20 de março de 2012

Ferro x Mulheres Atletas...


O ferro é um mineral fundamental para que as células mantenham seu bom funcionamento. Ele é essencial ao transporte de oxigênio, síntese de DNA e metabolismo energético, porém sua deficiência é a que mais prevalece no mundo. 

Como componente da hemoglobina nas hemáceas, o ferro permite o transporte do oxigênio para o músculo durante o exercício, por isso, a deficiência deste mineral pode limitar a capacidade de trabalho aeróbio, diminuir a eficiência energética e aumentar a fadiga.
Muitos fatores contribuem para o desequilíbrio negativo de ferro em mulheres atletas. Pesquisas indicam que exercícios de endurance induz a uma perda de aproximadamente 2,3mg de ferro/dia pela urina, trato gastrointestinal, e suor.
Estudos conmparando o consumo de ferro entre atletas e sedentárias, mostraram que as atletas tem uma ingestão de ferro total superior as sedentárias. Porém, as atletas apresentaram valores menores nos parâmetros de ferritina e receptor de transferrrina quando comparadas as sedentárias, indicando assim um estado férrico pobre. 
Fontes: 
Malczewska, J et al. The assessment of frequency of iron deficiency in athletes from the transferrin receptor–ferritin index. International Journal of Sport Nutrition and Exercise Metabolism, 11(1): 42–52, 2001.
Woolf K et al. Iron status in highly active and sedentary young women. International Journal of Sport Nutrition and Exercise Metabolism, 19: 519-35, 2009.