26 de junho de 2014

Ameixa é aliada da dieta e controla a fome, diz estudo...



Um punhado de ameixas secas, duas vezes por dia, pode ajudar a segurar a sua fome. De acordo com um novo estudo, o alimento tem o poder e saciar e, por isso, seria um bom aliado para quem está de dieta. As informações são do site do jornal britânico Daily Mail.

Pesquisadores da Liverpool University monitoraram o peso e o apetite de 100 homens e mulheres com sobrepeso e obesos, que receberam conselhos sobre dieta. Metade deles recebeu ameixas.

Aos homens, foi solicitado que comecem 170 gramas do alimento por dia – cerca de 15 unidades – e, às mulheres, que ingerissem 140 gramas, o que equivale a aproximadamente uma dúzia.

A alta concentração de açúcar na fruta faz com que, geralmente, as recomendações sobre a ingestão diária gire em torno de apenas 30 gramas do alimento.

Ambos os grupos perderam quase dois quilos e aproximadamente três centímetros na cintura ao longo de três meses. Além disso, os participantes se sentiram mais satisfeitos – provavelmente por conta da grande quantidade de fibras presente na fruta.

O pesquisador Jason Halford disse o poder de suprimir o apetite da ameixa supera o fato de ser rica em açúcar. Ele acredita que outros tipos de frutas secas, como uvas passas, podem ter os mesmos efeitos benéficos.

Outros benefícios associados às frutas secas é que são fáceis de carregar e, por isso, tornam mais fácil atingir a recomendação diária de se comer cinco porções de frutas por dia. 

Fonte: Terra

24 de junho de 2014

A Importância dos Fitonutrientes....



Frutas e vegetais são excelentes fonte de vitaminas, fibras e minerais essenciais para a saúde. Mas não é “só” isso. Esses alimentos são ricos também em fitonutrientes! A grande maioria dessa classe de nutrientes é antioxidante, sendo excelente para melhorar a imunidade, evitar o envelhecimento precoce e doenças do coração, e sendo uma super arma contra o câncer.

Para se beneficiar dos fitonutrientes, sua alimentação deve conter uma grande variedade de frutas e vegetais. As pílulas vitamínicas não são tão eficientes quanto o alimento em si, por isso, pense nos pratos mais coloridos possíveis. O recomendado é que que nossa alimentação contenha de 8 a 12 porções de frutas e vegetais por dia, sendo uma porção considerada: 1/2 xícara de vegetais cozidos, 1 xícara de vegetais crus, 180ml de suco vegetal, 1 maçã média, 1/2 xícara de fruta picada, ou 1 xícara de frutas vermelhas.

A principal dica é olhar para sua alimentação hoje (você provavelmente não ingere a quantidade adequada de fitonutrientes) e se planejar para ir acrescentando novas porções de frutas e vegetais diariamente, até atingir de 8 a 12 porções!


22 de junho de 2014

Mel é mesmo mais saudável que açúcar? Entenda...



Já parou para pensar se o mel é mesmo mais saudável do que o açúcar como dizem por aí? Pois segundo Keith Kantor, nutricionista e autor do livro voltado para crianças The Green Box League of Nutritious Justice (A Caixa Verde da Liga da Justiça Nutritiva, em tradução literal), o doce ganha sim mais pontos diante da versão do açúcar que conhecemos. "Açúcar é açúcar e o mel é, em sua maior parte, açúcar", disse ao site The Huffington Post.

O especialista explica que o corpo transforma estes alimentos em glicose para usá-los como combustível e, quanto mais complexo for para o organismo chegar a esta substância, mais energia é necessária. O açúcar, por exemplo, é formado de 50% de glucose e 50% de frutose, substância muito fácil de ser quebrada, por isso a quantidade que o corpo não usa logo após a ingestão, nem no processamento, acaba sendo armazenado em forma de gordura. Por isso, doces engordam.

Outro benefício do mel é que ele é rico em oligoelementos, minerais encontrados no néctar das plantas das quais as abelhas se alimentam. Dependendo da região, é possível encontrar zinco, selênio e diversos tipos de vitaminas no doce.Já o mel é feito de 30% de glicose, menos de 40% de frutose e cerca de 20% de outros tipos de açúcares. Estes últimos fazem toda a diferença, já que são mais complexos e exigem do corpo mais energia para quebrá-los. Para fazer isso, o organismo usa mais calorias, o que diminui o excesso de glicose que é armazenado em forma de gordura.

No entanto, por ser um alimento a base de açúcar, pode fazer mal devido ao excesso, mas caso seja impossível ficar longe de um doce, prefira sempre o mel.

Fonte: Terra

18 de junho de 2014

Descoberto como chá verde atua contra o câncer...


Há muito tempo se conhecem os benefícios do chá verde, incluindo a proteção contra o câncer e até a destruição direta de tumores na pele.

