30 de setembro de 2011

Segundo Estudo, Café Reduz a Incidência de Depressão em Mulheres...



Médicos da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, concluíram que mulheres que tomam dois ou mais copos de café por dia têm menor risco de terem depressão.

Este efeito não ocorre caso as mulheres tomem o café descafeinado.

Por isso, embora não tenham descoberto o mecanismo exato de atuação do café, os cientistas especulam que a cafeína provavelmente induza alguma alteração na química do cérebro que diminui a ocorrência da depressão.
O estudo "Café, Cafeína, e o Risco de Depressão Entre Mulheres" foi publicado no periódico científico Archives of Internal Medicine.
Os pesquisadores acompanharam 50.739 mulheres durante 10 anos. O consumo de café foi aferido no início e no fim do estudo e em duas medições intermediárias.
Nesse período, 2.607 mulheres apresentaram quadros depressivos.
As participantes que tomavam de dois a três copos de café por dia tiveram um risco 15% menor de apresentarem depressão - em comparação com aquelas que tomavam um copo ou menos por semana.
Aquelas que tomavam quatro ou mais copos de café por dia tiveram um risco 20% menor.
Mas cuidado, um dos riscos é que a cafeína é um estimulante. E pessoas com alterações de humor frequentemente apresentam também problemas de sono, o que seria agravado pela ingestão de doses maiores de cafeína.


Fonte: Diário da Saúde

29 de setembro de 2011

Kibe sem Glúten...



Adora kibe, mas não pode comer porque contém trigo? Então experimente esta receita!

Ingredientes:

- 500g de carne moída
- 1 xícara de grão de bico cozido e passado no processador
- 1/2 xícara de quinoa em flocos triturada
- 1 cebola picada
- 1 dente de alho bem batido
- Hortelã picadinho a gosto
- Sal e pimenta síria a gosto

Modo de Preparo: 

Misture todos os ingredientes em uma vasilha, exceto a quinoa. Quando estiver bem misturado, junte a quinoa e misture bem novamente. Modele os quibes e leve para assar ou pegue a massa e coloque numa assadeira e recheie com tomate ou outros legumes da sua preferência.

28 de setembro de 2011

Hortelã Mostra-se Eficaz Contra Bactérias da Boca....




A
 Mentha spp. - nome científico da hortelã - tem efeito antimicrobiano contra cepas de Candida, principalmente a albicans, uma bactéria comumente encontrado na cavidade bucal.
A conclusão é pesquisadora Iza Teixeira Alves Peixoto, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).
No estudo foi analisado o óleo essencial da planta, mas os resultados demonstraram a possibilidade de criação de novas modalidades de tratamento fitoterápico, em particular contra doenças infecciosas por esta espécie, como a candidíase.
Algumas espécies de hortelã demonstraram também atividade antimicrobiana contra biofilmes de C. albicans - o principal fator etiológico da candidose - encontrados sobretudo na superfície de próteses removíveis.
O extrato de hortelã age contra esses microrganismos, seja inativando-os ou matando-os graças ao seu "efeito fungicida".
Fonte: Diário da Saúde

27 de setembro de 2011

Hipotireoidismo: a Alimentação Correta Garante uma Melhor Qualidade de Vida!...



Depois que o Ronaldo fenômeno revelou ao encerrar sua carreira que tinha hipotireoidismo, muitas pessoas começaram a achar que não conseguiam perder peso por isso. Muito comum atender pessoas que acreditam ter este problema pela dificuldade em emagrecer, mas já vou deixar claro no início deste post que hipotireoidismo não “engorda”, o que ele promove é um inchaço, que gera um leve aumento de peso, não vai achando que ganhou 10 Kg por conta do hipotireoidismo, ok? Se está ganhando peso, sem aumentar a ingestão de alimentos, corre para o médico, isso não é normal e não espere aumentar muito peso para ir atrás de uma solução, o que acontece na maioria das vezes e que torna mais difícil voltar ao peso usual. Claro que há uma dificuldade em emagrecer pelo metabolismo ficar um pouco mais lento, posso dizer isso com propriedade, pois tenho este problema há sete anos, e sim é um pouco mais difícil, mas não impossível. Nada que atividade física + dieta adequada + reposição hormonal (quando orientada e necessária) não dê jeito!

Pelo menos 10% dos pacientes que apresentam quadro clínico de hipotireoidismo sofrem alterações de peso, alguns perdem alguns quilos enquanto outros ganham. Em casos mais graves, a perda de peso pode representar de 10% a 15% do peso corporal. Porém, os quilos perdidos são recuperados quando a doença é tratada. As mulheres entre 30 e 60 anos são mais propensas a ter este problema e estima-se que 1 a cada 10 mulheres terão hipotireoidismo ao longo da vida. Fui buscar uma imagem para este post e acabei descobrindo que a Deborah Secco e Cláudia Raia tem hipotireoidismo(eu não sabia), ou seja, é uma boa imagem para termos em mente para dismistificar que quem tem hipo necessariamente está acima do peso.

