27 de maio de 2015

Pensando em engravidar? Reavalie sua alimentação...


A frase "você é o que você come" todo mundo já ouviu falar e sabe que isso faz todo sentido. Mas você sabia que a alimentação da sua mãe durante a sua gestação e a alimentação que você terá durante a sua interferem na epigenética do seu bebê? 

A genética é a sua estrutura de funcionamento e a epigenética é como tudo vai funcionar, determina as funções dos tecidos e o que eles vão produzir. Segundo alguns estudos, é possível alterar algumas programações epigenéticas em 3 meses. Ou seja, mulheres com maus hábitos alimentares e que pretendem engravidar, devem iniciar uma reeducação alimentar no mínimo 3 meses antes para ajudar a melhorar sua epigenética. Obviamente, quanto antes isso iniciar, melhor pra mãe e pro bebê, e nem preciso citar que devem ser mudanças permanentes. 

A alimentação durante a gestação deve ser pensada desta forma, não apenas para manter um peso saudável, mas sim nas consequências e mudanças que os nutrientes e compostos bioativos que você consome irão influenciar a vida adulta do seu filho e na sua qualidade de vida pós-parto. Infelizmente, a alimentação durante a gestação ainda é bem negligenciada por falta de informação.

Procure um nutricionista capacitado para lhe ajudar a construir um futuro de saúde, bem-estar e longevidade através dos inúmeros benefícios que a alimentação funcional pode lhe oferecer, não as calorias contida neles! Pense nisso!