29 de abril de 2015

27 de abril de 2015

Quatro alimentos que combatem inflamações...

Cereja

A pequena fruta pode diminuir significativamente os marcadores inflamatórios no corpo (como a proteína C reativa) e ajuda a prevenir doenças cardiovasculares, diabetes, artrite e diversos tipos de câncer.

Manga

Compostos da fruta tropical chamados polifenóis podem combater células cancerosas na mama. Além disso, a manga é fonte de mais de 20 vitaminas e minerais, incluindo as vitaminas A, C, B6, folato e potássio.

Cúrcuma

Devido a seus benefícios no combate a inflamações, os cientistas estão usando o ingrediente ativo da planta, a curcumina, em experimentos contra a artrite reumatoide e a doenças neurodegenerativas, como o mal de Alzheimer.

Gengibre

A erva é usada há séculos contra a náusea e a dor. Agora, cientistas avaliam se ela pode beneficiar pacientes com osteoartrite. Outra avaliação é que ela pode ajudar a reduzir a inflamação neuronal e declínios cognitivos e da memória.

Fonte: O Globo

24 de abril de 2015

Dica de lanche...



Quando aperta a vontade de doce ou até mesmo como um super pré-treino!

Banana cortada e recheada com pasta de amendoim com cacau e nibs de cacau e canela para finalizar.

22 de abril de 2015

Conheça os benefícios do Matcha....



De origem japonesa, esse pó é da mesma folha do chá verde, a camellia sinesis, mas a diferença está na sua extração. Nesse caso, a folha é cultivada à sombra, processada em vaporizadores e depois moídas, assim, transformadas em um pó muito fino.

Depois, o matcha é armazenado em ambiente longe da luz e embalado a vácuo, evitando o contato com ar para manter intacta as propriedades antioxidantes e cor viva.

Além da ação detox, devido aos seus antioxidantes, o matcha traz muitos outros benefícios ao organismo:

+ Aceleração da taxa de metabolismo basal, dessa forma, ajudando no processo de emagrecimento;

+ Ajuda na prevenção de câncer;

+ Combate os radicais livres gerados no organismo por estresse;

+ Dá energia ao corpo;

+ Ajuda a manter a pele saudável;

Segundo Rossana, por conter betacaroteno, o matcha também ajuda a livrar a pele de celulites.

Inclua na dieta

Por acelerar o metabolismo, ajuda no funcionamento do organismo eliminando eficazmente as toxinas, elevando a taxa de metabolismo basal do nosso organismo e assim aumentando o gasto de calorias, ajudando no emagrecimento.

O matcha pode ser um grande aliado de quem está no passando pelo processo de perda de peso. Por isso, é indicado o consumo (em jejum) meia hora antes de qualquer refeição. Esse pó pode ser inserido em receitas de sucos, bolos e outras receitas, pois a sua consistência facilita o seu uso.

Cuidados

Recomenda-se o uso de até dois copos de chá por dia ou meia colher de matcha em outras refeições. É preciso cuidado, já que o seu uso em excesso pode prejudicar o sono. 

Já para aqueles que usam algum tipo de suplementação para corrigir a deficiência de minerais no organismo, ou hipertensos, devem evitar o consumo do pó de matcha.

Fonte: Revista Shape

20 de abril de 2015

Comer ovos reduz risco de diabetes...



A aparentemente infindável novela sobre se comer ovos faz mal ou bem ganhou mais um capítulo.

A novidade mais recente é que a ingestão de ovos pode reduzir o risco de diabetes tipo 2.

Quem garante é o Dr. Jyrki Virtanen, que coordenou uma equipe da Universidade Leste da Finlândia na tentativa de esclarecer as consequências de comer ovos sobre a saúde humana.

Ovos e diabetes

Parece bem fundamentado o fato de que o aumento do número de casos de diabetes tipo 2 em todo o mundo está ligado aos hábitos e estilos de vida, com poucas atividades físicas e problemas de nutrição.