A tireóide pode ser afetada pela má alimentação, o flúor na água, exercícios de endurance, resíduos de pesticidas em frutas e vegetais, radiação de raios-x, álcool e drogas.

Minha intenção não é falar sobre a fisiopatologia e sim sobre a Orientação Nutricional para o Hipotireoidismo. Então, vamos supor que você já fez seus exames, já está tomando a dosagem de hormônio certinha, já passou pela Nutricionista para te ajudar a exterminar eventuais quilinhos ganhos neste período com uma dieta adequada ao seu metabolismo. Mas sempre existe um algo a mais que pode te ajudar então, vamos lá!

Alguns alimentos e nutrientes podem contribuir para melhorar a qualidade de vida para os pacientes com hipotireoidismo, porém, alguns devem ser evitados, vamos aos exemplos:

Tabela adaptada dos livros: "Prescription for Dietary Wellness e Prescrption for Nutritional Healing"
(clique para ampliar)

Orientações Importantes:

Não usar álcool e se possível fazer exclusão de glúten por pelo menos 3 meses e observar se há ou não melhora dos sinais e sintomas.

Alimentar-se bem a fim de evitar deficiências nutricionais, ou seja, alimentar-se de forma saudável, regular, de 3/3h. Não fazer Jejum prolongado, pois ele reduz os níveis de hormônios tireoideanos.

As seguintes medicações podem diminuir a quantidade do hormônio ativo, portanto se utiliza algum deles fale com o seu médico para tentar um substituto: Beta-bloqueadores, Contraceptivos orais, Hormônios sintéticos orais, Lítio, Fenitoína, Teofilina ou Quimioterapia.

A obesidade por si só causa uma resistência à ação dos hormônios, portanto perder peso é crucial, além da prática regular (diária, por pelo menos 45 minutos) de atividade física. Mas, relembrando, hipotireoidismo não causa obesidade.

- Uma reeducação alimentar irá auxiliar na perda de peso e a melhorar sua qualidade de vida.

Alguns agrotóxicos estão associados ao surgimento de problemas endócrinos, portanto é recomendado que substitua os alimentos não-orgânicos por orgânicos sempre que possível.

- Tomar sol diariamente ao acordar é interessante, por pelo menos 15 minutos. Evite tomar banho após a exposição, a oleosidade da pele (retirada após o uso de sabonete) potencializa a produção de vitamina D.

- Prefira creme dental sem flúor.

Referências Bibliográficas:

- BALCH, Phyllis. Prescription for Nutritional Healing. Avery, USA, 2010.
- BALCH, Phyllis. Prescription for Dietary Wellness. Avery, USA, 2003.

25 de setembro de 2011

Resumo da Semana na Liga da Saúde....


Um Programa de Longevidade


A história sempre se repete! A vida é um grande ciclo e todas as grandes idéias e teorias inovadoras que abalaram a medicina experimentaram antes o descrédito e décadas após o RECONHECIMENTO.
Uma frase interessante de Arthur Schopenhauer, diz: "Toda verdade passa por três estágios. No primeiro, ela é ridicularizada. No segundo, é rejeitada com violência. No terceiro, é aceita como evidente por si própria." Assim está sendo com a ortomolecular, homeopatia, acupuntura...


Conheça os Benefícios dos Probióticos..


No intestino humano, existem mais de 400 espécies diferentes de microorganismos que convivem em harmonia com o homem. Esta é uma relação ecológica classificada como simbiose ou mutualismo, pois ambos dependem um do outro para sua sobrevivência. Se não existissem estes microorganismos, com certeza nosso sistema digestivo seria um prato cheio para outros microorganismos patogênicos, favorecendo o surgimento de doenças no homem. E tais espécies benéficas dependem das condições químicas e físico-químicas do nosso intestino para poder sobreviver, como a baixa concentração de oxigênio, temperatura em torno de 36°C e umidade.

Hipotireoidismo: a Alimentação Correta Garante uma Melhor Qualidade de Vida!...


