13 de maio de 2008

DIETA FUNCIONAL - PARTE II




FUNCIONAIS

Aveia

Ajuda a diminuir o colesterol ruim, o LDL, e melhora a prisão de ventre (fator de risco para o câncer de intestino). O consumo diário recomendado é de três colheres (sopa) de farelo de aveia ou quatro colheres (sopa) de aveia.

Soja

Cerca de uma xícara (chá) de grãos cozidos por dia ajuda a diminuir o nível do LDL, a reduzir o risco de doenças cardíacas, a regular o bom funcionamento do intestino, a amenizar incômodos da menopausa e a prevenir o câncer de mama e de próstata.

Tomate

Assim como a melancia, o tomate é rico em licopeno, poderoso antioxidante que contribui para o fortalecimento do sistema imunológico e ajuda reparar os danos às células causados pelos radicais livres. É recomendável consumir 1/2 xícara de molho de tomate por dia.

Alho

Reduz a pressão arterial e protege o coração, ao diminuir a taxa do colesterol ruim, o LDL, e aumentar a do colesterol bom, o HDL. Pesquisas indicam que pode ajudar na prevenção do câncer gástrico ao inibir a ação da Helicobacter pylori, uma bactéria precursora desse tipo de câncer. Dois dentes por dia é o ideal.

Chá verde

Retarda o envelhecimento, ajuda na prevenção de tumores malignos e de doenças coronárias, além de prevenir pedras nos rins. Auxilia também no emagrecimento, pois possui polifenóis, substâncias que, combinadas com a cafeína presente no chá, aceleram o metabolismo. Tome de três a quatro xícaras por dia.

Uva vermelha

Portadora da substância resveratrol, também presente no vinho tinto seco ou no suco de uva vermelha puro, auxilia a aumentar o colesterol bom e evita o acúmulo de gordura nas artérias, prevenindo as doenças do coração. Podem-se beber dois copos de suco de uva puro ou uma taça de vinho tinto seco por dia.

Azeite de oliva

Basta uma colher (sopa) por dia para usufruir dos seus benefícios. São eles: redução do colesterol ruim e do risco de doenças do coração. Mas atenção: prefira o azeite extra-virgem.

Castanha-do-Pará

Assim com a noz, o pistache e a amêndoa, auxilia na prevenção de problemas cardíacos. É rica em selênio, mineral antioxidante que ajuda também a combater a ação dos radicais livres, reduzindo o risco de câncer. A quantidade ideal é duas a três castanhas por dia.

Peixes

Sardinha, salmão, atum e bacalhau contêm ômega-3, que previne infartos e protege o coração ao reduzir o colesterol ruim, o LDL, e aumentar o bom, o HDL. Esses peixes diminuem dores de artrite e atenuam depressão. Devem ser consumidos de duas a três vezes por semana.