Em alguns estudos, são as dietas ricas em colesterol que têm sido associadas com distúrbios no metabolismo da glicose e, portanto, de um maior risco de diabetes tipo 2. Em contraste, em outros estudos experimentais, o consumo de ovos tem levado a um melhor equilíbrio da glicose, entre outros benefícios.

Quem tem razão?

Para tentar descobrir, a equipe finlandesa analisou os hábitos alimentares de 2.332 homens com idades entre 42 e 60 anos, durante um acompanhamento de 19,3 anos.

A conclusão é que o consumo de ovos está associado com um menor risco de diabetes tipo 2, bem como com níveis mais baixos de glicose no sangue.

Homens que comiam aproximadamente quatro ovos por semana apresentaram um risco 37% mais baixo de ter diabetes tipo 2 do que os homens que só comiam cerca de um ovo por semana.

A associação se manteve mesmo depois de serem eliminados possíveis fatores de confusão, como prática de atividade física, índice de massa corporal, tabagismo e consumo de frutas e verduras. O consumo de mais de quatro ovos por semana não trouxe benefícios adicionais significativos.

Valores nutricionais dos ovos

Além do colesterol, grande responsável por sua má fama, os ovos contêm muitos nutrientes benéficos que podem ter um efeito sobre o metabolismo da glicose, além de reduzir o grau de inflamação, o que pode ajudar a explicar a diminuição do risco de diabetes tipo 2.

A equipe também sugere que os efeitos globais dos alimentos sobre a saúde são difíceis de prever avaliando nutrientes individuais, tais como o colesterol, considerado isoladamente.

Por isso, recomendam, em vez de se concentrar em nutrientes individuais, as pesquisas de nutrição devem dar atenção aos efeitos sobre a saúde de práticas alimentares ao longo de um período de vários anos.

Fonte: Diário da Saúde

15 de abril de 2015

Óleo de coco e exercícios combatem hipertensão...



O óleo de coco é um dos poucos alimentos que podem ser classificados como um "superalimento".

Sua combinação exclusiva de ácidos graxos pode ter efeitos positivos profundos na saúde, incluindo a perda de gordura, aumento do colesterol bom, melhor funcionamento do cérebro e muitos outros benefícios, incluindo o combate a cáries e aftas.

Agora, pesquisadores da Universidade Federal da Paraíba dispuseram-se a testar a hipótese de que uma combinação de óleo de coco por dia e treinamento físico poderia restaurar a pressão arterial normal em indivíduos hipertensos.

Óleo de coco com exercício

Usando animais de laboratório espontaneamente hipertensos - sem alterações genéticas - a equipe constatou que tanto o óleo de coco quanto o treinamento físico reduzem o ganho de peso.

Igualmente, tanto a suplementação de óleo de coco quanto o condicionamento físico, ambos aplicados individualmente, reduziram a pressão sanguínea.

No entanto, somente quando o óleo de coco e o treinamento físico foram combinados, eles foram capazes de trazer a pressão arterial de volta aos valores normais.

"Esta é uma descoberta importante, uma vez que o óleo de coco está sendo considerado um 'superalimento' e está sendo consumido por atletas e pela população em geral que procura um estilo de vida saudável," disse o Dr. Valdir de Andrade Braga, um dos autores do estudo.

Testes em humanos

"A possibilidade de usar o óleo de coco como adjuvante no tratamento da hipertensão vem se somar à longa lista de benefícios associados ao seu consumo.

"Nosso próximo passo é começar alguns ensaios clínicos a fim de verificar se podemos reproduzir esses resultados em pacientes humanos hipertensos," finalizou Valdir.

Fonte: Diário da Saúde

13 de abril de 2015

Sabia que a hora que você acorda pode afetar no seu workout diário?


Essa é para os que não gostam de acordar cedo: uma pesquisa da Current Biology descobriu que o desempenho no workout diário pode variar de acordo com o “relógio biológico” de cada um.
Diferente do que se acreditava anteriormente – que atletas costumam atingir seus melhores desempenhos no início da noite ou no começo da manhã –, o estudo notou uma diferença na performance entre as pessoa nos mais diversos horários.

