31 de dezembro de 2008

FELIZ 2009 !!!!!!!

PROPRIEDADES ANTI-CANCERÍGENAS DO AZEITE DE OLIVA EXTRA-VIRGEM.....


Azeite extra-virgem de boa qualidade (aquele extraído por prensagem, sem adição de calor e angentes químicos de tratamento) contém fitoquímicos que levam à morte das células cancerígenas e decorrência da supressão do gene HER2. Esta é a conclusão de uma pesquisa publicada no BMC Cancer. Os autores do estudo advertem porém que as dosagens utilizadas no estudo não são usuais na dieta humana, que deve ser complementada com outros bons hábitos como maior consumo de frutas e verduras, baixo consumo de bebidas alcoólicas e prática regular de atividade física.
Para saber mais:
Javier A Menendez, Alejandro Vazquez-Martin, Rocio Garcia-Villalba, Alegria Carrasco-Pancorbo, Cristina Oliveras-Ferraros, Alberto Fernandez-Gutierrez and Antonio Segura-Carretero. Anti-HER2 (erbB-2) oncogene effects of phenolic compounds directly isolated from commercial Extra-Virgin Olive Oil (EVOO). BMC Cancer (in press).

17 de dezembro de 2008

ADROPINA, NOVO PEPTÍDEO DESCOBERTO......

Após o consumo de alimentos gordurosos, substâncias são produzidas para digerir, metabolizar e controlar os mecanismos de fome-saciedade. Em dezembro, foi divulgado um estudo no qual uma nova proteína, produzida no fígado foi descoberta. A pesquisa publicada na edição deste mês do Cell Metabolism, sugere que a adropina regula a homeostasia energética e o metabolismo lipídico.
A proteína parece ter também algum papel na resposta à insulina e previne o acúmulo de gordura no fígado, problema conhecido como esteatose hepática. Parece também que indivíduos obesos não produzem adropina normalmente. Em ratos, o estudo mostrou que o fornecimento de adropina sintética pode reverter algumas das consequências negativas da obesidade. A proteína também é produzida no cérebro, mostrando que existe uma relação entre a proteína, a dieta, e o metabolismo.
Como ainda não se sabem os mecanismos pelos quais a adropina funciona e suas exatas ações hormonais, esta provavelmente será uma das novas linhas de pesquisa sobre medicamentos para o tratamento da obesidade.

NUTRICIONISTA OU NUTRÓLOGO....

Navegando na internet encontramos milhares de informações sobre emagrecimento, dietas milagrosas, suplementos que prometem perda de gordura e campanhas de produtos sem evidências científicas claras. Recebo também muitas mensagens além de visitas ao consultório de pessoas que utilizaram produtos ou se engajaram em alguma dieta "nova"e desenvolveram problemas intestinais, deficiências de ferro ou não atingiram suas metas de forma satisfatória. É também comum receber pessoas que após gastarem muito com shakes, vitaminas, suplementos esportivos aparecem no consultório para aconselhamento.
O interessante é que o rótulo de todos estes produtos indica a consulta com um nutricionista antes da aquisição de tais produtos. Um nutricionista vai sempre buscar uma individualização. Você não é igual a todos e o que é bom para um colega pode não servir para você. E o nutricionista é o único profissional de saúde habilitado a prescrever dietas visto que tem formação em dietética, bromatologia, dietoterapia. Nem o médico (de nenhuma especialidade, nem endocrinologista, nem nutrólogo) ocupam esta função. Entre no site de qualquer faculdade de medicina e observe a grade curricular: não existem disciplinas de nutrição!
Um nutrólogo tem sim um conhecimento de nutrição maior do que outros médicos porém seu curso de 1 ou 2 anos que não se equipara à formação de 4 ou 5 anos do nutricionista. Agora não vá pedir um remedinho para emagrecer ao seu nutricionista: assim como médico não prescreve dieta, nutricionista não prescreve medicamentos!

12 de dezembro de 2008

CONSUMO MODERADO DE VINHO TRAZ BENEFÍCIOS AO CORAÇÃO....


O consumo moderado de álcool está associado a uma maior concentração de ômega-3 no plasma e nas hemácias. Este foi o principal achado do estudo europeu IMMIDIET que será publicado em janeiro no American Journal of Clinical Nutrition. O estudo também sugere que o vinho tem um melhor resultado quando comparado às outras bebidas alcoólicas. O efeito é atribuido aos compostos presentes na uva, os polifenóis (epicatequina, epigalocatequina, luteína, procianidina, lupel, ácido gálico etc).
Durante a pesquisa 1604 indivíduos ingleses, belgas e italianos foram acompanhados. O ômega-3 é derivado principalmente dos peixes sendo considerado um protetor contra doenças cardiovasculares. Parece que o consumo moderado de vinho (1 taça ao dia para mulheres e duas para homens) influencia favoravelmente o metabolismo deste ácido graxo independentemente do consumo de peixes.
Para saber mais visite o site oficial do projeto:

DEFICIÊNCIA DE VITAMINA D PODE CAUSAR PROBLEMAS CARDÍACOS.....



A deficiência de vitamina D, tradicionalmente associada com problemas ósseos e musculares, também pode aumentar o risco de doenças cardiovasculares. Evidências atuais ligam os baixos níveis de 25-hidroxivitamina D com hipertensão, obesidade, diabetes, ataque cardíaco e derrame. Isto porque os baixos níveis da vitamina ativam o sistema renina-angiotensina-aldosterona e os predispõem a hipertensão e estreitamento de artérias e veias. A deficiência também altera níveis hormonais e a função imune.
No artigo publicado no dia 9/12/2008 no Journal of the American College of Cardiology, os autores recomendam suplementos de vitamina D, principalmente aos pacientes em risco para estas doenças. A deficiência de vitamina D é identificada quando os níveis caem abaixo de 20ng/ml.

5 de dezembro de 2008

FAST FOOD PODE AUMENTAR RISCO DE ALZHEIMER....



