Pular para o conteúdo principal

Nutricionista dá dicas para quem vai disputar corrida em Goiânia...



Entrevista concedida à assessoria de imprensa da Caixa para etapa de abertura do Circuito da Caixa:

Goiânia - Sede da etapa de abertura do Circuito de Corridas Caixa 2013, em 7 de abril, Goiânia guarda algumas tentações para quem está se preparando para correr. Com uma culinária influenciada por mineiros, paulistas e índios, a cidade tem pratos como o empadão goiano e a pamonha. 

De acordo com a Dra. Cristiane Spricigo, nutricionista e especialista em nutrição esportiva, todas essas iguarias são permitidas, desde que consumidas com moderação e nos horários adequados. "Os goianos gostam muito de pamonha. O milho, em si, é rico em carboidrato, importante para quem corre, mas a pamonha leva muita gordura na preparação. Não é um prato que eu veto, mas sempre oriento os atletas a comer em horários regulares, não exagerar na quantidade. E, se possível, usar menos gordura ao preparar o alimento", ressalta a Dra. Cristiane, que faz um trabalho individualizado para esportistas e atende grupos de corrida como o Mulheres que Malham (MQM), sempre presente no Circuito Caixa.

Segundo a nutricionista, o ingrediente que não pode faltar no prato do atleta em preparação para uma corrida é o carboidrato. "É preciso incluir alimentos ricos em carboidratos, como pães, massas e outros, tanto ao longo do dia como antes do treino, em geral meia hora antes de ir correr", destaca. A hidratação constante, com água e líquidos contendo vitaminas e sais minerais, também é importante, principalmente numa região como Goiânia, com clima seco de cerrado.

Mas atenção: os cuidados dos atletas com a nutrição devem acompanhar o treinamento físico e procurar orientação especializada pelo menos um mês antes da prova que pretendem disputar. "O corpo demora pelo menos quinze, vinte dias para se adaptar a uma nova rotina alimentar. Muito pouco se pode fazer a uma semana da corrida", explica a Dra. Cristiane. "E, no dia do evento, o atleta não deve comer nada diferente do que seu normal. Se a pessoa não está acostumada a ingerir carboidrato em gel durante os treinos, não deve fazer isso durante a prova, também, ou o corpo pode estranhar e ter uma reação ruim."

Para quem vai disputar a primeira etapa do Circuito Caixa, que terá largada às 8 horas no Parque Areião, uma dica: "procure comer algo leve como um sanduíche de peito de peru", diz a Dra. Cristiane Spricigo.

Mais importante competição de corridas de rua do País, o Circuito Caixa celebra em 2013 dez anos de história, cinco deles em Goiânia. Passando por quatro das cinco regiões brasileiras, a competição conta com a chancela da CBAt. Suas 12 corridas somam pontos para o ranking brasileiro de corredores de rua. Os dez primeiros colocados no ranking, no masculino e no feminino, garantem o patrocínio da Caixa para 2014. 

Postagens mais visitadas deste blog

Bolinhas de amêndoas e leite de coco em pó...

1 xícara de pasta de castanhas 🌰 ou pasta de amendoim 🥜
Leite de coco 🥥 em pó (comprei na @biomundogoiania )
Xilitol para adoçar (opcional)

MODO DE PREPARO 👩🏼‍🍳

Coloque a pasta de castanhas num recipiente e vá acrescentando o leite de coco 🥥 em pó até dar consistência para enrolar. Eu usei 2 colheres 🥄de servir, mas esta quantidade vai variar de acordo com a umidade da pasta que você utilizar. Eu não acrescentei o xilitol, mas se quiser mais doce, manda ver!
Faça as bolinhas e passe no coco ralado, nibs de cacau, leite de coco em pó, cacau etc. Sirva gelado! Maravilhoso ☺️😋

Sorbet de frutas congeladas....

Esse calor de matar pede um sorvete !
Que tal fazer em casa uma versão saudável pra matar a vontade? Claro que um sorvete cheio de açúcar tem seu lugar e hora! Kkk Mas é preciso também ter estratégias para ter este prazer com mais frequência, por que não? .
Tenha sempre frutas congeladas! Este aí fiz de banana  e morango  e nada mais! Congele a banana bem madura, assim vai estar mais adocicada! Bata no liquidificador ou processador até ficar homogêneo. Aproveite!

Mindfulness....

Nossa mente é cheia de distrações. Estamos trabalhando e do nada começamos a pensar na lista do supermercado, que amanhã vence o condomínio e não esquecemos de dar aquela conferida no celular para não perder nenhuma notificação.
Focar a atenção em apenas uma tarefa é um desafio e a meditação mindfulness pode ser a resposta para se manter presente. 
A meditação mindfulness (atenção plena) tem como objetivo aumentar a calma e o relaxamento, melhorar o equilíbrio psicológico, a saúde e o bem-estar geral.
A prática, através da atenção plena na respiração, no corpo e no momento imediato aumenta a percepção das experiências que ocorrem no presente. 
A prática da meditação, seja qual for a técnica, desenvolve a habilidade de nos adaptarmos ao estresse, chamada de resiliência. Ser resiliente não significa não experimentar dificuldades, mas desenvolver a sua própria capacidade para voltar ao estado de homeostase apesar das dificuldades.
Dê uma chance para a meditação! Crie consciência no prese…