Por isso, os cientistas têm-se esforçado para tentar desvendar os mecanismos fisiológicos pelos quais ochá verde e seus extratos atuam naredução do risco de câncer ou retardando o crescimento das células cancerosas.

Wai-Nang Lee, do Instituto de Pesquisas Biomédicas de Los Angeles(EUA), afirma agora ter encontrado uma explicação que, segundo ele, pode abrir uma nova área de pesquisas contra o câncer.

"Esta é uma maneira inteiramente nova de olhar para o metabolismo," disse o Dr. Lee. "Não é mais um caso deglicose que entra e energia que sai. Agora nós entendemos como o metabolismo das células de câncer pode ser interrompido, e podemos estudar como usar esse conhecimento para tentar alterar o curso do câncer ou prevenir o câncer."

Controle metabólico

A equipe descobriu como o EGCG (epigalocatequina galato), o componente biológico ativo do chá verde, altera o metabolismo das células cancerosas.

O mecanismo opera através da supressão da expressão de uma enzima que já se sabia estar associada com o câncer, chamada LDHA.

Ainda mais importante, os experimentos revelaram um inibidor da enzima, o oxamato, que é conhecido por reduzir a atividade da LDHA, operando da mesma maneira: ele também destrói o sistema metabólico das células de câncer - o estudo em tumores do câncer do pâncreas.

"Ao explicar como o componente ativo do chá verde pode prevenir o câncer, este estudo irá abrir as portas para toda uma nova área de investigação do câncer e nos ajudar a compreender como outros alimentos podem prevenir ou retardar o crescimento de células cancerosas," completou Lee.

Fonte: Diário da Saúde

10 de junho de 2014

24 maneiras de acelerar o metabolismo...



1. Faça exercícios cardiovasculares
Eles são cruciais para manter seu metabolismo funcionando sem problemas. Em um estudo, os pesqusiadores descobriram que depois de um circuito puxado de 45 minutos de bicicleta, os atletas gastaram 190 calorias a mais durante as 14 horas de repouso logo após o exercício. De acordo com David Nieman, autor da pesquisa e professor da Appalachian State University, "se você fizer semanalmente só dois ou três sessões de 45 minutos mais puxadas, consegue perder cerca de dois quilos de gordura a cada 15 dias, só com a combinação de gasto calórico durante o exercício e durante o repouso".

2. Não pule o café da manhã
Depois de uma noite inteira de jejum, seu corpo precisa encher o tanque. Pular o café da manhã pode frear a habilidade do seu corpo queimar gordura, porque precisa conservar energia. Certifique-se de comer um café da manhã saudável até uma hora depois de acordar para manter o metabolismo acelerado. 

3. Programe os exercícios
A queima de gordura por meio dos exercícios não acontece só porque você está gastando energia — na verdade, eles podem mudam o DNA para dar um up no seu metabolismo imediatamente. Os experts recomendam até uma hora de sessão para ver essa mudança no código genético, então siga firme e programe os exercícios ao longo da semana para garantir que você não pulará nenhum.

4. Não pule refeições
Você pode achar que pular o jantar significará uma cintura mais fina, mas tem exatamente o efeito oposto. Pular refeições pode fazer o corpo pensar que não está recebendo comida suficiente, segurando calorias extra cada vez que é alimentado. Manter os níveis de açúcar consistentes vai deixar o metabolismo funcionando direito, então coma todas as seis refeições diárias para deixar a fome longe.

5. Desestresse
Stress pode ter outros efeitos, além dos já conhecidos - pode, inclusive, frear o seu organismo. O cortisol, hormônio que controla o stress, é o culpado: quando os níveis estão muito elevados, inibe a habilidade do seu corpo queimar gordura. Tire alguns momentos para respirar fundo ou adote uma sequência de yoga.

6. Queime calorias em repouso
O tempo para fazer exercícios está curto? Ainda dá para encaixar pelo menos o suficiente para queimar cerca de 200 calorias. Um estudo recente sugere que um período curto de exercício intenso (2,5 minutos são suficientes) podem mandar embora 200 calorias ao longo do dia, mesmo em repouso. Ou seja: sem desculpas para ficar no sofá, já que qualquer coisinha é melhor que nada.

7. Faça um lanchinho antes de dormir
Não é brincadeira. Comer alguma coisa light, entre 100 e 200 calorias, antes de ir para a cama pode acelerar o metabolismo. Comendo antes de deitar, você continua queimando calorias.

8. Coma alimentos integrais
Cheios de fibras, os cereais integrais ocupam mais espaço na sua barriga (em comparação a outras comidas com o mesmo tanto de calorias) e deixam menos espaço para repetir o prato. Também dão mais trabalho apra mastigar, aumentando o efeito térmico da comida — as calorias gastas mastigando e digerindo qualquer tipo de comida. Inclua arroz interal, quinua e aveia na sua dieta.

