9 de setembro de 2011

Umidade Baixa, Hidratação em Alta!...



Dias ensolarados e quentes são um atrativo para ir ao parque brincar com os filhos, fazer caminhadas, ir ao clube, ou seja todas atividades ao ar livre e o ar não anda muito saudável para nossa saúde ultimamente. A falta de chuvas tem deixado a umidade relativa do ar muito baixa, ontem aqui em Goiânia estávamos com 8% , ou seja, clima de deserto.  E este clima vem se repetindo em vários estados do país. Está demorando para a moça do tempo trazer boas notícias, mas enquanto isso vamos fazendo o que é possível para melhorar a umidade em nosso ambiente.

A desidratação é muito comum nesta época de seca e quem sofre mais com este clima são os idosos e as crianças, por isso se você convive com algum deles lembre-se de oferecer líquidos com freqüência, deixar garrafinhas próximas e lembrá-los de beber água a todo instante.

Para os adultos, principalmente aqueles que trabalham em ambientes fechados e com ar condicionado garrafinha ou copo d’água do lado, e é para esvaziar, ok? Nada de ter ele como compania cheio ao seu lado o dia inteiro.

Recomenda-se a ingestão de 1ml de água para cada caloria ingerida ao dia ou de 25-30ml por quilo de peso.  Pense que a constituição do seu corpo em sua maioria é água, então se não tiver aporte adequado ele não vai funcionar perfeitamente.  E não falo apenas de funções internas, dos órgãos vitais, pense na sua pele, de nada adiantar hidratar com cremes se não tomar muita água, tome muita água para ter uma pele saudável, afinal você não quer ser uma uva passa, não é?

As fontes de líquidos podem ser diversas, o ideal é tomar muita água, mas você pode intercalar com sucos, água de côco, chás gelados, evite os diuréticos (ex:chá verde) em dias muito quentes, pois estimulam muito a diurese, podendo desidratar. Evite tomar repositores  em excesso a não ser que esteja fazendo exercícios físicos com alta intensidade e desgaste que realmente necessitem de reposição de eletrólitos. Mas esta recomendação deve ser profissional!

Você é daqueles que não é muito fã de tomar água? Procure torná-la aromática, adicione folhinhas de hortelã ou cascas de laranja, limão, erva cidreira ou pingue gotinhas de limão, use sua imaginação, mas nada  de açúcar! Garanto que vai ficar mais agradável tomar água.

Fique atento a sintomas como tonturas, náuseas, dores de cabeça, pois são sinais de desidratação. Faça da garrafinha de água sua companheira inseparável nesses dias e sempre!

Nesta época é também comum nosso hábito intestinal bagunçar um pouco, a tendência é que ele fique um pouco mais preso, pois a necessidade de água aumenta e acaba sobrando pouca para hidratação das fezes, então além de consumir mais fibras, aumente a quantidade de líquidos para dar uma forcinha a seu intestino.

Em relação à alimentação procure incluir muitas frutas do café-da-manhã ao jantar, as mais variadas. No almoço e no jantar faça refeições leves, abuse das saladas, carnes magras e grelhadas, nada de pratos gordurosos cheios de molhos cremosos e “pesados” nos dias quentes porque além de terem uma digestão mais lenta irão dar aquela sensação de moleza e já basta o calor. Entre as refeições prefira frutas que contém mais água como melão e melancia ou faça sucos com um toque de hortelã que garante uma maior refrescância.

Mais uma vez friso a importância de ter um cuidado maior com crianças e idosos, além de serem mais vulneráveis são mais dependentes também, portanto, dê atenção especial a eles.