23 de novembro de 2011

Dicas de Alimentação para Gota...


Venho atendendo muitos pacientes com alteração no ácido úrico e também já recebi alguns pedidos via Twitter (@nutricorpo) com dicas para este problemas. Elaborei algumas dicas e uma tabela com alimentos para facilitar o entendimento. Mas claro que a gota normalmente não vem isolada, portanto, nem todos os alimentos permitidos serão permitidos para qualquer pessoa. Desta forma, sempre faz-se necessário o acompanhamento de um Nutricionista para que a dieta seja elaborada de forma personalizada.

Vamos às dicas:

- A dieta para o indivíduo com gota deve ser moderada em proteínas, rica em carboidratos e relativamente pobre em gordura e deve incluir alimentos com baixo teor de purinas.

- O consumo de gorduras deve ser reduzido pois o excesso diminui a excreção de ácido úrico.

- Evite o consumo de bebidas alcoólicas. O álcool precipita o ácido úrico, facilitando a formação de cristais.

- O consumo de líquidos, principalmente de água deve ser aumentado  (mais de três litros por dia), o suficiente para que a urina esteja sempre clara. Isso facilita a excreção de ácido úrico e minimiza a possível formação de cálculos.

- É preciso lembrar que, fora das crises de dor, exercícios físicos são sempre necessários, mesmo que em pouca quantidade, pois não raro, há excesso de peso e vida sedentária entre as pessoas com gota. E a redução de peso é sempre útil e ajuda a reduzir a hipertrigliceridemia que existe em 75% dos pacientes com gota.

- Não fique longos períodos sem se alimentar. Quem fica muito tempo sem comer é candidato em potencial a ter uma taxa elevada de ácido úrico. Isso porque, em jejum, o corpo acaba degradando a proteína muscular como fonte de energia, gerando uréia como um dos seus subprodutos.

- Para finalizar, é preciso ter em mente que a gota é uma doença crônica e grave, capaz de provocar muita dor e desconforto se não for tratada com seriedade pelo doente . Por isso, é necessário tratar a doença, muitas vezes para o resto da vida. 

A tabela abaixo serve de guia em relação ao alimentos permitido e proibidos:

(Clique para ampliar)