O alzheimer é a forma mais comum de demência e as causas permanecem não determinadas. As hipóteses mais comuns incluem herança genética, devido a disfunções na produção da apolipoproteína E, uma das envolvidas no transporte do colesterol. O gene variante (apoE4) é encontrado em 15 a 20% da população porém, existe também uma influência ambiental no desenvolvimento da doença. Acaba de ser divulgado um estudo, no qual camundongos alimentados com dieta rica em gordura, açúcar e colesterol por 9 meses desenvolveram irregularidades mórbidas encontradas em pacientes em estágio inicial da doença de Alzheimer.
Os resultados fazem parte da tese de doutorado de Susanne Akterin. Ao examinar o cérebro dos animais observou-se um aumento de grupos fosfato, que formam placas neuríticas que impedem o funcionamento normal do cérebro. A pesquisadora também relatou fortes indicações de que o colesterol alimentar (presente principalmente nas carnes) reduz outra substância do cérebro, a proteína Arc, envolvida no armazenamento das lembranças e importante para a manutenção da memória. Outras pesquisas já haviam mostrado que o estresse oxidativo no cérebro e um baixo consumo de antioxidantes também aumentaria o risco de Alzheimer. A Dra. Susanne Akterin demonstrou em sua tese que o cérebro destes pacientes realmente tem um desequilíbrio de substâncias protetoras.
Tese: From cholesterol to oxidative stress in Alzheimer's disease: A wide perspective on a multifactorial disease, Susanne Akterin, Department of Neurobiology, Care Sciences and Society, KI Alzheimer's Disease Research Center, Karolinska Institutet. Disponível em http://diss.kib.ki.se/2008/978-91-7409-172-4/

MERCOSUL APROVA ESTRATÉGIAS PARA SEGURANÇA ALIMENTAR...


De acordo com o CGPAN, os ministros da saúde do Mercosul aprovaram o acordo de implantação de estratégias para a segurança alimentar e nutricional. A finalidade do acordo é apoiar as seguintes ações:
- Estímulo às ações inter-setoriais com vistas ao acesso universal aos alimentos;
- Garantia da segurança e da qualidade dos alimentos e serviços de alimentação e nutrição;
- Promovendo o trabalho setorial e inter-setorial com as instâncias pertinentes;
- Monitoramento da situação alimentar e nutricional;
- Promoção de práticas alimentares saudáveis;
- Prevenção e controle dos distúrbios nutricionais e doenças associadas à alimentação e nutrição;
- Desenvolvimento de linhas de estudo e pesquisa em alimentação e nutrição;
- Capacitação de recursos humanos para qualificar os sistemas nacionais de saúde.

1 de dezembro de 2008

NOVA SEÇÃO - GÔNDOLA SAUDÁVEL....


Olá pessoal, eu sou contra indicar marcas de alimentos, leites, iogurtes, para não influenciar meus pacientes a consumir determinadas marcas em detrimento de outras. Até porque nem todos estão dispostos ou tem condições de desenbolsar determinados valores com produtos light, funcionais, etc....

Mas o que verifico na prática é a necessidade que todos tem dessa informação, pois muitas vezes com o corre-corre da rotina, as pessoas entram no supermercado e já vão automaticamente nas prateleiras onde se encontram o que eles precisam, e nunca sobra tempo pra ficar ali admirando a prateleira dos iogurtes e saber quais são as novidades, ou ficar perdido entre rótulos pesquisando qual alimento tem maior teor de fibras em sua composição. É claro, que esta seria a atitude correta, porém a falta de tempo não nos permite desempenhar este papel.

Tendo em vista esta necessidade, estou dando início a esta seção a pedido de meus pacientes, para semanalmente indicar alguns produtos que acho interessantes e que valem a pena serem indicados tanto pela sua composição, funcionalidade e praticidade.

E acho até que através destas indicações, desperte o interesse pelo cuidado com a saúde, que se inicia pela escolha dos alimentos que estaremos consumindo e oferecendo à nossa família.

Espero que esta ferramenta seja útil tanto a meus pacientes quanto aos leitores deste blog !!!!

Lembrem-se: Você é o que Você Come !!!!

28 de novembro de 2008

PROPOSTA DE REGULAÇÃO DA PROPAGANDA DE ALIMENTOS AGUARDA AUDIÊNCIA DE VALIDAÇÃO...

Uma audiência pública, aberta à participação da sociedade, é a próxima etapa para a proposta de regulamentação de propaganda de alimentos após ter passado recentemente por consulta pública. A medida é importante diante da grande capacidade que a publicidade de alimentos tem de influenciar hábitos alimentares da população, especialmente o público infantil.

A consolidação e as considerações sobre as manifestações recebidas durante a consulta pública estão disponíveis no site da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (www.anvisa.gov.br). O texto propõe normas mais rígidas para a propaganda de alimentos por meio de um regulamento sobre as propagandas de alimentos com quantidades elevadas de açúcar, gordura e sódio, e também de bebidas com baixo teor nutricional.

HOMENS COM MUITA BARRIGA TÊM MAIS CÂNCER DE PRÓSTATA......


Os homens com muita barriga são mais propensos a contrair câncer de próstata do que os que acumulam poucas gorduras na região abdominal, conclui um estudo realizado por cientistas do Instituto Alemão de Nutrição (Dife, na sigla em alemão) em Potsdam, próximo a Berlim.De acordo com a pesquisa, após observar 153 mil homens, a relação entre o perímetro da cintura e o do quadril é a que melhor reflete o risco de se ter este tipo de câncer.
Os cientistas suspeitam de que a gordura abdominal tenha uma influência negativa sobre o balanço hormonal.Os homens com um coeficiente de cintura-quadril superior a 0,99 têm 43 %mais risco de ter câncer de próstata do que aqueles com um coeficiente inferior a 0,89.Este coeficiente é obtido pela divisão do perímetro da cintura pelo perímetro do quadril.Ambos os perímetros permitem tirar conclusões sobre o volume de gordura acumulada na região abdominal.
"Até agora sabemos pouco sobre a relação causal", reconheceu Heiner Boeing,um dos autores do estudo, que apontou a possibilidade de relação entre a gordura e o nível dos andrógenos (hormônios masculinos).O relatório faz parte de um amplo estudo sobre a relação da alimentação com o câncer e outras doenças crônicas como o diabetes do tipo 2, intitulado"European Prospective Investigation into Câncer and Nutrition" (Investigação por Sondagens Sobre Câncer e Alimentação - Epic, na sigla em inglês) e iniciado em 1992.Já é sabido que altos acúmulos de gordura abdominal elevam sensivelmente os riscos de infarto do miocárdio e de diabetes.

