Pular para o conteúdo principal

Você Confia no seu Sistema de Saciedade?...



Você não precisa de tanta força de vontade para ter sucesso em uma dieta. Isso é o que afirma o Dr. Brian Wansink, da Universidade de Cornell, nos Estados Unidos.
Segundo ele, a diferença entre o fracasso e o sucesso em uma dieta está em pequenas mudanças que as pessoas podem fazer ao seu redor.
A ideia que é que essas mudanças induzam a pessoa a comer de forma saudável, sem precisar pensar nisso ou ter que se esforçar para isso.
"O segredo é mudar nosso ambiente para que ele trabalhe por você, e não contra você. A maioria de nós tem caos demais em nossas vidas para sermos capazes de, conscientemente, focarmos em cada mordida que damos e nos perguntarmos se ainda estamos com fome,"afirmou Brian. 

Em outro estudo impressionante, Wansink desbancou o mito de que as pessoas sabem quando estão satisfeitas e param de comer antes de ficarem empanturradas.


Os pesquisadores fizeram um experimento no qual voluntários que gostam de sopa foram divididos em dois grupos.
O primeiro grupo sentou-se frente a uma tigela de sopa grande, com capacidade para 610 gramas de sopa.
O segundo grupo recebeu uma tigela "especial": ela não tinha fundo e, sem que os participantes percebessem, um sistema de ar comprimido localizado sob a mesa ia colocando um pouco mais de sopa na tigela conforme o voluntário ia comendo - a sopa baixava, mas mais lentamente.
As pessoas que se sentaram frente às tigelas sem fundo comeram 73% mais do que as pessoas com tigelas normais e, de forma surpreendente, não perceberam que haviam comido mais do que o normal.
"A lição aqui é: não confie em seu estômago para lhe dizer quando você está cheio. Ele pode mentir," disse Wansink.

Estratégias para uma dieta de sucesso
O pesquisador dá outras dicas para quem quer que suas dietas realmente deem resultado:
  • deixe de lado os pratos comuns e passe a comer em pratos de salada
  • mantenha os alimentos não-saudáveis guardados em vasilhas, fora de vista
  • coloque os alimentos saudáveis bem à vista, sobre a mesa ou sobre o balcão da cozinha.
  • nunca coma na frente da televisão
"Essas estratégias simples têm muito mais probabilidade de dar certo do que a força de vontade sozinha. É mais fácil mudar o ambiente do que mudar a sua mente," concluiu Wansink.
Fonte: Diário da Saúde

Postagens mais visitadas deste blog

Ainda dá tempo!

Bom dia, segunda! ☀️

Mais uma oportunidade de fazermos uma semana diferente!
Mais uma chance de recomeçar!
Quem não recomeça depois do tropeço, nunca chega lá!

Não desista! O ano ainda não acabou!
Dá sim pra gerar mudanças!
Dá sim pra terminar o ano bem melhor!
Confie em você! Comece agora!

Bora?! 🌿💚🍃

Alimentos x Herpes

Um questionamento que faz parte da minha consulta é: “você tem herpes?” Muitas vezes isso gera estranheza! 🤔O que isso tem a ver com a alimentação? Muita coisa!! . . Por exemplo, a arginina, é um aminoácido que estimula a replicação do vírus e aumenta a frequência das crises. Alguns alimentos fonte de arginina: castanhas 🌰 aveia, granola, gérmen de trigo 🌾 amendoim 🥜 chocolate 🍫 coco 🥥milho 🌽 uva 🍇 trigo 🌾  MAS, a noz pecã e o pistache são nuts com uma menor quantidade de arginina. Então se você, assim como eu, possui o vírus e quer deixar ele quieto, mas adora a praticidade das castanhas, elas são as melhores opções! . Logicamente, se o consumo for pontual e sem excessos, você pode se dar bem com as castanhas e elas não serem gatilhos para crises! . . A lisina, que também é um aminoácido, ajuda a conter a replicação do vírus antes da lesão se manifestar na pele. A lisina é importante porque inibe a ação da arginina, evitando a replicação do vírus da herpes.  A lisina está p…

Benefícios da Chlorella...

A Chlorella é uma alga que fornece proteínas, carboidratos, gorduras boas, vitaminas, minerais e fitonutrientes como os pigmentos carotenoides (astaxantina, cantaxantina, loraxantina, flavoxantina e neoxantina) e a clorofila.

A alga apresenta ainda um bom teor das vitaminas C, E e K, e dos minerais cálcio, ferro, fósforo e potássio.
Além disso, possui ação antiinflamatória, atua nas funções cerebrais, fígado e sistema imunológico, auxilia na digestão, no controle da glicemia, melhora dores da artrite, reduz o LDL colesterol.
É uma ótima fonte de glutationa, um potente antioxidante. Nosso fígado também produz a glutationa, que é utilizada para processos de intoxicação por álcool, drogas, nicotina, poluição, determinados alimentos, etc. Como nossa produção de glutationa diminui com a idade, tomar chlorella regularmente pode ser uma maneira bastante eficaz para melhorar as funções do fígado, facilitando a eliminação de toxinas e o combate aos radicais livres.
Regularmente somos expostos …