12 de outubro de 2017

Cuidado para não exagerar nas castanhas...


Levanta a mão quem ama castanhas  Mas apesar de todos os benefícios para nossa saúde é preciso tomar cuidado para não exagerar. É comum ver pacientes comendo castanhas como snacks o dia todo, e por isso acabam comprometendo os resultados. Além dos benefícios elas vão acrescentar uma grande quantidade calórica que pode interferir no seu processo de emagrecimento.

Mesmo em estratégias como a Low Carb em que as gorduras saudáveis são liberadas em maior quantidade, é muito frequente ver pacientes excluindo os carboidratos, mas abusando de castanhas que no final das contas vai pesar e muito no resultado final.

As oleaginosas devem e sempre estão presentes nos Planos Alimentares, mas estão inseridas com moderação. Consulte seu Nutricionista para a individualização das quantidades e necessidades.

6 de outubro de 2017

Benefícios da semente de abóbora...



A semente de abóbora  está sempre presente nos meus Planos Alimentares, é minha queridinha e meus pacientes a conhecem bem!

Mas afinal, você sabe quais os benefícios de consumir esta super semente no seu dia-a-dia? 

A semente de abóbora é antiinflamatória, contém fitoesteróis que ajudam a reduzir o LDL colesterol, diminui os radicais livres, é rica em cromo, mineral importante no controle da ansiedade e no controle da compulsão por doces

Ainda possui na sua composição ferro, zinco e magnésio que auxiliam na proteção cardiovascular e previnem a osteoporose. E por último, mas importantíssimo, é fonte de triptofano, aminoácido precursor da serotonina que melhora a sensação de bem-estar e o sono, já que a melatonina (hormônio do sono) é produzida a partir da serotonina. 

Ou seja, tem que fazer parte da sua rotina alimentar. Uma dica é dar uma leve torrada no forno para ficarem crocantes e mais gostosas. Minha sugestão de consumo é colocá-la na salada, com frutas, enriquecer seu mix de castanhas ou como um petisco. O importante é colocar ela na sua vida.


2 de outubro de 2017

Outubro Rosa: mês de prevenção ao câncer de mama...


O Outubro rosa  é uma campanha internacional pela prevenção do câncer de mama, uma das principais causas de morte de mulheres em todo mundo. 

A campanha visa conscientização e tem como objetivo principal alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama. 

O autoexame, assim como a mamografia são importantes na detecção e prevenção do câncer de mama. Mas a alimentação também é uma forma de prevenção!
Algumas substâncias encontradas nos alimentos possuem propriedades protetoras e contribuem para reduzir os riscos do câncer de mama, como os antioxidantes:

VITAMINA C (acerola, caju, kiwi, morango, laranja, goiaba, pimentão);

VITAMINA E (vegetais verdes escuros, gema de ovo e castanhas);

LICOPENO (tomate, goiaba, pitanga, melancia)

BETACAROTENO (cenoura, mamão, manga e abóbora).

Deve-se incluir também na alimentação o grupo das crucíferas (couve-flor, espinafre, brócolis, nabo, rúcula, agrião, mostarda, rabanete e couve de Bruxelas) pela ação do indol-3-carbinol, que auxilia na prevenção do câncer de mama. Além disso, o consumo de  ÔMEGA-3, um antiinflamatório natural e  VITAMINA D, que melhora o sistema imunológico, também é recomendado.

Hábitos saudáveis  como praticar atividades físicas, reduzir a exposição ao estresse, diminuir a inflamação do organismo, dormir bem, consumir alimentos orgânicos, evitar o fumo, o álcool, alimentos industrializados, corantes, conservantes, também são medidas que auxiliam na prevenção não apenas do câncer de mama, mas garantem uma melhor qualidade de vida!