20 de novembro de 2008

VINHO, O COMPANHEIRO IDEAL DAS CARNES.......




Sábios eram os gregos, que, séculos antes de Cristo nascer, já saboreavam, em dias especiais, um belo assado com algumas taças de vinho. Esse matrimônio celebrado nos banquetes antigos viajou no tempo até se tornar uma referência na cozinha ocidental. Tudo leva a crer, essa é mesmo uma união perfeita: pesquisadores da Universidade de Jerusalém e do Centro Volcani, ambos em Israel, garantem que o vinho tem a dádiva de anular moléculas envolvidas com o aparecimento de doenças como o câncer. Por causa delas, o consumo excessivo de carne é visto com cautela por especialistas em saúde.

Na pesquisa, após cada uma dessas refeições, todos foram submetidos a exames de sangue e urina para medir as taxas de malondialdeído, ou MDA, que é uma das substâncias acusadas de nos fazer mal. Ela é entregue de bandeja pelas carnes ou formada dentro do próprio organismo durante a sua digestão

Possivelmente, os polifenóis da bebida, que são antioxidantes, inibem a formação ou absorção de MDA, esta é a teoria para a ação do vinho. E onde será que os famosos polifenóis das uvas barrariam essas substâncias, antes mesmo que se atrevam a cair no sangue? No estômago, respondem os israelenses, derrubando a primeira impressão da ciência de que essa ação se desenrolaria só no intestino.Os polifenóis são pouco absorvidos pelo nosso organismo, mas apresentam uma excelente ação in loco.Ou seja, eles não precisam ser digeridos para agir. E agem, por sinal, também no palco da digestão, enfrentando radicais livres, MDAs e afins no ambiente estomacal — ou até um pouco no intestino. Ainda bem. O MDA e outras substâncias resultantes da oxidação da gordura são potencialmente carcinogênicos.

Portanto, quando for consumir carnes acompanhe-as com uma taça de vinho. Mas ATENÇÃO, uma taça é o suficiente, não exagere no consumo pois o vinho contém álcool, e tudo em excesso tem o efeito contrário do terapêutico....

Texto extraído da Revista Saúde, edição de novembro de 2008.

UMA FRUTA PARA OS OSSOS ???......


Pois essa é a surpreendente notícia que vem da Universidade Kingsville, nos Estados Unidos. Cientistas de lá, liderados pelo pesquisador Farzad Deyhim, apontam a grapefruit como uma das grandes aliadas contra a osteoporose. Algumas substâncias encontradas na fruta são capazes de impedir perdas ósseas.
O trabalho, realizado com cobaias, mostra que a excreção de cálcio é menor quando há ingestão do alimento. E, embora o estudo americano não especifique qual nutriente está por trás do efeito, vale lembrar que a vitamina C desponta como possível candidata a benfeitora, já que participa da produção do colágeno, uma proteína que compõe o esqueleto. Mas não deve ser só isso…

18 de novembro de 2008

GESTANTES: CUIDADO COM A CAFEÍNA.....


De acordo com um estudo publicado no site do British Medical Journal, o consumo de cafeína durante a gestação aumenta o risco do bebê nascer com baixo peso. Apesar de alguns outros estudos também terem demonstrado o mesmo, esta nova pesquisa mostra que qualquer quantidade de cafeína - vinda de café, refrigerantes a base de cola ou guaraná, cacau e até medicamentos - podem ter o mesmo efeito. No estudo as gestantes consumiram em média 159mg de cafeína ao dia, menos do que o limite diário máximo recomendado (300mg/dia) pelo governo no país do estudo, a Inglaterra.
A maior parte da cafeína consumida (62%) veio dos chás, seguidos do café (14%), chocolate (8%), e outros, incluindo refrigerantes (14%). A maioria dos bebês nasceram atermo (aos 9 meses de gestação) e com um eso adequado (3.450g), porém dentre os que nasceram prematuros ou com baixo peso, o risco foi maior quanto maior era o consumo de cafeína. Comparado às mães que ingeriram menos de 100mg de cafeína ao dia (o equivalente a uma xícara de café), aquelas que tiveram uma ingestão entre 100 e 199 mg/dia tiveram um risco 20% maior de bebês com baixo peso e o risco aumentou chegando a 50% dependendo da dosagem de cafeína consumida pela gestante.
O efeito também foi maior nas mulhers que metabolizavam a cafeína mais rapidamente. Baseados nestas evidências, de toxicidade para bebês, o governo inglês alterará as recomendações de doses máximas de 300mg para 200mg ao dia.

16 de novembro de 2008

CREATINA VOLTA, BCCA SAI.....


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), está propondo novas regras para os alimentos destinados a atletas. A Consulta Pública nº 60 (PDF), aberta na sexta-feira (14/11/08), apresenta um novo conceito para esta categoria de alimentos, além de regulamentar o uso do suplemento de creatina e do suplemento de cafeína.A Anvisa propõe que a categoria de alimentos atualmente denominada “alimentos para praticantes de atividade física” passe a ser chamada de “alimentos para atletas”, já que a evolução do conhecimento científico sobre nutrição indica que esses alimentos devem ser consumidos apenas por pessoas que pratiquem exercício físico de alta intensidade, com o objetivo de rendimento esportivo ou de competição. De acordo com a agência, pessoas que praticam atividade física para promoção da saúde, recreação ou estética, não devem consumir esse tipo de alimento, sem a orientação de um profissional competente. visto que uma dieta balanceada e diversificada é suficiente e recomendável para atender as necessidades nutricionais destes indivíduos.
A agência propõe também a proibição da comercialização dos aminoácidos de cadeia ramificada (BCAA),por não haver comprovação de resultado dos efeitos prometidos. Além disso, todos os alimentos enquadrados nesta categoria deverão apresentar, em destaque e negrito, as seguintes frases de advertência: “Este alimento é destinado exclusivamente a atletas sob recomendação de nutricionista ou médico e não substitui uma alimentação equilibrada” e “Este produto não deve ser consumido por crianças, gestantes idosos e portadores de enfermidades”.
Os alimentos classificados como repositores hidroeletrolíticos (como gatorade, sportage, marathon, GU...), deverão apresentar nos rótulos o seguinte dizer: “O consumo deste produto nas provas de longa duração deve obedecer à orientação de nutricionista ou médico, pois o excesso pode ser prejudicial à saúde do atleta”. A frase “O consumo deste produto acima da recomendação diária, sem a orientação de nutricionista ou médico, pode ser prejudicial à saúde do atleta” deverá constar nos suplementos de creatina.
A Consulta Pública 60 fica aberta por sessenta dias para contribuições. As sugestões podem ser enviadas, até o dia 12 de janeiro de 2009, para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária - Gerência-Geral de Alimentos, no endereço postal SIA trecho 5 área especial 57, caixa postal: 11617; pelo endereço eletrônico: cp60.alimentos@anvisa.gov.br ou pelo fax: (61) 3448 – 6274 / 3462 - 5315
Fonte da notícia: http://www.anvisa.gov.br/divulga/noticias/2008/141108.htm

