Pular para o conteúdo principal

Leite orgânico ganha espaço na mesa dos brasileiros...



O leite também entrou na tendência orgânica, que cresce cada vez mais no Brasil.
Sem nenhum tipo de agrotóxico nos processos de produção, o alimento obtido de forma natural já chega à mesa do consumidor brasileiro com selo de qualidade.
Pesquisas mostram que os agrotóxicos podem ser a causa de muitas alergias alimentares e são a segunda maior causa de intoxicação.
Apesar das regulamentações, muitos agrotóxicos não autorizados são encontrados nos alimentos.
Leite orgânico
No ano passado, a Embrapa Cerrados, em consórcio com a Universidade Federal de Santa Catarina, decidiu impulsionar a produção e o consumo do leite orgânico no país.
Entre as pesquisas desenvolvidas, o correto manejo de pastagens é um fator fundamental.
A Embrapa está trabalhando no desenvolvimento de uma unidade de pesquisa participativa que possa ser replicada em todo o País.
Os principais nutrientes para a produção de pastagens são o nitrogênio, o fósforo e o potássio.
A fonte de nitrogênio tradicional é a ureia, mas ela é totalmente proibida no sistema orgânico.
O jeito então foi utilizar a adubação verde, com leguminosas fixadoras de nitrogênio.
"Como fonte de fósforo, são usados fosfatos de rochas naturais e, no lugar do cloreto de potássio, usamos o pó de rocha. Tudo é natural e não tem nada de adubo químico", explica João Paulo Soares, da Embrapa.
Preço do leite orgânico
Embora o preço do leite orgânico seja mais alto para o comprador, os números da produção mostram que a aposta no mercado dos alimentos orgânicos pode valer a pena para os produtores.
O preço pago aos produtores pelo leite convencional é de R$ 0,80 por litro, enquanto o leite orgânico rende até R$ 3,50 por litro.
Já no supermercado, o litro do leite produzido sem agrotóxicos custa até R$ 4,50, enquanto o convencional não ultrapassa R$ 2,00.
Mesmo representando ainda uma pequena parcela de tudo que é produzido em território nacional, o crescimento em fabricação do leite sem resíduos tóxicos chega a 250%, se considerados os últimos 10 anos.
Segundo pesquisa recente da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), o brasileiro consome ou inala 6,7 litros de agrotóxico por ano.
Fonte: Diário da Saúde

Postagens mais visitadas deste blog

Bolinhas de amêndoas e leite de coco em pó...

1 xícara de pasta de castanhas 🌰 ou pasta de amendoim 🥜
Leite de coco 🥥 em pó (comprei na @biomundogoiania )
Xilitol para adoçar (opcional)

MODO DE PREPARO 👩🏼‍🍳

Coloque a pasta de castanhas num recipiente e vá acrescentando o leite de coco 🥥 em pó até dar consistência para enrolar. Eu usei 2 colheres 🥄de servir, mas esta quantidade vai variar de acordo com a umidade da pasta que você utilizar. Eu não acrescentei o xilitol, mas se quiser mais doce, manda ver!
Faça as bolinhas e passe no coco ralado, nibs de cacau, leite de coco em pó, cacau etc. Sirva gelado! Maravilhoso ☺️😋

Sorbet de frutas congeladas....

Esse calor de matar pede um sorvete !
Que tal fazer em casa uma versão saudável pra matar a vontade? Claro que um sorvete cheio de açúcar tem seu lugar e hora! Kkk Mas é preciso também ter estratégias para ter este prazer com mais frequência, por que não? .
Tenha sempre frutas congeladas! Este aí fiz de banana  e morango  e nada mais! Congele a banana bem madura, assim vai estar mais adocicada! Bata no liquidificador ou processador até ficar homogêneo. Aproveite!

Mindfulness....

Nossa mente é cheia de distrações. Estamos trabalhando e do nada começamos a pensar na lista do supermercado, que amanhã vence o condomínio e não esquecemos de dar aquela conferida no celular para não perder nenhuma notificação.
Focar a atenção em apenas uma tarefa é um desafio e a meditação mindfulness pode ser a resposta para se manter presente. 
A meditação mindfulness (atenção plena) tem como objetivo aumentar a calma e o relaxamento, melhorar o equilíbrio psicológico, a saúde e o bem-estar geral.
A prática, através da atenção plena na respiração, no corpo e no momento imediato aumenta a percepção das experiências que ocorrem no presente. 
A prática da meditação, seja qual for a técnica, desenvolve a habilidade de nos adaptarmos ao estresse, chamada de resiliência. Ser resiliente não significa não experimentar dificuldades, mas desenvolver a sua própria capacidade para voltar ao estado de homeostase apesar das dificuldades.
Dê uma chance para a meditação! Crie consciência no prese…