2 de dezembro de 2011

A colina pode ajudar a proteger o cérebro dos efeitos do envelhecimento...


Esta pode ser a primeira vez que você ouviu falar, mas as dietas ricas em colina podem ajudar a proteger o cérebro dos efeitos do envelhecimento.

Este nutriente da família do complexo B é encontrada em alimentos como frango, gema de ovo, peixes de água salgada e leguminosas como o feijão e soja.

Pesquisadores da Universidade de Boston descobriram que pessoas que tem colina na dieta tiveram melhor desempenho em testes de memória e eram menos propensos a mostrar mudanças no cérebro associadas à demência.


As descobertas sugerem que as pessoas com menor ingestão de colina tinham maior probabilidade de estar em um "caminho" para o declínio mental do que aqueles com maior consumo.


O nutriente é um precursor da acetilcolina, substância química do cérebro, que desempenha um papel fundamental na memória e outras funções cognitivas; os níveis de acetilcolina baixa estão associados com a doença de Alzheimer.

Especialistas geralmente recomendam que os homens se 550mg de colina por dia, enquanto as mulheres devem receber 425mg.

** 1 ovo inteiro contém 215,06 mg de colina, a clara possui apenas 0,42 mg de colina e a gema do ovo contém 215,97mg de colina. Consumir sempre cozido, nunca frito.