14 de novembro de 2008

MAIS UM BENEFÍCIO DO CAFÉ PARA A SAÚDE DA MULHER....




Estudo recente realizado pelo Ministério de Saúde do Japão concluiu que três xícaras diárias de café diminuem os riscos de câncer de endométrio em até 60%.

Uma das razões para esta proteção pode estar na formulação do café, que pode reduzir os níveis de insulina, diminuindo o risco de desenvolver câncer do útero.

Além destes benefícios, o café é rico em minerais, aminoácidos, lipídeos, açúcares, ácidos clorogênicos e, ainda, vitamina B3. Há também em sua composição substâncias anticancerígenas, como os polifenóis antioxidantes e o cafestol, capazes de prevenir os cânceres de cólon e de próstata.

13 de novembro de 2008

PREPARE-SE PARA O VERÃO.....

NOSSOS PROGRAMAS NUTRICIONAIS SÃO PERSONALIZADOS PARA VOCÊ ATINGIR SEUS OBJETIVOS !!!!!!

AGENDE SUA CONSULTA: (62) 8431-2191.


8 de novembro de 2008

SARDINHA, A MAIS POPULAR FONTE DE ÔMEGA-3...


Ela contém ácido graxo ômega-3 em quantidades que não deixam nada a desejar a parentes estrangeiros, como o salmão, que levam a fama de ser as melhores fontes da substância.

Muita gente pode estranhar, já que o ômega-3, ácido graxo lotado de vantagens para a saúde, é típico de peixes de águas gélidas e profundas. Essas espécies precisam da gordura para evitar que congelem nessas águas. Por que, então, a sardinha, que aprecia temperaturas amenas, seria tão rica no ácido graxo? Por ser migratória e se movimentar muito, ela armazena a gordura como reserva energética. Sem contar que também se alimenta de algas ricas em ômega-3.

A sardinha não só contém ômega- 3 como fornece o ácido graxo em suas melhores variantes: o eicosapentaenóico, conhecido como EPA, e o docosahexaenóico, o DHA. A título de comparação, vegetais como a linhaça fornecem a gordura como ácido alfalinolênico. Essa substância é convertida em EPA e DHA graças a enzimas no nosso organismo.

No corpo humano, essas gorduras do bem minimizam a ação nociva de compostos inflamatórios. Dessa forma, ajudam na prevenção de uma série de males que dão as caras em locais díspares como o coração, o intestino e as articulações. Sem falar que ainda entram na constituição da retina e da massa cinzenta. Recentemente, um trabalho da UFSC analisou as quantidades de ômega-3 em diversos peixes da costa brasileira. E adivinhe... A sardinha foi a campeã de EPA, ficando à frente de pescados como o bonito e o atum.

O RANKING DO ÔMEGA-3

Veja a posição que a sardinha ocupa nessa disputa


Fonte: Revista Saúde, outubro de 2008.

28 de outubro de 2008

CIENTISTAS CRIAM TOMATE ROXO QUE 'PODE EVITAR O CÂNCER'....


Cientistas britânicos desenvolveram um tomate roxo que, acreditam, poderá ajudar a prevenir o câncer. A fruta é rica em um pigmento antioxidante chamado antocianina - encontrado também em frutas como amoras - conhecida por ajudar a desacelerar o crescimento de células cancerígenas.
Uma equipe do John Innes Centre, em Norwich, na Inglaterra, desenvolveu os tomates roxos ao incorporar genes da planta boca-de-dragão, rica em antocianina. O estudo foi publicado na revista acadêmica Nature Biotechnology. A antocianina se acumulou nos tomates em níveis mais altos do que os atingidos anteriormente e deu à pele e à polpa da fruta uma cor roxa intensa.
A equipe do John Innes Centre investiga maneiras de aumentar os níveis de compostos saudáveis em frutas e legumes mais consumidos. A maioria das pessoas não come cinco porções de frutas elegumes por dia, mas pode se beneficiar mais com aqueles que comem se frutas e legumes puderem ser cultivados com níveis mais altos de compostos bioativos.

23 de outubro de 2008

UNIVERSITÁRIOS QUEREM CRIAR 'CERVEJA ANTICÂNCER'.....



Um grupo de estudantes da Universidade Rice, no Estado americano do Texas, pretende criar uma cerveja transgênica que contém resveratrol, uma substância química presente no vinho que tem se mostrado capaz de reduzir os riscos de câncer e doenças cardíacas em experiências com ratos de laboratório.
Segundo informações da BBC Brasil, os estudantes vão inscrever o projeto no maior concurso internacional de biologia sintética, o iGEM (International Genetically Engineered Machine), que será realizado nos dias 8 e 9 de novembro em Cambridge, no Estado americano de Massachusetts.Na competição, as equipes utilizam DNA para criar organismos vivos que fazem coisas incomuns, como bactérias que se comportam como um filme fotográfico.
A pesquisa dos estudantes de Rice ainda está na fase teórica. Estão trabalhando, no momento, na criação de uma variedade transgênica de fermento que deverá produzir resveratrol ao mesmo tempo em que fermenta a cerveja.Até hoje, de acordo com a BBC Brasil, só uma variedade de fermento transgênico foi aprovada para uso em cervejas.Estudos indicam que o resveratrol possui propriedades antiinflamatórias, anticâncer e produz benefícios cardiovasculares para animais de laboratório.
Ainda não foi estabelecido se a substância oferece benefícios também a seres humanos, mas o resveratrol já é vendido em lojas de produtos naturais.