9.Acrescente intervalos
Se você pula na esteira e mantém o mesmo ritmo durante meia hora, todos os dias, pode não estar aproveitando seu tempo tão bem quanto poderia. Colocar intervalos de alta intensidade nos exercícios cardiovasculares vai ajudar a queimar mais caloriar a cada sessão.

10. Polvilhe pimenta
Pimenta Caiena é conhecida pelo sabor intenso e poderes medicinais, mas o tempero também pode dar um up no metabolismo, porque aumenta a temperatura corporal. Não se preocupe: não precisa cobrir toda a comida com um monte de ardência! Uma pitada é suficiente.

11. Faça musculação
Músculos são pura fonte de queima de gordura. Portanto, não negligencie a musculação: almeje 120 minutos de sessões de treinamento de força por semana. 

12. Permita-se indulgências com chocolate amargo
O chocolate mais escuro é uma sobremesa mais saudável por diversas razões, e o potencial de impulsionar o metabolismo é um deles. Chocolate amargo inclui dois ingredientes que são conhecidos por essa habilidade: cafeína e o antioxidante catequina. Apenas certifique-se de ficar em um quadradinho por dia, para que o açúcar e as calorias não pesem mais que o potencial de queima de gordura.

13. Use canela
Como tempero, é fácil adicioná-la a diversas comidas e uma maneira deliciosa de incentivar o organismo a trabalhar melhor. Polvile um pouco sobre uma torrorrada integral, na banana com aveia ou até mesmo (por que não?) na sopa.

14. Beba mais água
Não beber água suficiente pode trazer fadiga e indisposição, o que já é razão suficiente para manter uma garrafinha sempre por perto. Mas um estudo também mostrou que pessoas que bebiam de oito a doze copos de água por dia queimavam mais gordura do que as que se mantinham nos quatro copos.

15. Durma
Parece que a lista de benefícios de uma boa noite de sono não tem fim, e dar um empurrão no metabolismo é um deles. Múltiplos estudos ligaram a ganha de peso com má qualidade de sono. 

6. Coma amêndoas
Elas, e outras oleaginosas, como castanhas e avelãs, são excelentes fontes de magnésio. O nutriente não faz bem apenas para o coração, mas também dá um impulso no organismo.

17. Limite os carboidratos processados
Ok, ok, nós sabemos que salgadinhos, pão francês e doces são quase irresistívieis, mas não fazem nada para suas aspirações de perda de peso. Além de incrementar sua dieta com calorias vazias, todo o açúcar dos carboidratos processados podem fazer o corpo reter essas calorias como gordura.

18. Aposte no gengibre
Outro truque que aumenta a temperatura corporal, ajudando o metabolismo a funcionar em mais . O gengibre pode ser usado em alimentos grelhados ou refogadas, sopas, grãos...

19. Coma iogurte
O cálcio e outras substâncias em laticínios pode aumentar o metabolismo, dizendo para seu corpo queimar a gordura extra mais rápido. Os melhores resultados vem de laticínios como queijo com baixo teor de gordura, iogurte e leite, e ao consumir três porções desses alimentos por dia.

20. Escolha proteínas magras
O que é um pouco mais de esforço, se isso também significa que mais calorias serão queimadas no processo? Você já deve ter percebido que demora um pouco mais para comer um peito de frango grelhado do que acabar com um pacote de biscoitos, mas as mastigadas a mais podem significar 30% mais queima de calorias. As proteínas magras também precisam de mais energia para serem digeridas, ao mesmo tempo que mantêm a sensação de saciedade. Quanto mais duro o corpo trabalha, mais calorias você queima.

21. Adote a batata doce
Portáveis e nutritivas, as batatas doces são uma ótima opção de lanchinho saudável. Não apenas elas são cheias de nutrientes, como vitamina A, e antioxidantes anti-inflamatórios, mas também contém um hormônio regulador do nível de açúcar no sangue, a adiponectina. 

22. Dê uma volta
Levantar da cadeira e se mexer um pouco não só ajuda seu corpo a fazer digestão mais rapidamente depois de uma grande refeição, mas também impulsiona a queima de gordura. Estudos mostraram que sentar por uma hora ou mais reduz em até 90% o número de enzimas responsáveis pela quebra de gordura.

23. Beba chá verde
De acordo com o The American Journal of Clinical Nutrition, beber quatro xícaras de chá verde por dia ajudou as pessoas a eliminarem mais de três quilos em oito semanas. Chá verde contém catequinas, um antioxidante que aumenta o metabolismo em repouso em 4% (cerca de 80 calorias por dia).

24. Coma mais frutas e vegetais
Mastigar os alimentos consome energia, e é por isso que comer frutas e vegetais é uma maneira de acelerar o metabolismo. Para maximizar os efeitos, desfrute-os no estado natural e integral — opte por uma maçã de verdade, em vez de geleia, e faça saladas com pedaços grandes. Levar mais tempo para mastigar significa que seu cérebro tem mais tempo para registrar que está cheio, então você consome menos calorias.

Fonte: Terra