“Nossa pesquisa nos afasta da ideia de que o que importa é a hora do dia em que acontece a corrida e nos direciona mais para o horário biológico interno” explica Roland Brandstaetter, professor da Universidade de Birmingham (Reino Unido) e coautor de artigo.

O estudo foi realizado com jogadores de hóquei, mas os resultados podem ser aplicados a pessoas normais. Os jogadores foram divididos em três tipos: os “madrugadores”, que são os que acordam cedo; os “corujas”, que dormem tarde e os que têm perfil de sono intermediário, ou seja, costumam acordar 9:30 e ir dormir meia noite. Os testes revelaram que tanto os “madrugadores” quanto os com perfil intermediário tinham curvas de desempenho semelhantes ao longo do dia, atingindo a performance máxima 5 e 6 horas após o despertar; já os “corujas” demoravam cerca de 11 horas – motivo que leva os cientistas a afirmarem que a maioria dos atletas está nos dois primeiros grupos.

É importante lembrar que o relógio biológico de cada um é moldável, e acordar cedo, apesar de pouco agradável, pode virar um hábito quando repetido diariamente.

Fonte: Vogue

10 de abril de 2015

Fitoquímicos evitam acúmulo de gordura no fígado...



Mulheres na menopausa muitas vezes lutam contra o ganho de peso gerado quando os seus níveis de estrogênio caem, e muitas recorrem aos suplementos de perda de peso para ajudá-las a perder os quilos extras.

Mas esses suplementos podem causar um acúmulo de gordura no fígado e uma condição potencialmente fatal chamada doença hepática gordurosa não-alcoólica.

Os suplementos de emagrecimento fazem com que a gordura se mobilize no corpo, aumentando o acúmulo de gordura no fígado. Ao longo do tempo, o excesso de gordura pode levar à inflamação e formação de cicatrizes, explica a Dra. Colette Miller, da Universidade da Geórgia (EUA).

Agora, Miller e sua equipe demonstraram que uma mistura de fitoquímicos e da vitamina D pode ajudar a proteger o fígado contra essa inflamação causada pelo acúmulo de gordura.

Fitoquímicos

Fitoquímicos são compostos ou nutrientes produzidos pelas plantas e que apresentam efeitos benéficos à saúde.

Os compostos derivados de plantas utilizados pela equipe para tentar combater o acúmulo de gordura no fígado incluem o resveratrol, retirado de uvas; genisteína, encontrada na soja; e quercetina, encontrada em cascas de maçã e cebola.

Estudos anteriores já demonstraram que esses compostos ajudam a queimar gordura, fazendo com que as células de gordura "estourem" e liberem seu conteúdo.

Efeito sinérgico

Miller afirma que é quase impossível obter a quantidade suficiente de qualquer um destes compostos, para obter os benefícios observados nos animais usados no experimento, através da ingestão dos alimentos que os produzem, ou mesmo por meio de suplementos.

No entanto, afirma ela, juntos eles têm um efeito sinérgico que "reduz as doses de que você precisa."

Embora o tratamento não tenha feito com que os animais que ingeriram os compostos perdessem peso global, os pesquisadores observam que as camadas de gordura visceral diminuíram, reduzindo os riscos mais severos associados com o acúmulo de gordura.

O próximo passo será repetir os experimentos em humanos, sobretudo para verificar as doses necessárias para evitar o "fígado gorduroso".

Fonte: Diário da Saúde

6 de abril de 2015

Healthy Monday...


SEGUNDA SAUDÁVEL....

Como foi sua Páscoa? Recheada de ovos, bombons, etc? Conseguiu se controlar e hoje trouxe para o trabalho pelo menos um dos ovos para dividir com o pessoal do trabalho? Mandou seus filhos também levarem para escola para dividir com os colegas para ele não se entupir sozinho de chocolate?