22 de outubro de 2008

PECTINA COMBATE O CÂNCER......





A pectina, fibra encontrada na maioria das frutas e verduras, pode ajudar a evitar o câncer, de acordo com um estudo inacabado do Institute of Food Research. "A maioria das alegações de alimentos com efeitos contra o câncer são baseadas em estudos de populações. Para esta pesquisa, testamos um mecanismo molecular", afirma o coordenador da pesquisa, professor Vic Morris.
O nível de pectina em frutas e verduras varia muito, mas maçãs e laranjas teriam grandes quantidades, enquanto os morangos e as uvas teriam baixa concentração da fibra.
O estudo afirma que ingerir um só alimento não faz diferença. Porém, com uma grande variedade de frutas e vegetais, será possível atingir uma combinação de efeitos anti-cancerígenos.

21 de outubro de 2008

GERGELIM, MUITO MAIS QUE ENFEITE E SABOR....


Embora muitas pessoas pensem que o gergelim serve apenas para enfeitar sanduíches e dar um gostinho especial a saladas, molhos e frutas, essa semente é rica nutricionalmente. Em alguns países até compõe uma bebida indicada às mulheres em período de amamentação, para aumentar a produção de leite.
Bastante apreciado na Índia, Egito, China e Grécia, é rico em proteínas, fibras e ferro, vitamina E, minerais como fósforo, magnésio, selênio, zinco e manganês. Estudos indicam que o gergelim atua como ativador do reflexo cerebral e fortalecedor da pele. A presença do cálcio em sua composição ajuda ainda no combate ao desgaste ósseo.
O gergelim é, ainda, assim como a soja, considerado um dos vegetais mais ricos em lecitina, um poderoso emulsionante, que facilita a dissolução das gorduras em meio aquoso. Uma das suas funções no sangue consiste em manter dissolvidos os lipídios em geral, especialmente o colesterol, evitando assim que se deposite nas paredes das artérias (arteriosclerose).

18 de outubro de 2008

SEJA ATIVO 2008........


Em sua segunda edição, o evento Seja Ativo realizado por várias academias de Goiânia, mais uma vez promoveu ações de incentivo à prática de atividades físicas.

Com aulas de várias modalidades abertas ao público em geral, Fisioterapeutas, Educadores Físicos e Nutricionistas, e neste ano novamente a convite da equipe Seja Ativo participei orientando a população á respeito de assuntos relacionados à alimentação.

O evento Seja Ativo realizou-se hoje no Shopping Flamboyant das 10:00 às 22:00 hs....
Maiores informações: http://www.sejativo.com.br/

SEJA ATIVO - EXERCITE SAÚDE !!!!!

15 de outubro de 2008

BAIXO NÍVEL DE VITAMINA D PODE SER CAUSA DO MAL DE PARKINSON....



Um estudo conduzido por pesquisadores americanos da Universidade de Emory sugere ligação entre o mal de Parkinson e a deficiência de vitamina D.

Do total de pacientes examinados – 100 com Parkinson, 100 com Alzheimer e 100 idosos saudáveis – 55% apresentaram níveis insuficientes da vitamina. A carência, no entanto, ainda não está claramente relacionada. Os pesquisadores desconhecem se a deficiência é causa da doença ou conseqüência trazida pela doença.

Descobrimos que vitamina D insuficiente tem associação única com o Parkinson, o que nos intriga ainda mais e requer investigação avançada – confirmou Marian Evatt, coordenadora do estudo publicado na revista especializada Archives of Neurology.

As buscas mais detalhadas serão fundamentais para determinar qual estágio dos níveis de deficiência da vitamina ocorre no cérebro das pessoas com Parkinson, e se suplementos alimentares ou maior exposição à luz do sol ajudariam a aliviar os sintomas da doença.

11 de outubro de 2008

SEMANA MUNDIAL DA ALIMENTAÇÃO TEM FOCO NA SEGURANÇA ALIMENTAR


Cerca de 150 países celebram, em 16 de outubro, o Dia Mundial da Alimentação. O objetivo da data estipulado para este ano será refletir sobre as seguranças alimentar e nutricional, sob o tema "Segurança Alimentar Mundial: Os Desafios das Mudanças Climáticas e da Bioenergia". As seguranças alimentar e nutricional englobam questões como o acesso a terra e água, incentivo da agricultura familiar, valorização da biodiversidade e reeducação alimentar para uma dieta mais saudável.
No Brasil, a campanha é encabeçada pelo Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), que já disponibilizou na Internet a página da Semana Mundial da Alimentação para estimular a participação de municípios e estados.
Para divulgar os evento, foi criado um logo utilizando o feijão, que unifica as diferentes culturas alimentares que convivem no Brasil. Além de ser um alimento de grande expressão popular, o feijão representa a riqueza de variedades e de usos na preparação de alimentos e possui grande valor nutricional.
O 16 de outubro marca o Dia Mundial da Alimentação por ser o dia da fundação da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), em 1945. O objetivo da FAO é elevar os níveis de nutrição e desenvolvimento rural.

8 de outubro de 2008

DIETA DE 'JUNK FOOD' DURANTE A GRAVIDEZ PREJUDICA A CRIANÇA, DIZ ESTUDO....



Um estudo realizado em ratos sugere que uma alimentação à base de junk food por mães durante a gravidez e a amamentação pode prejudicar, a longo prazo, a saúde da criança.
Segundo os pesquisadores da Royal Veterinary College, em Londres, uma dieta de junk food por parte de mãe pode causar problemas como obesidade, alto nível de colesterol e glicose e diabetes na criança.
A pesquisa ressalta ainda que alguns dos danos causados à saúde do bebê podem ser irreversíveis, mesmo que a criança tenha hábitos alimentares saudáveis.
"Parece que dieta da mãe durante a gravidez e amamentação é muito importante para a saúde da criança a longo prazo", disse Stephanie Bayol, que liderou o estudo.
"Sempre falamos que você é o que você come, mas na verdade pode ser verdade que você é o que sua mãe comeu", disse a pesquisadora.
O estudo está publicado na edição de julho da revista científica The Journal of Physiology.

