pedido de meus pacientes, para semanalmente indicar alguns produtos que acho interessantes e que valem a pena serem indicados tanto pela sua composição, funcionalidade e praticidade.

E acho até que através destas indicações, desperte o interesse pelo cuidado com a saúde, que se inicia pela escolha dos alimentos que estaremos consumindo e oferecendo à nossa família.

Espero que esta ferramenta seja útil tanto a meus pacientes quanto aos leitores deste blog !!!!

Lembrem-se: Você é o que Você Come !!!!