Pular para o conteúdo principal

CUIDADO COM O LANCHE ESCOLAR



Fundamental em todas as fases da vida, uma alimentação balanceada é ainda mais importante durante o período de desenvolvimento escolar. O papel da escola é fundamental para a formação dos hábitos alimentares e da personalidade infantil. A criança passa um terço da vida ativa na escola e, portanto, é durante este período que devem ocorrer as orientações em direção aos bons hábitos. Uma alimentação inadequada durante esse período de formação resultará em complicações na vida adulta.
Carências nutricionais específicas, com alterações sensíveis no peso, para baixo ou para cima, mais comumente levando ao sobrepeso, podem ser sinais de que existe algo errado com o lanche que as crianças comem na escola. As refeições e lanches servidos no recreio têm relação direta com a obesidade. É importante que as crianças comam um lanche balanceado. Salgadinhos, hambúrgueres e refrigerantes são os principais causadores da obesidade infantil.
A obesidade na infância tornou-se comum e é uma preocupação constante. A reeducação dos hábitos alimentares deve partir primeiramente da família da criança e, além disso, é necessária a implantação de momentos de educação alimentar nas escolas. Crianças acima do peso vivem em constante sofrimento psicológico, pois também sofrem com a discriminação. Se não tratados corretamente, o lado psicológico influenciará no rendimento escolar e no convívio social.
Para brincar, fazer exercícios e estudar é necessário uma reposição de energia freqüente e, por isso, os alunos não devem permanecer longos períodos em jejum. Um lanche saudável durante o recreio ajuda a criança a aprender melhor, a assimilar as informações e a desenvolver a capacidade de interação pedagógica. Para a reposição de líquido, sucos, chás ou água de coco são boas opções. Já os refrigerantes devem ser evitados.
Fonte de carboidratos, pães, bolachas e bolos são nutritivos em relação à energia, mas devem ser consumidos em quantidades controladas, segundo ele. No caso das proteínas, responsáveis pela manutenção dos tecidos do corpo e pelo bom funcionamento do sistema imunológico, os lácteos, como os queijos, iogurtes e frios, também são indicados. As frutas sempre devem estar presentes. Ricas em vitaminas, sais minerais e fibras, elas exercem diferentes funções orgânicas e ajudam no funcionamento intestinal. Banana, maçã, pêra, uva e mexerica são práticas porque podem ter a casca retirada com facilidade ou mesmo ser consumidas com ela.
O cardápio deve ser balanceado, assim como o valor nutricional da alimentação escolar. De acordo com o cálculo recomendado pela Organização Mundial da Saúde cada criança tem uma necessidade nutricional diferente. A alimentação durante o recreio é fundamental para 15% das crianças com permanência de 4 horas/dia e para 66% das crianças com permanência de 8horas/dia na escola. O segredo está nas combinações feitas entre as variedades dos alimentos.
O ideal é equilibrar toda a alimentação ao longo do dia. Os lanches consumidos na escola devem ser estrategicamente pensados para não influenciar negativamente nas principais refeições. Cardápios coloridos, variados e atraentes estimulam a criança. O mais importante é cortar os salgadinhos e refrigerantes. Além de não fazer bem à saúde, ocasionam distúrbios metabólicos, como o colesterol e a glicemia, e favorecem a obesidade.

Postagens mais visitadas deste blog

Protocolo de Limpeza Intestinal...

O Protocolo de Limpeza Intestinal, é um manejo nutricional para a Modulação Intestinal e seu objetivo é promover injúria bacteriana. Ou seja, morte das bactérias por falta de nutrientes. A falta de proteína durante os 3 dias iniciais gera injúria nas proteobactérias, que não conseguem se multiplicar, tratando a SIBO e disbiose. 
É uma estratégia para equilibrar a microbiota intestinal criada pelo professor Murilo Pereira que colocou um propósito em cada alimento e suplemento incluído, lindo demais! Aprendemos na formação em Modulação Intestinal. Ela promove uma limpeza de intestino delgado e grosso, ao contrário do uso de laxantes por exemplo que limpa apenas o intestino grosso.
O manejo nutricional dura 15 dias, sendo os 3 primeiros os mais importantes e com maior restrição. Nestes dias, além da alimentação, a suplementação para Modulação da microbiota vai variar de acordo com cada paciente, se ele tem Resistência á Insulina ou Síndrome do Ovário Policístico, Síndrome do Intestino I…

Sorbet de frutas congeladas....

Esse calor de matar pede um sorvete !
Que tal fazer em casa uma versão saudável pra matar a vontade? Claro que um sorvete cheio de açúcar tem seu lugar e hora! Kkk Mas é preciso também ter estratégias para ter este prazer com mais frequência, por que não? .
Tenha sempre frutas congeladas! Este aí fiz de banana  e morango  e nada mais! Congele a banana bem madura, assim vai estar mais adocicada! Bata no liquidificador ou processador até ficar homogêneo. Aproveite!

Segundo estudo, consumo de refrigerante aumenta o risco de mortalidade...

Um estudo de coorte conduzido com 450.000 pessoas de 10 países da Europa entre janeiro de 1992 e dezembro de 2000 acabou de ser publicado no JAMA e concluiu que o consumo de 2 copos de refrigerante 🥤 diariamente com açúcar ou adoçante artificial aumenta o risco de mortalidade por várias causas!
O estudo verificou que as principais causas de morte encontradas foram por problemas circulatórios e doenças do trato digestivo.