3 de outubro de 2008

ALECRIM AUXILIA NO COMBATE AOS RADICAIS LIVRES....




Uma pesquisa realizada na Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF) da USP analisa a capacidade antioxidante das folhas do alecrim, revelando o quanto seria possível inibir os radicais livres. O alecrim é bastante apreciado por seu aroma e sabor, tendo como constituintes os seguintes compostos fenólicos: ácido carnósico, carnosol, ácido rosmarínico, ácido caféico e éster do ácido hidroxicinâmico.


Foi avaliada a capacidade antioxidante in vitro de extratos e frações de ácidos fenólicos obtidos das folhas de alecrim e o efeito do extrato aquoso sobre ratos diabéticos. Foi constatado que tanto os extratos como as frações apresentaram altos teores de compostos fenólicos totais e expressiva atividade antioxidante in vitro nos três métodos utilizados.

28 de setembro de 2008

APOSTE NOS ALIMENTOS QUE ROUBAM CALORIAS...

Esse grupo valoroso é uma mão na roda para quem quer (ou precisa) emagrecer. É bem verdade que ainda não existem evidências científicas que comprovem essa ação exterminadora de quilos extras. Porém, algumas pesquisas clínicas vêm demonstrando que uma dieta com esses ingredientes auxilia, sim, na perda de peso.
Entram nessa categoria os alimentos hipocalóricos e ricos em fibras, que são mais difíceis de digerir. Como se não bastasse tal vantagem, essa turma é ainda carregada de antioxidantes, que ajudam a combater os radicais livres responsáveis por toda sorte de doenças. Porém, apesar de supersaudáveis, não vale fazer uma dieta só com esses alimentos. O corpo precisa de energia e do equilíbrio entre carboidratos integrais, proteínas magras e gorduras do bem.
Então, encare os ingredientes com caloria negativa como facilitadores do emagrecimento e não como as estrelas únicas do cardápio. É importante lembrar também que o metabolismo varia de pessoa para pessoa, de acordo com sexo, idade, altura, peso, genética e nível de atividade física. Há os que gastam mais do que outros no processo de mastigar, digerir, absorver, armazenar e eliminar substâncias.
Mas afinal, quais são esses poderosos aliados do emagrecimento saudável? Conheça alguns deles e experimente os seus benefícios.
Vegetais: Couve-flor, brócolis, aspargos, cebola, nabo, alface, salsão, pepino, chicória, repolho, espinafre, pimenta vermelha, mostarda, cenoura, abobrinha, berinjela, gengibre, mostarda, aipo e agrião.
Frutas: Grapefruit, mamão papaia, morango, tangerina, amora preta, limão, pêssego, goiaba, melancia, framboesa, melão, abacaxi, maçã e laranja.

19 de setembro de 2008

O PÃO FRANCÊS VAI MUDAR DE SABOR.....

O Plenário do Senado Federal aprovou nesta terça-feira, em votação simbólica, o projeto (PLC 22/07) que obriga as prefeituras e os governos estaduais e federal a exigirem dos seus fornecedores de biscoitos, pães e massas, que a farinha de trigo tenha recebido mistura de algum derivado de mandioca.
O projeto prevê que a farinha de trigo ou seus produtos transformados vendidos aos governos, e utilizadas em programas sociais, deverão ter no mínimo 3% de derivados de mandioca já no primeiro ano de vigência da lei, caso o projeto seja sancionado pelo presidente da República. A partir do segundo ano, a farinha de trigo deverá receber no mínimo 6%, percentual que subirá para 10% depois do terceiro ano.
Os moinhos que aceitarem realizar a mistura contarão com incentivo fiscal. O projeto proposto pelo deputado Aldo Rebelo, em 2001, visa reduzir a importação de trigo e tornar os produtos feitos com sua farinha mais nutritivos. Com isto espera-se a geração de empregos, já que a mandioca é produto tipicamente nacional, produzida com tecnologia simples. Panificadoras particulares não precisarão aderir à medida.

CAFÉ EM EXCESSO 'PODE AFETAR FERTILIDADE'...




Uma pesquisa de uma universidade da Holanda afirma que café em excesso pode reduzir as chances de gravidez em mulheres que já têm problemas de fertilidade.
Os cientistas da Universidade Radboud, em Nijmegan, pesquisaram 9 mil mulheres que tinham recebido fertilização in vitro para ver se engravidavam naturalmente. Cerca de uma em cada sete conseguiu. Mas a pesquisa mostrou que as chances de concepção diminuíram em cerca de 26% entre as mulheres que bebem mais de quatro xícaras de café por dia.

O professor Bill Ledger, especialista em fertilidade da Universidade de Sheffield, afirmou que a cafeína pode ter, potencialmente, um efeito moderado, porém tóxico, nos ovários e esperma, o que poderá ser um problema para aqueles com baixa fertilidade.
Adaptado de :

18 de setembro de 2008

AFASTE OS GOLES CALÓRICOS......


Pouca gente, além dos pesquisadores, se dá conta de quanto certos tipos contribuem para o ganho de peso. Um estudo da Universidade da Carolina do Norte, em Chapel Hill, nos Estados Unidos, acompanhou 46 576 americanos durante nada menos que 37 anos e observou que o consumo de calorias líquidas cresceu consideravelmente, representando 21% da ingestão diária.
Então, repare se o que você põe no copo e na xícara não anda boicotando seu plano de emagrecimento. Refrigerantes, sucos industrializados, leite integral e cappuccino com açúcar podem ser os culpados, aponta Barry Popkin, autor do trabalho. A saída, obviamente, é substituí-los por água, chá, leite desnatado e sucos naturais. E tomar o cafezinho com adoçante também ajuda!
Fonte : Revista Saúde, edição de outubro de 2008.

DIETA MEDITERRÂNEA 'DIMINUI RISCO DE ASMA EM CRIANÇAS'.....



