26 de agosto de 2010

Barra de Cereais, Mocinha ou Vilã da Dieta?.....

As barrinhas de cereais caíram no gosto de muitas pessoas, por serem práticas, podem ser carregadas na bolsa, na gaveta do escritório e servem como lanchinho no meio do expediente.

No entanto, é preciso ter cuidados, assim como qualquer outra fonte de energia, a barra de cereais tem que ser consumida com moderação e jamais ser usada para substituir refeições. A composição nutricional das barras de cereais depende muito de cada produto, uma vez que a variedade no mercado é bastante ampla. De um modo geral, elas são produtos energéticos, apropriados para o consumo anterior a atividade física, ou então rica em fibras, contribuindo para a regularização do trânsito intestinal. 

A dica é: sempre analisar o rótulo (tabela de composição nutricional e lista de ingredientes). As barras de cereais não deveriam ter o rótulo de "produto saudável" uma vez que são fontes de açúcar e gordura. O ideal de ingestão diária de fibras é entre 25 e 30g e a maioria das barrinhas não têm nem 1g, portanto, não substitua fontes ricas em fibras por barras de cereais.