Pular para o conteúdo principal

Própolis orgânica também tem efeito antimicrobiano..


O Brasil é o segundo maior produtor mundial de própolis, sendo superado apenas pela China.

Não é à toa, uma vez que se sabe que a própolis brasileira é a melhor e a mais rica do mundo.

E um novo estudo confirmou as propriedades antioxidantes e antimicrobianas da própolis orgânica produzida na Região Sul do Brasil.

O trabalho foi realizado pela equipe do professor Severino Matias de Alencar, da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), da Universidade deSão Paulo (USP).

Das 78 amostras, coletadas no sul do Paraná e norte de Santa Catarina, em diferentes apiários, foram identificadas sete variantes de própolis orgânica com comprovadas atividades antioxidante e antimicrobiana.

Os efeitos antimicrobianos da própolis foram confirmados em relação às bactérias Streptococcus mutans,Streptococcus sobrinus, Staphylococcus aureus, Streptococcus oralis ePseudomonas aeruginosa.

"Foi uma constatação importante porque havia dúvida em relação a essas própolis orgânicas, por causa dos teores muito baixos de flavonoides, que são as substâncias notoriamente responsáveis pelas propriedades antioxidantes e antimicrobianas das própolis, principalmente de clima temperado. Porém, verificamos que essas mesmas propriedades são exercidas, com igual eficácia, pelos ácidos fenólicos", disse o pesquisador.

Segundo ele, foram identificados altos teores de ácidos gálico, cafeico e cumárico, entre outros tipos de ácidos fenólicos.

Os ácidos fenólicos e os flavonoides pertencem à mesma classe química doscompostos fenólicos, cuja principal característica é a presença em suas moléculas de pelo menos um radical hidroxila ligado a um anel benzênico.

"A atividade antioxidante decorre da doação de elétrons ou íons de hidrogênio (H+), originários da hidroxila, que reduzem os radicais livres oxidantes. Já a atividade antimicrobiana decorre de um entre os três modos de ação seguintes: (1) reação com a membrana celular, alterando sua permeabilidade e causando perda de constituintes celulares ou mudanças conformacionais em ácidos graxos dessa membrana; (2) inativação de sistemas enzimáticos ou de enzimas essenciais, como a H+ATPase; ou (3) suprarregulação ou infrarregulação, envolvendo genes de adaptação ao estresse, glicólises e outros fatores", explicaram os pesquisadores.

Efeitos benéficos da própolis

A atividade antimicrobiana da própolis já era empiricamente conhecida pelos antigos sacerdotes egípcios, que a utilizavam no processo de embalsamamento, para proteger as múmias do ataque de fungos e bactérias.

Há relatos de uso da própolis também na Idade Média, para prevenir infecções no cordão umbilical de recém-nascidos.

E, até mesmo na Segunda Guerra Mundial, a própolis foi empregada como agente cicatrizante e antimicrobiano no tratamento de soldados em alguns hospitais da antiga União Soviética.

O produto consiste, basicamente, em uma resina vegetal, liberada por plantas, e coletada em botões florais pelas abelhas, que recolhem a resina e a carregam para a colmeia, onde ela desempenha várias funções úteis, como asde vedação, impermeabilização e assepsia ambiental, entre outras.

Foram essas funções, essenciais para a preservação da colmeia, que fizeram com que o material fosse chamado de "própolis" (do grego, pro, "em benefício de", e polis, "cidade").

Fonte: Diário da Saúde

Postagens mais visitadas deste blog

Ainda dá tempo!

Bom dia, segunda! ☀️

Mais uma oportunidade de fazermos uma semana diferente!
Mais uma chance de recomeçar!
Quem não recomeça depois do tropeço, nunca chega lá!

Não desista! O ano ainda não acabou!
Dá sim pra gerar mudanças!
Dá sim pra terminar o ano bem melhor!
Confie em você! Comece agora!

Bora?! 🌿💚🍃

Alimentos x Herpes

Um questionamento que faz parte da minha consulta é: “você tem herpes?” Muitas vezes isso gera estranheza! 🤔O que isso tem a ver com a alimentação? Muita coisa!! . . Por exemplo, a arginina, é um aminoácido que estimula a replicação do vírus e aumenta a frequência das crises. Alguns alimentos fonte de arginina: castanhas 🌰 aveia, granola, gérmen de trigo 🌾 amendoim 🥜 chocolate 🍫 coco 🥥milho 🌽 uva 🍇 trigo 🌾  MAS, a noz pecã e o pistache são nuts com uma menor quantidade de arginina. Então se você, assim como eu, possui o vírus e quer deixar ele quieto, mas adora a praticidade das castanhas, elas são as melhores opções! . Logicamente, se o consumo for pontual e sem excessos, você pode se dar bem com as castanhas e elas não serem gatilhos para crises! . . A lisina, que também é um aminoácido, ajuda a conter a replicação do vírus antes da lesão se manifestar na pele. A lisina é importante porque inibe a ação da arginina, evitando a replicação do vírus da herpes.  A lisina está p…

Benefícios da Chlorella...

A Chlorella é uma alga que fornece proteínas, carboidratos, gorduras boas, vitaminas, minerais e fitonutrientes como os pigmentos carotenoides (astaxantina, cantaxantina, loraxantina, flavoxantina e neoxantina) e a clorofila.

A alga apresenta ainda um bom teor das vitaminas C, E e K, e dos minerais cálcio, ferro, fósforo e potássio.
Além disso, possui ação antiinflamatória, atua nas funções cerebrais, fígado e sistema imunológico, auxilia na digestão, no controle da glicemia, melhora dores da artrite, reduz o LDL colesterol.
É uma ótima fonte de glutationa, um potente antioxidante. Nosso fígado também produz a glutationa, que é utilizada para processos de intoxicação por álcool, drogas, nicotina, poluição, determinados alimentos, etc. Como nossa produção de glutationa diminui com a idade, tomar chlorella regularmente pode ser uma maneira bastante eficaz para melhorar as funções do fígado, facilitando a eliminação de toxinas e o combate aos radicais livres.
Regularmente somos expostos …