Os cientistas da Universidade de Creta analisaram 468 mulheres e seus filhos da gravidez até as crianças completarem seis anos e meio de idade. O estudo, publicado na revista Thorax, mostrou que a incidência de asma e outras alergias respiratórias foi 78% menor entre as crianças cujas mães tinham consumido grande quantidade de frutas, verduras, legumes, peixes e nozes durante a gestação. Em contrapartida, os pesquisadores observaram que a manifestação da asma foi maior entre os filhos das gestantes que haviam comido carne vermelha de três a quatro vezes por semana.
Vitaminas e minerais
Segundo os pesquisadores, o consumo de verduras mais de oito vezes por semana, de peixe mais de três vezes por semana e de legumes mais de uma vez por semana é recomendável para aumentar a eficácia do regime mediterrâneo durante a gravidez. Eles explicam que a dieta apresenta um bom equilíbrio de alimentos ricos em vitaminas e minerais, com alta dose de antioxidantes - substâncias que ajudam a manter os tecidos saudáveis, inclusive o pulmonar.
Além disso, os ácidos graxos encontrados nos peixes também atuam na prevenção contra infecções. Os pesquisadores gregos ainda observaram que quando as crianças atingiam a idade de seis anos e meio a dieta alimentar pouco influenciava no risco de desenvolverem asma.
Fonte do texto e da imagem:

17 de setembro de 2008

TIRAR FOTO 'É MELHOR QUE DIÁRIO' PARA APRIMORAR A DIETA...






A pesquisa, da Universidade de Wisconsin-Madison, comparou os efeitos de diários escritos e de diários fotográficos feitos por um total de 43 voluntários. Os pesquisadores pediram a eles que anotassem tudo o que comiam em um diário, ou tirassem fotografias das refeições, durante uma semana. Depois, eles responderam a perguntas sobre o que comiam. A conclusão foi que a fotografia tem impacto sobre o paciente imediatamente antes de ele fazer a refeição.
“Mais cuidado”
Uma resposta típica dos voluntários analisados foi “tive que pensar com mais cuidado sobre o que estava comendo, porque tinha que tirar uma fotografia”. Em comparação, os diários, normalmente são escritos horas depois da refeição, tinham impacto menor.
“A análise qualitativa das entrevistas com os participantes revelou que os diários fotográficos podem alterar atitudes e comportamentos associados à escolha dos alimentos” com maior probabilidade do que os diários escritos, diz o estudo.
A pesquisa foi divulgada em um artigo na última edição da revista New Scientist.
Adaptado de :
Fonte da imagem:

16 de setembro de 2008

VITAMINA B12 É FUNDAMENTAL PARA EVITAR DANOS NO CÉREBRO...


Um estudo realizado pelo Projeto Oxford para Investigação da Memória e Envelhecimento, na Grã Bretanha, constatou que a vitamina encontrada em carnes, peixes e leite é crucial para manter o bom funcionamento das funções cerebrais em idosos. Durante cinco anos, os pesquisadores analisaram 107 pessoas, com idades entre 61 e 87 anos, e constatou que a deficiência da vitamina B12 pode estar associada ao encolhimento do cérebro e, conseqüentemente, levar a deemência.
A falta da vitamina realmente é um problema comum entre os idosos e, com a pesquisa, podem ser tomadas novas atitudes para aumentar a qualidade de vida. Outro ponto fundamental para manter o cérebro na ativa é fazer trabalhos manuais, ler muito e aprender coisas novas sempre.
Manter essas funções em ordem é também uma questão de sobrevivência: a taxa de mortalidade aumenta quando essas capacidades despencam. Quem quiser reforçar a alimentação para estimular o cérebro deve consumir os antioxidades, como: castanhas, amêndoas, lentilha, espinafre e o azeite de oliva extra-virgem, esses alimentos são capazes de estimular e auxiliar o cérebro contra sua degeneração.

15 de setembro de 2008

CHOCOLATE AMARGO E CACAU TRAZEM BENEFÍCIOS CARDIOVASCULARES....


A ingestão de chocolate amargo e cacau melhora significativamente a função endotelial e a pressão sanguínea em adultos saudáveis com sobrepeso.
A grande quantidade de flavonóides encontrada no cacau e em alguns tipos de chocolate contribui beneficamente para a saúde cardiovascular, uma vez que os flavonóides são antioxidantes naturais, que têm a propriedade de intensificar a função endotelial por meio da ativação do sistema de síntese do óxido nítrico e da diminuição de coágulos nos vasos sanguíneos.
Estas informações foram reveladas por estudo realizado em duas fases, contando com a participação de 45 indivíduos adultos e saudáveis, com média de idade de 53 anos e média de índice de massa corpórea de 30 kg/m.

Referência(s):

Faridi Z, Njike VY, Dutta S, Ali A, Katz DL. Acute dark chocolate and cocoa ingestion and endothelial function: a randomized controlled crossover trial. Am J Clin Nutr. 2008;88(1):58-63.

14 de setembro de 2008

INFLUÊNCIA DA SUPLEMENTAÇÃO COM CLA NA COMPOSIÇÃO CORPORAL......




Neste domingo, 14 de setembro de 2008, realizei juntamente com minha colega, a Nutricionista Tatiana Dias Galvão Cavalcanti de Brasília, a apresentação do Artigo de conclusão do curso de Pós Graduação em Nutrição Esportiva, pela Universidade Gama Filho.


Nossa área de pesquisa foi a suplementação com o ácido linoléico conjugado (CLA), cujo título é: "Influência da Suplementação do Ácido Linoléico Conjugado (CLA) sobre a Composição Corporal de Homens e Mulheres".

Os resultados obtidos estão sendo disponibilizados aos interessados:

http://nutricorpo1.googlepages.com/APRESENTAO-ARTIGOCLA.ppt#256,1,UNIVERSIDADE GAMA FILHO Programa de Pós-Graduação Lato Sensu em Nutrição Esportiva: Bases Nutricionas da Atividade Física

ARROZ E FEIJÃO FAZEM O PESO DESPENCAR.....




Todo mundo foge deles quando começa uma dieta. E sem motivo. Está mais do que comprovado que arroz e feijão não só não engordam como ajudam a emagrecer.