Depois que o Ronaldo fenômeno revelou ao encerrar sua carreira que tinha hipotireoidismo, muitas pessoas começaram a achar que não conseguiam perder peso por isso. Muito comum atender pessoas que acreditam ter este problema pela dificuldade em emagrecer, mas já vou deixar claro no início deste post que hipotireoidismo não “engorda”, o que ele promove é um inchaço, que gera um leve aumento de peso, não vai achando que ganhou 10 Kg por conta do hipotireoidismo, ok? Se está ganhando peso, sem aumentar a ingestão de alimentos, corre para o médico, isso não é normal e não espere aumentar muito peso para ir atrás de uma solução, o que acontece na maioria das vezes e que torna mais difícil voltar ao peso usual. Claro que há uma dificuldade em emagrecer pelo metabolismo ficar um pouco mais lento, posso dizer isso com propriedade, pois tenho este problema há sete anos, e sim é um pouco mais difícil, mas não impossível. Nada que atividade física + dieta adequada + reposição hormonal (quando orientada e necessária) não dê jeito!

Festas infantis – Alguns pontos para reflexão



Pense no seu filho(a) como a linda criança que é (ou foi): você teria coragem de matá-la ou fazer qualquer coisa que pudesse machucá-la? Acredito que a resposta seja: É CLARO que não! Mas e se você estiver de fato atentando contra a saúde dela sem sequer se dar conta disso? Afinal, presume-se que o responsável pelos atos e escolhas de uma criança sejam seus pais, certo? Mas como andam suas escolhas para a sua criança, já que o que você lhe dá, permite ou proíbe mas acima de tudo, o seu exemplo, o que você demonstra, ajuda-a a formar seu caráter, seus hábitos de vida e por tudo isso, seu futuro? Bem... Sinto informar-lhe que, querendo agradar, você pode estar “adoecendo” sua criança... Vejamos como.

Acne...



Um mal comum entre a população, a acne tem impacto econômico e social e ainda causa efeito negativo à autoimagem a ao padrão de beleza, em especial durante a adolescência, fase comum de seu aparecimento que pode perdurar ou surgir também na fase adulta, caso não tratada ou em caso de endocrinopatias em mulheres.

Você Conhece a Semente de Chia?


É uma semente originária do México e está sendo implantada no consumo brasileiro. É uma semente de cor escura e com alto teor de óleo na sua composição. Este óleo em abundância é o ômega-3 (ácido alfa linolênico). A semente também é composta pelos minerais potássio, cálcio e ferro. Assim como todas as sementes contém também uma quantidade significativa de magnésio.

Kibe sem Glúten...



Adora kibe, mas não pode comer porque contém trigo? Então experimente esta receita!
Leia mais...

21 de setembro de 2011

Conhece a Farinha de Fibra de Coco?...


O coco é uma alimento gostoso e super versátil. Podemos tomar sua água, comer sua polpa, obter o óleo de coco extravirgem, leite de coco, coco ralado, etc A nova forma de consumo é através da farinha de fibra de coco que pode substituir a farinha de trigo em algumas preparações e possui alto valor nutricional.

A cada 10 gramas do farelo (o equivalente a uma colher de sopa), encontramos aproximadamente 2,5 gramas de fibras, que ajudam a melhorar o trânsito intestinal, ajudam a reduzir o colesterol, principalmente o LDL e diminuem o índice glicêmico da preparação, controlando e prevenindo o diabetes.

A boa notícia é que a farinha de coco não contém glúten e, portanto, está liberada para entrar no cardápio dos celíacos e daqueles intolerantes ou que adotaram uma dieta isenta de glúten.

Muitas vezes as receitas de pães e biscoitos não ficam tão saborosas e macias por causa da ausência da farinha de trigo. A farinha de coco é uma alternativa para melhorar essas características.

20 de setembro de 2011

Uma Maçã ou Pêra ao Dia Diminui o Risco de AVC...


Essa é a conclusão de um estudo holandês publicado na revista StrokeJournal of the American Heart Association no qual os pesquisadores descobriram que comer uma grande quantidade de frutas e legumes com carne branca pode proteger contra o AVC.


Embora estudos anteriores já tinham relacionado o alto consumo de frutas e vegetais com menor risco de derrame, o trabalho dos pesquisadores em perspectiva é o primeiro a examinar associações de frutas e vegetais e grupos de cores com acidente vascular cerebral.

A cor da parte comestível de frutas e vegetais reflete a presença de fitoquímicos benéficos, como carotenóides e flavonóides.

Frutas e verduras foram classificados em quatro grupos de cor:


- Verde, incluindo verduras escuras, couves e alfaces
- Laranja / amarelo, que eram em sua maioria frutas cítricas
- Vermelho / roxo, que foram principalmente vegetais vermelhos
- Branco, dos quais 55% eram maçãs e pêras

O risco de incidência de AVC foi de 52% mais baixo para as pessoas com alta ingestão de frutas brancas e vegetais em comparação a pessoas com uma baixa ingestão.Cada aumento de 25 gramas por dia em frutas brancas e vegetais foi associado com um risco de 9% menor de acidente vascular cerebralUma maçã média é de 120 gramas.


