6 de maio de 2008

ALIMENTAÇÃO ADEQUADA REDUZ PROBLEMAS DE ALCOÓLATRAS



As hepatopatias, decorrentes do uso contínuo de álcool, vão desde o "fígado gorduroso alcoólico" até hepatite aguda e cirrose. Para o tratamento desses males é preciso que, além da interrupção do consumo alcóolico, se realize uma dieta específica.


É o que comprova um artigo científico de revisão, publicado na última edição da revista Nutrition in Clinical Practice (Volume 21, número 3). Os pesquisadores afirmam que uma melhoria do suporte nutricional pode contribuir para o restabelecimento das funções hepáticas.

Os benefícios são sentidos nas respostas ao tratamento, no alívio dos sintomas e, por consequência, na qualidade de vida dessas pessoas, já que a doença alcoólica do fígado tem um efeito profundo na ingestão de nutrientes, no status nutricional e no metabolismo, contribuindo para uma maior ocorrência de má-nutrição desses indivíduos.

As últimas estimativas sobre o alcoolismo no Brasil, foram feitas em 2001 pelo Centro Brasileiro de
Informações sobre Drogas (CEBRID) e indicam que 11,2% da população brasileira é dependente do álcool, o que corresponde a aproximadamente 21 milhões de pessoas.

Fonte: Redação Saúde em Movimento