Diferentemente do que muita gente pensa, juntos eles promovem uma saciedade de longa duração, mesmo se o cereal não for integral. Mas, claro, se o arroz não for beneficiado, a sensação de estômago cheio chega a ser maior ainda. Ou seja, quando adotamos esse prato tradicional, ficamos mais satisfeitos e ingerimos menos calorias na refeição e ao longo do dia. Isso por duas razões: a dupla é rica em fibras e é capaz de liberar paulatinamente glicose no sangue, afastando a fome por mais tempo e evitando a produção excessiva de insulina, hormônio que favorece o estoque de gorduras e o aparecimento de doenças como o diabete. Além das fibras, eles possuem cálcio e proteínas, que aceleram o metabolismo e espantam a vontade de comer mais.

De fato, eles são um par mais que perfeito. O arroz e o feijão não só fornecem diversos nutrientes como formam uma proteína completa. Explicando melhor: o primeiro é pobre no aminoácido lisina, que, por sua vez, sobra no feijão. Já o aminoácido metionina não é encontrado em abundância nessa leguminosa, porém é farto no arroz. E proteínas têm tudo a ver com emagrecimento, já que elas também dão saciedade, além de ajudar na queima de calorias.

Para usufruir dos seus benefícios, adote a proporção 3 para 2, isto é, 3 colheres de sopa de arroz para 2 de feijão. Assim, você obtém nutrientes em perfeito equilíbrio. E em matéria de calorias, ambos somam 239 1 colher de sopa de arroz contém 41 e 1 de feijão, 58. Ou seja, a dupla não compromete as formas de ninguém!

13 de setembro de 2008

A PROTEÍNA DAS MANHÃS.....



Já se desconfiava que pitadas a mais de proteína na dieta evitariam ataques de gula. E nesta semana o British Journal of Nutrition publicou um trabalho surpreendente que foi realizado em solo americano na Universidade Purdue. O horário em que você consome a proteína faz toda a diferença para aproveitar esse efeito saciedade.

Para o estudo, foram recrutados homens acima do peso na faixa dos 40 anos. Todos seguiram uma alimentação equilibrada de baixas calorias, fracionada em cinco refeições. Mas havia diferenças. Parte do grupo recebeu uma dieta com um teor, digamos, convencional de proteínas. Para o restante, porém, os nutricionistas criaram um programa alimentar com o mesmo valor calórico, mas com uma participação maior de fontes protéicas. De 18% a 25% das calorias consumidas vinham de alimentos ricos em proteínas.

Os pesquisadores já esperavam que essa turma sentisse menos fome ao longo do dia. O que intrigava mesmo era descobrir o seguinte: se essas pessoas concentrassem mais proteínas em uma determinada refeição, será que isso faria alguma diferença? A resposta foi sim!!!

Mas trata-se da primeira evidência científica de que o horário de consumo das proteínas faz diferença e uma revelação assim, sem dúvida, pode ajudar pessoas que precisam perder peso de uma maneira mais saudável, sem apelar para saídas malucas.

Os especialistas recomendam que você complemente o leite desnatado com duas porções de alimentos protéicos. Uma porção equivaleria a um ovo cozido ou uma omelete simples preparada sem gordura ou feita só de claras; duas fatias finas de peito de peru ou de presunto light ou, ainda, de queijo light também; uma colher de sopa de queijo cottage; um copo de iogurte desnatado batido com adoçante, entre outros exemplos.


12 de setembro de 2008

NUTRICIONISTA, IMPOSSÍVEL VIVER SEM UM(A)...



Dez motivos para procurar um nutricionista :

1 – Único profissional que pode prescrever dietas
2 - Comendo bem você melhora seu desempenho nos estudos e trabalho
3 - Com a dieta equilibrada é mais fácil manter o peso adequado
4 - Determinados alimentos promovem melhora na performance de praticantes de atividade física
5 - Uma alimentação balanceada deixa a pessoa mais bonita. Melhora pele, cabelos e humor
6 - Ter sugestão de receitas e cardápios saudáveis e saborosos
7 - Através da alimentação correta é possível prevenir e controlar doenças como hipertensão arterial e diabetes
8 - Orientação na compra de alimentos que beneficiem toda a família
9 - Ensina como controlar a qualidade/higiene dos alimentos
10 - Comendo bem você ganha qualidade de vida e bem-estar.

Nutrir-se bem é alimentar-se adequadamente em termos de quantidade e qualidade, evitando doenças. Para isso, é necessário ingerir, em proporções balanceadas, alimentos com nutrientes como proteínas, açúcares (como carboidratos e massas), lipídios (gordura), vitaminas e sais minerais.



CONSUMO DE PEIXES DURANTE GESTAÇÃO E AMAMENTAÇÃO MELHORA O DESENVOLVIMENTO DOS BEBÊS


O aleitamento materno é importantíssimo para o bom desenvolvimento cognitivo dos bebês. Mas para que o alimentos seja rico nos nutrientes necessários às crianças a alimentação da mãe precisa ser balanceada.
Uma das melhorias que as gestantes podem fazer na dieta mesmo antes do nascimento de seus filhos é aumentar o consumo dos peixes para 2 vezes por semana. Este consumo deve ser mantido também durante a lactação de acordo com um estudo publicado em setembro no American Journal of Clinical Nutrition, que demonstrou que ômega-3 presente nos peixes passa para o leite materno sendo benéfico ao desenvolvimento infantil. No estudo bebês cujas mães faziam uso dos peixes tinham melhores notas nos testes de desenvolvimento aos 6 e aos 18 meses de vida.

31 de agosto de 2008

31 DE AGOSTO - DIA DO NUTRICIONISTA....


Na arte de nutrir a vida, o NUTRICIONISTA é o maestro que rege a orquestra do organismo humano através da sinfonia dos sentidos.....
Ser NUTRICIONISTA é vitaminar planos, dar energia a sonhos e alimentar idéias....
PARABÉNS a todos os colegas NUTRICIONISTAS pelo empenho e dedicação que esta profissão tão importante exige de todos nós, para que possamos disseminar a importância da Alimentação Saudável na melhoria da Qualidade de Vida !!!!