18 de setembro de 2011

Resumo da Semana na Liga da Saúde....


Será que o peixe que você consome está contaminado?


Salmo salar “Salmão”
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Actinopterygii
Ordem: Salmoniformes
Família: Salmonidae
Composição nutricional em 110g de salmão grelhado
Calorias 261,95 10%
Triptofano 0,33g
Vitamina D 411 UI
Ácidos Graxos Ômega-3 2,09g
Selênio 53,07mcg
Proteína 29,14g
Vitamina B3 11,34 mg
Vitamina B12 3,25mcg
Fosfóro 420 mg
Magnésio 138,35 mg
Vitamina B6 0,52mg
Chumbo 30mcg
Mercúrio 350mcg
Leia mais...

Pressão Alta, uma vilã não compreendida...


Frequentemente as pessoas chegam ao consultório reclamando de “Pressão Alta”: - Dr. minha pressão “subiu”, chegou em 17/9 e fiquei preocupado!

"Medicina" Ortomolecular e suas Peculiaridades...

A partir de inúmeras prescrições exitosas realizadas em 1951 por dois psiquiatras canadenses, dr. Humpry Osmond e dr. Abram Hoffer, que administraram megadoses de até 50 gr/dia de vitamina B3 (niacinamida) a pacientes esquizofrênicos, o dr. Linus Pauling (duas vezes laureado com Prêmio Nobel) interessou-se pela questão da utilização das vitaminas como opção medicamentosa.

Beber muita água ou não?



Há poucos meses foi amplamente divulgado na mídia um dos maiores absurdos que já ouvi na vida: que não há provas suficientes de que há benefícios em beber água direito. E nesta época de muita seca em todo o Brasil, achei por bem reiterar o que já foi falado e ressaltado exaustivamente aqui no site e pela Liga da Saúde: a importância, absoluta e indiscutível, de tomarmos água em quantidade, qualidade e regularidade adequados, para termos e mantermos real SAÚDE (http://ligadasaude.blogspot.com/2011/09/umidade-baixa-hidratacao-em-alta.html   e  http://www.icaro.med.br/agua/).

Benefícios do Açaí...


Conhecido e muito consumido na região norte do Brasil, o açaí vem conquistando seu espaço no restante do país e também no exterior, para onde grande parte é exportada.

Inhame inhame inhame...

Que tal saber um pouco mais sobre o que esse alimento  pode fazer pela sua saúde? Muito comumente utilizado na culinária brasileira, em especial no Norte e Nordeste, o inhame pode ter inúmeros nomes populares e também ser confundido com o cará ou taro. Antes de tudo, é necessário diferenciar as várias formas do tubérculo. O inhame (Dioscorea spp.) pertence à família Dioscoreácea, com nove gêneros e cerca de 850 espécies, sendo o cará uma delas. Já o taro (Colocasia esculenta) pertence à família Araceae, com 105 gêneros e 3.500 espécies. No Brasil, uma mesma espécie de inhame pode ser chamada também de cará, dependendo da região, graças à popularização do nome da espécie, podendo ser considerados equivalentes do ponto de vista nutricional. O mesmo não acontece com o taro, por pertencer à outra família vegetal.

E a gelatina ?

“…substância translúcida, incolor ou amarelada, praticamente insípida e inodora, que se pode obter FERVENDO certos produtos ANIMAIS, como OSSOS E PELE…” 
Leia mais...


17 de setembro de 2011

Anvisa Proíbe Bisfenol A em Mamadeiras...



Quase um ano depois que as autoridades de saúde de Europa proibiram o uso do Bisfenol A em mamadeiras, a Anvisa segue o mesmo caminho.

O anúncio foi feito nesta quinta-feira e incluirá as mamadeiras fabricadas no Brasil ou importadas.
Até agora, a Anvisa permitia a presença do Bisfenol A dentro do limite de 0,6 miligrama para cada quilo de embalagem.
Agora a presença da substância fica totalmente proibida.
Apesar disso, a Anvisa afirma estar adotando a medida atendendo ao "princípio da precaução".
Desta forma, os fabricantes e importadores terão 90 dias para cumprir a determinação e as mamadeiras fabricadas ou importadas dentro do prazo de 90 dias poderão ser comercializados até 31 de dezembro deste ano.
Algumas mamadeiras importadas da Europa e do Canadá já possuem o selo "BPA Free", ou seja, não contêm o Bisfenol A.


Fonte: Diário da Saúde