Pois é, existe vida após a Páscoa e dependo de como foi a sua existe umas graminhas ou até mesmo quilinhos para serem exterminados. Como não adianta chorar sobre o leite derramado e sobre o chocolate consumido, vamos trabalhar duro para eliminar este peso extra.

Faça uma caminhada mais longa, abandone o elevador, deixe o carro um pouco mais longe, diminua o carboidrato do almoço pela metade e acrescente a mesma quantidade de salada colorida e variada para encher seu corpo de antioxidantes e nutrientes que vão ajudar na faxina! Tome muita água e coma frutas nos intervalos para completar a desintoxicação.

Lembre-se: Toda segunda-feira é uma nova chance para que um estilo de vida saudável se reinicie. Faça da segunda-feira o dia em que você renova seu compromisso de viver uma vida mais saudável !!!

5 de abril de 2015

Feliz Páscoa!


“Páscoa é ser capaz de mudar,

é partilhar a vida na esperança,

é lutar para vencer todo tipo de sofrimento.

Páscoa é dizer sim ao amor e à vida,

Páscoa é renascimento, é recomeço,

é uma nova chance de melhorar

as coisas que não gostamos em nós,

para sermos mais felizes por conhecermos a nós mesmos mais um pouquinho,

e vermos que hoje somos melhores do que fomos ontem.”

3 de abril de 2015

Se exagerar no chocolate, compense!

A Páscoa nem começou e você já está aí preocupada com as calorias? E quem não está? O jeito é comer apenas uma porção, de preferência pequena. Depois, o jeito é compensar.....

2 de abril de 2015

Receita de peixe Saudável para a Sexta-feira Santa...



INGREDIENTES:

-1 filé de peixe da sua preferência por pessoa
- 1/2 tomate por pessoa
- tiras de pimentão verde
- 1/2 cebola por pessoa
- 1/2 limão por pessoa
- ervas a gosto como orégano ou alecrim
- Gergelim
- Cheiro verde

Obs: pode colocar também legumes da sua preferência, champignon, palmito etc....fica muito bom!


MODO DE PREPARO:

Pré-aqueça o forno. Limpe o peixe debaixo da água e enxugue-o com papel absorvente. Coloque cada filé de peixe em cima de uma folha de papel alumínio. Tempere o peixe com sal, pimenta-do-reino e orégano. Corte o tomate e o limão em rodelas. Coloque as rodelas de tomate, de limão e as tiras de pimentão verde em cima do filé. Feche bem a folha de papel alumínio, coloque o ""pacotinho"" numa forma adequada para forno.Cozinhe por 15 minutos. Quando abrir, salpique cebolinha, salsinha e gergelim. Bom apetite!

1 de abril de 2015

Dicas para passar pela Páscoa sem engordar (muito)...


A Páscoa nem começou e você já está aí preocupada com as calorias? E quem não está? O jeito é comer apenas uma porção, de preferência pequena e de chocolate meio amargo ou amargo. Você não consegue resistir aos ovos de chocolate? Então, o jeito é criar estratégias para que o chocolate não provoque um estrago muito grande :)

Algumas sugestões para sua Páscoa ser mais light:

1. Avise seu namorado ou o pessoal de casa que você quer ganhar um ovo meio amargo ou com mais cacau. Estudos mostram que esse tipo de chocolate diminui o apetite e a compulsão por doce.

2. Quebre o ovo em vários pedaços (todos com cerca de 30 gramas) e coma só um por dia.

3. Coloque o chocolate na boca e deixe que derreta aos poucos.

4. Combine o seu pedaço com castanhas ou frutas secas. A gordura boa ou as fibras diminuem o IG (índice glicêmico), reduzindo o poder do chocolate "engordar".

5. Guarde o chocolate num pote fechado e dentro do armário. Longe dos olhos, você fica menos tentada a comer mais um pedacinho.

6. Leve o ovo para o trabalho e divida entre os amigos. Faça o mesmo com seus filhos, se estiverem acima do peso, incentive a levarem para a escola, assim distribuem entre os amigos.