Pular para o conteúdo principal

Para Emagrecer Definitivamente é Preciso Alimentar os Genes, não o Estômago, Dizem Pesquisadores...



Se você pudesse pedir aos seus genes para que eles dissessem quais tipos de alimentos são melhores para sua saúde, eles teriam uma resposta simples: um terço de proteínas, um terço de gordura e um terço de carboidratos.
Isso é o que demonstra a pesquisa genética feita por um grupo de biólogos da Universidade Norueguesa de Ciência e Tecnologia que procurou pela melhor receita para limitar os riscos da maioria das doenças relacionadas ao estilo de vida.
Os pesquisadores Ingerid Arbo e Hans-Richard Brattbakk alimentaram pessoas ligeiramente acima do peso com dietas diferentes, e estudaram o efeito dessas dietas sobre a expressão gênica de cada um.
Eles descobriram que uma dieta com 65% de carboidratos, que é muito comum, faz com que várias classes de genes precisem fazer horas extras.
"Isto afeta não apenas os genes que causam a inflamação no corpo, que era o que originalmente queríamos estudar, mas também genes associados ao desenvolvimento de doenças cardiovasculares, alguns tipos de câncer, demência e diabetes tipo 2 - todas doenças importantes relacionadas ao estilo de vida," diz a pesquisadora.
E as descobertas detonam a maioria das bases ditas científicas para as dietas que você já ouviu que seriam capazes de lhe fazer perder peso ou ser mais saudável.
"Tanto as dietas com pouco carboidrato quanto as ricas em carboidratos estão erradas. Mas uma dieta baixa em carboidratos está mais perto da dieta correta," diz Johansen.
"Uma dieta saudável não deve ser composta por mais de um terço de carboidratos (até 40% das calorias) em cada refeição, caso contrário estimulamos nossos genes para iniciar uma atividade que gera inflamação no corpo," explica ela.
Fonte: Diário da Saúde

Postagens mais visitadas deste blog

Protocolo de Limpeza Intestinal...

O Protocolo de Limpeza Intestinal, é um manejo nutricional para a Modulação Intestinal e seu objetivo é promover injúria bacteriana. Ou seja, morte das bactérias por falta de nutrientes. A falta de proteína durante os 3 dias iniciais gera injúria nas proteobactérias, que não conseguem se multiplicar, tratando a SIBO e disbiose. 
É uma estratégia para equilibrar a microbiota intestinal criada pelo professor Murilo Pereira que colocou um propósito em cada alimento e suplemento incluído, lindo demais! Aprendemos na formação em Modulação Intestinal. Ela promove uma limpeza de intestino delgado e grosso, ao contrário do uso de laxantes por exemplo que limpa apenas o intestino grosso.
O manejo nutricional dura 15 dias, sendo os 3 primeiros os mais importantes e com maior restrição. Nestes dias, além da alimentação, a suplementação para Modulação da microbiota vai variar de acordo com cada paciente, se ele tem Resistência á Insulina ou Síndrome do Ovário Policístico, Síndrome do Intestino I…

Sorbet de frutas congeladas....

Esse calor de matar pede um sorvete !
Que tal fazer em casa uma versão saudável pra matar a vontade? Claro que um sorvete cheio de açúcar tem seu lugar e hora! Kkk Mas é preciso também ter estratégias para ter este prazer com mais frequência, por que não? .
Tenha sempre frutas congeladas! Este aí fiz de banana  e morango  e nada mais! Congele a banana bem madura, assim vai estar mais adocicada! Bata no liquidificador ou processador até ficar homogêneo. Aproveite!

Segundo estudo, consumo de refrigerante aumenta o risco de mortalidade...

Um estudo de coorte conduzido com 450.000 pessoas de 10 países da Europa entre janeiro de 1992 e dezembro de 2000 acabou de ser publicado no JAMA e concluiu que o consumo de 2 copos de refrigerante 🥤 diariamente com açúcar ou adoçante artificial aumenta o risco de mortalidade por várias causas!
O estudo verificou que as principais causas de morte encontradas foram por problemas circulatórios e doenças do trato digestivo.